História Save Me - Jikook (Edição 2) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Beyond The Scene, Bottom! Jungkook, Jikook, Jimin Ativo, Jungkook Passivo, Kookmin, Lemon, Romance, Smut, Taeseok, Top! Jimin, Vhope, Yaoi
Visualizações 82
Palavras 699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


안녕하세요<3
Eu queria ter postado esse capítulo ontem, mas não consegui porque acabei me distraindo com outras coisas. Espero não ter deixado vocês esperando.
Boa leitura ;)

Capítulo 4 - Porque você se importa


(  —  )

Jimin apanhou Jungkook em seus braços novamente. O corpo do rapaz, agora gelado como uma boneca de louça, parecia tão frágil quanto, e por medo de quebrá-lo com um movimento minimamente errado, Park andou todo o caminho até seu apartamento como se pisasse sobre ovos. Estavam a caminho do banheiro quando Jungkook repentinamente agarrou a blusa do mais velho, alertando-o por um instante, mas ao perceber que o garoto continuava desacordado, Jimin soube que tratava-se de um pesadêlo.

Shhh. — disse na tentativa de acalmar o rapaz, repousando-o sobre um banco ao lado da banheira — Fique aqui e tente não cair.

Dito isso, Jimin levantou-se com pressa e passou a correr pelo banheiro, pegando uma coisa aqui e outra ali enquanto preparava um banho de água morna para esquentar Jungkook.

— Hum. — o garoto gemeu, olhos semi-abertos observando a agitação do homem que ia de um lado ao outro.

Ao ver que o rapaz estava lentamente escorregando do banco onde o havia deixado, Park imediatamente largou a garrafa de sabonete líquido no balcão da pia e agachou-se para impedir a queda de Jungkook, segurando-o pelos ombros ao lentamente posicioná-lo de costas contra a parede.  

— Essa foi por pouco. — o homem suspirou.

Desejando acabar com aquilo de uma vez, Park despiu Jungkook de suas roupas arruinadas, esforçando-se para não encarar (demais) a pele branca e exposta do rapaz, ou a forma como a água pingando de seus cabelos negros escorria devagarinho pelo seu abdômen.

        Aish. O que estou fazendo?

Jimin suspirou mais uma vez, afastando os próprios pensamentos inapropriados para longe de sua mente, então ajudou Jungkook a ficar de pé e guiou-o para dentro da banheira.

— Ah. — Jungkook gemeu novamente.

Ok. Vamos fazer isso. — Park falou para si mesmo, retirando o casaco e erguendo as mangas de sua camisa social branca, que a este ponto já estava meio cinza. Procurou por uma esponja sintética e a molhou na banheira, usou um pouco de sabonete líquido, despejando-o sobre a esponja e começou a esfregar os ombros do rapaz ­— Você vai ficar me devendo uma por isso, garoto.

— Onde estou? — o mais novo perguntou com dificuldade, aos poucos recuperando a consciência.

— Em um lugar seguro. — Jimin disse calmamente ao mesmo tempo em que ensaboava as costas do rapaz.

— Quem…

— Park Jimin. — respondeu com um sorriso ­— Já nos conhecemos. Eu te disse para não dormir no chão e você me ignorou- mais de uma vez.

— Oh. — Jungkook corou, fazendo o homem rir baixo.

— Agora que você já sabe o meu nome, nada mais justo que eu saiba seu.

Após um breve momento de hesitação, o rapaz respondeu. ­

— Jungkook. — disse com os olhos fechados.

— Jungkook. — Jimin testou, gostando da sonoridade do nome, então disse novamente — Jungkook.


       


Foi difícil tirar o rapaz desacordado da banheira, depois secá-lo e vesti-lo, Jimin acabou encharcado da cabeça aos pés durante o processo, no entanto, conseguiu completar a tarefa com sucesso e botou Jungkook para dormir em sua cama.

— Eu devo estar... enlouquecendo. — respirou fundo, incapaz de desviar seu olhar para longe do garoto adormecido — Sim, devo estar.



(JUNGKOOK)

Acordei de madrugada sentindo dores musculares, minha cabeça parecia prestes a explodir e abrir os olhos foi um verdadeiro sofrimento. Analisei o quarto escuro e luxuoso ao meu redor, lembrando-me dos ocorridos de poucas horas atrás.

Não foi apenas um sonho.

Suspirei ao sentar-me sobre a cama e escondi meu rosto entre  as minhas mãos, ainda extremamente exausto. Bonnie imediatamente veio à minha mente, logo, a sensação desesperadora e agoniante vinda com as memórias atingiu-me fundo no coração. Neste momento de vulnerabilidade eu poderia ter afundado naquela tristeza, poderia ter lançado-me nela de cabeça sem pensar dua vezes, mas... preferi deixar a dor de lado e concentrar-me no calor do abraço em que fui repentinamente envolvido. Mergulhei meu rosto no pescoço de Jimin e respirei o mais fundo que pude, intoxicando-me com seu maravilhoso perfume.

— Volte a dormir. — o homem sussurrou, ajudando-me a deitar novamente — Por que está sorrindo?

— Porque você se importa. — eu disse, e ao não receber resposta alguma, fechei meus olhos — Obrigado.





Notas Finais


Então, esse capítulo era completamente diferente na primeira versão. Na verdade, ele costumava ser dois capítulos curtos, aliás.
Eu espero que vocês não tenham ficado bolados comigo por ter alterado a cena da banheira totalmente. Afinal, eu sei que vocês são um bando de safados e safadas que mal podem esperar por uma cena hot. Vão ter que ter um pouquinhozinho de paciência até lá, porque dessa vez eu vou tomar meu tempo para desenvolver a história. Pois é, vão ter que se contentar com slow burning. Sorry, not sorry.
Ah! Não esqueçam que eu amo muito vocês, tipo, de montão. Então não me odeiem, huh?
Bjão na busanfa *3*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...