História Saudade - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Homem-Aranha
Personagens Gwen Stacy, Peter Parker (Homem-Aranha)
Tags Gwen Stacy, Gweter, Homem Aranha, Peter Parker, Saudade
Visualizações 214
Palavras 860
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


salve galeris, aqui estou eu com essa one-shoot de chorar, antes de tudo, quero dizer que essa é a primeira vez que escrevo algo do tipo carta, mas mesmo assim, eu me apaixonei a a a a
essa one é dedicada para a may, a gwen do meu peter, te amo muito, meu love sz

→ josefine pettersen como gwen stacy
→ tom holland como peter parker.
espero que gostem e boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único.


Fanfic / Fanfiction Saudade - Capítulo 1 - Capítulo Único.

  Querida Gwen,

Honestamente, eu não sei bem motivo pelo qual estou escrevendo uma carta a qual você nunca lerá. Na verdade, Tia May me pediu para escrevê-la, ela disse que me faria bem, mesmo que eu de fato duvide muito disso.

Desde que tudo aconteceu, eu não saio mais de casa. Há meses não vou mais a escola, ao supermercado, ou ao cinema. Eu parei até de ser o Homem Aranha.

Para você ter uma noção, eu nem ao menos saio do meu quarto. Tia May vem me trazer comida as vezes, mesmo sabendo que eu nem chego perto dela. E tenho que confessar, por mais que não queira, que isso não está me fazendo muito bem, mas de certa forma, você era a única pessoa que podia me fazer bem. E agora, você se foi.

Se você soubesse a falta que você faz, Gwen.

Eu me peguei vendo fotos nossas mais uma vez. Me peguei admirando seu lindo sorriso que eu sempre amei, admirando seus lindos cabelos loiros, e seus olhos claros como o céu. Eu sinto tanta falta de poder ver você todos os dias, de ter você ao meu lado todos os dias. Se eu pudesse voltar no tempo para te ter de volta, eu não pensaria nem duas vezes.

Tia May as vezes chama Ned, Harry e até mesmo Marie Jane para passar um dia comigo, o que não dá muito certo. Mesmo eu tentando me mostrar feliz, eu não consigo. O único que não desistiu foi o grandioso Harry Osborn, em algumas vezes, ele até trás a namorada, Felicia, junto. Harry me entende, e isso faz dele mais do que um bom amigo. Eu nem saberia como retribuir.

Quando eu te perdi, o Senhor Stark veio tentar me consolar, e eu disse que ele não entendia, e depois, ele disse que não era preciso entender. Daquele dia em diante, ele veio me visitar todos os dias, tentando fazer com que eu me sentisse melhor, e mesmo assim, eu me sentia, a cada dia, pior.

Seus pais não me culparam, afinal, não poderiam, eles apenas acham que foi um acidente de carro. E por ter que mentir para eles, eu me sinto pior ainda. Você não sofreu um acidente de carro, você estava lá, na hora errada, no lugar errado, por mim. E por mais que a Tia May e o Senhor Stark queiram me fazer pensar o contrário, eu sei que a culpa é minha.

Eu queria te proteger, queria que você não fizesse parte desse mundo, mas eu não pude evitar. Eu sou o Homem Aranha, e o Homem Aranha, sou eu. 

Você pediu para que eu não me metesse em encrenca, e tudo o que eu fiz, foi me meter em encrenca. E então, aconteceu isso com você.

Eu sinto muito, Gwen, do fundo do meu coração. Eu sinto muito.

Era para ter sido comigo, e não com você.

Você estava lá por minha causa, você estava lá, porquê eu sou o Homem Aranha.

O Homem Aranha devia salvar as pessoas. Mas com grandes poderes, vem grandes responsabilidades.

Você era minha responsabilidade, Gwen, e eu não cuidei de você. Eu não consegui te proteger. E eu sinto isso todos os dias.

E eu sei que a culpa de não poder ver você todos os dias, de não ver seu sorriso todos os dias, é minha. Mesmo que todos digam o contrário.

Eu podia ter te salvado, eu podia ter feito alguma coisa, e mesmo assim, eu não fui rápido o bastante. Eu te deixei cair.

O Homem Aranha falhou, mas mais do que isso, eu falhei com você. Eu não cumpri minha promessa, e quem teve que pagar o preço, foi você. E eu desisti, não sou mais o Homem Aranha, não posso ser, afinal. Como eu vou salvar a vida das outras pessoas, sendo que não fui capaz de salvar a vida da pessoa que eu mais amava no mundo? Salvar vidas foi a minha paixão durante muito tempo, ainda é, mas eu não sou capaz. Não posso colocar a vida de outras pessoas em risco como coloquei a sua.

Eu apenas queria que você me perdoasse, Gwen.

E por mais que me doa todos os dias, eu sei que você morreu por mim, porquê você me amava, você amava a mim, e não só o Homem Aranha. Eu falhei com você, e você continuou me amando, até o último minuto de sua vida.

Eu me lembro de você todos os dias, jamais esquecerei. Você vivia falando sobre esperança e sobre ter esperança, quase todos os dias eu vejo seu vídeo, você estava tão feliz. Mas você era minha esperança, Gwen, e agora eu não sei como seguir em frente. Eu estou quebrado, e você não está aqui para colar meus inúmeros pedaços. E o pior de tudo, é que eu sei que a culpa disso, é minha.

E eu te amo, Gwen Stacy. Para todo o sempre.

Você foi o meu primeiro, único e verdadeiro amor. E eu prometo que jamais irei falhar com alguém da mesma maneira que falhei com você, eu jamais irei deixar alguém morrer por mim, eu te prometo, Gwen, e eu só queria que você estivesse aqui, para poder ter a certeza dessa promessa.

Com todo amor, Peter Parker.


Notas Finais


sofram comigo: https://youtu.be/en3M9DhksVE — video que eu usei de inspiração para a drabble, todos os direitos para Blue Blood, do youtube.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...