História Saudades de sentir - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Madrugada, Musica, Poesia
Visualizações 4
Palavras 258
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que vocês estejam tendo uma noite boa, porque hoje eu realmente não tô bem.
De todo modo, boa leitura!

Capítulo 1 - Ah, aquela saudade...


Estranho. Digo, é estranho não é? Você estar olhando para o teto, como se seu coração fosse se acalmar, como se as lágrimas que tivesse derrubado fosse passar de uma hora para a outra. Como se você não estivesse enjoando de sua playlist, mesmo que todos os dias você escutasse uma música diferente. Você abrir a sua rede social favorita, e notar que a cada dia tem mais gente tóxica usando a internet. E é aí que você sente saudades.

Da sinceridade, da amizade, do amor e da convivência. Estamos nos tornando máquinas que só sabem atacar uns aos outros? Quem sabe. De certa forma, sempre sentiremos saudades. Saudades de sentir. O amor. O apego. O beijo na testa, o boa noite durma bem. Sentimos saudades de não ter medo de um responder mais rápido que o outro, de visualizar, de ligar, de cantar uma música baixinho para não acordar ninguém de sua casa.

Sentimos saudades das nossas ingenuidades, de dançarmos aquelas músicas que mal sabíamos o significado, porque o inglês era uma mistura de alemão, com português e até mesmo grego. Tínhamos medos tão comuns, de não olhar debaixo da cama por conta dos monstros. Céus, olhe só! E quando envelhece nota que na verdade o monstro era você.

Temos saudades de sentir, coisas que se foram, e que sempre trará saudades. Aquela sensação de nostalgia, na época que a única preocupação era acompanhar aquela novela das seis patética. Sentimos saudades, de sermos humanos.

"Eu me sinto a criança solitária na gangorra. Que o amigo imaginário recusou."

 


Notas Finais


Eu realmente sinto saudades da época que tudo era diferente...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...