História Save me - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Hera Venenosa, Injustice: Gods Among Us, Liga da Justiça, Mulher Maravilha, Novos Titãs (Teen Titans), Supergirl
Personagens Barry Allen (Flash), Bruce Wayne (Batman), Clark Kent (Superman), Diana Prince (Mulher Maravilha), Estelar, Hal Jordan, Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Kara Zor-El (Supergirl), Personagens Originais
Tags Aventura, Batman, Coragem, Hal Jordan, Injustice 2, Justiça, Kara, Mulher Maravilha, Revanche, Romance, Supergirl, Superman
Visualizações 33
Palavras 1.228
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Josei, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal!!

Agradeço aos que opinaram, estava ansiosa para postar esse capítulo. Já dá pra ver quem vai aparecer no enredo, não é? Espero que curtam.

Boa leitura!

Capítulo 18 - Temores


Fanfic / Fanfiction Save me - Capítulo 18 - Temores

Carol Ferris chegou em casa exausta, depois de colocar o seu Mini Cooper na garagem ela foi para o elevador. Enquanto subia os treze andares começou a sentir uma leve inquietação, como se algo de ruim estivesse prestes a acontecer. Quando chegou à porta de seu apartamento percebeu que a porta estava entreaberta com sinais de arrombamento. Carol se aproximou, empurrou a porta e viu a sala revirada, entrou em pânico ao ver Diana saindo de sua cozinha e dois guardas das Forças do Regime saindo do quarto.

- O que você está fazendo aqui, Diana? – perguntou Carol se arrependendo em seguida de fazer tal pergunta.

Diana deu um sorriso mordaz, aproximou-se de Ferris com um olhar ameaçador, aproximou sua espada no pescoço da moça fazendo-a sentar-se a força no sofá e perguntou:

- Onde está?

- O que? – perguntou Carol ofegante – Do que você está falando?

A amazona prensou mais o gume da espada sobre o pescoço de Carol e respondeu:

- A pasta que você pegou no arquivo morto.

Carol estremeceu com a resposta da amazona, não sabia que havia câmeras naquele local e seu medo foi aumentando a medida emque o tempo passava com a equipe tática do regime dentro de sua casa. Mas decidiu não se entregar fácil e se fez de desentendida:

- Não sei do que está falando.

- Não se faça de tola! As câmeras registraram você pegando uma pasta nos arquivos.

Ferris desviou o seu olhar de Diana e parou em seus livros na estante, fez uma pausa e disse em seguida:

- Não está comigo!

Damian saiu do banheiro do apartamento, aproximou-se das duas e disse com um leve cansaço na voz:

- Realmente não tem nada aqui.

Diana tirou a espada do pescoço de Carol e disse incisivamente:

- Não está com você, mas você bem sabe onde está.

Ferris permaneceu sentada e ficou calada sem encarar os dois inquisidores. Diana insistiu:

- Onde está?

- Diana – Damian pousou a mão em um dos ombros da amazona - ela está cansada. Ela não irá falar tão cedo.

Os guardas, Damian e a amazona já estavam de saída do apartamento. Carol olhou em direção deles e perguntou:

- Superman sabe que você invadiu minha casa dessa forma?

Diana se virou e respondeu:

- Ele não precisa saber.

- Por que não? – perguntou Carol se levantando – Ele tem que saber. Sou funcionária do governo e tenho que entrega-la ao alto conselheiro por invasão de domicílio.

- Você não se atreveria... – murmurou Diana dando um passo a frente.

- Não duvide de mim, amazona! Não é por você ter poderes sobre-humanos que lhe dá o direito de invadir a casa dos outros quando lhe dá vontade.

- Você vai se arrepender de ter me enfrentado, garota estúpida!

Dizendo isso, Diana se retirou junto com os outros do apartamento de Ferris deixando a porta aberta. Carol foi até a porta trancando-a. Foi em direção a janela e vendo que já haviam partido ela pegou o celular e ligou para Victor.

- Carol?

- Victor – disse Carol com a voz embargada – Diana e Damian invadiram minha casa.

- Como assim? – perguntou Cyborg assustado – E acharam alguma coisa?

- Não tinha – continuou Ferris secando as lágrimas com as costas das mãos – Eu deixei na casa de uma amiga essa pasta. Estou desesperada, Victor.

- Calma Carol! Você já pensou no que vai fazer?

- Estou pensando... Em... Pedir demissão e ir para bem longe. Mas estou tão confusa.

- Tente se acalmar, Carol. Vou ver o que posso fazer por você. Diana está passando dos limites.

 

Já havia amanhecido na floresta amazônica, Kara Zor-El já estava fadigada de estar naquele exílio, pois já fazia dois meses que não saia dali desde a sua fuga. Mas sabia que seu primo não havia desistido de captura-la ainda mais suspeitando que Batman pudesse estar com ela. O seu maior desejo era poder ter um diálogo com Kal e convencê-lo a colocar um fim no regime, mas sabia que isso era impossível.

Foi até a sala da cabana e ligou o pequeno televisor que havia ali disponível. Estava passando uma reportagem com o tema: Onde Carol Ferris está? Aquilo chamou a atenção de Kara e ela sentou-se em uma cadeira próxima, Lawton estava passando por ali e também parou para assistir. A reportagem fez um resumo da história da vida dela, falando também do seu relacionamento com Hal Jordan e como ela foi parar na sede do regime, daí começaram a questionar o motivo de ela ter desaparecido da mídia.

- Procuramos à senhorita Ferris - dizia uma repórter - via telefone, via email, mas não obtivemos resposta. Esperamos que ela esteja bem.

Kara desligou a televisão com o controle remoto e se levantou, olhou para trás e se assustou ao ver Lawton.

- Sou tão feio assim? - perguntou ele com jocosidade.

- Não - Kara deixou escapar um sorriso - não percebi que você estava aí.

- Ainda bem que Hal não viu essa reportagem. - disse Lawton pegando uma garrafa de café que estava ao lado do computador.

- Por quê?

- Com certeza ele iria atrás dela ou procurar informações. E do jeito que ele é impulsivo não duvido que ele acabe na toca do lobo.

Kara olhou pela janela e não viu Jordan lá fora, e perguntou se referindo a ele:

- Onde ele está?

- Foi dar um pulo em OA, os guardiões o chamaram, mas não sei o motivo. - respondeu Lawton após tomar um gole de café. 

 

Southwold – Inglaterra

Dinah Lance sentiu um pouco de dificuldade em chegar ao endereço na periferia da pequena cidade inglesa de Southwold, que o seu novo amigo lhe indicara para conversar. Ela viu um pequeno sobrado com a pintura da faixada bem gasta, o clima litorâneo contribua um pouco para a tintura ficar naquele estado. A passos lentos ela se aproximou da porta e deu apenas duas batidas. Do interior da casa ouviu-se uma rouca voz masculina dizer:

- Pode entrar Dinah.

Lance entrou, o ambiente estava com a iluminação escassa, as janelas estavam fechadas e apenas uma lamparina e duas velas clareava o ambiente. Ela ficou em silêncio e viu dois luzeiros avermelhados saindo da escuridão, ela deu uma risada e disse:

- Pode confiar David, sou eu.

Um homem de tez negra saiu de onde estava segurando o seu capacete nas mãos e disse:

- Só quis ter certeza!

- Quem diria que eu me aliaria ao maior vilão de Atlantis. – disse Dinah colocando a mão dobre um dos ombros largos de Arraia Negra.

- Certo – disse ele colocando o capacete sobre uma mesinha próxima – e o que conseguiu em Atlantis.

Dinah olhou de um lado e de outro e perguntou:

- Não tem nada para beber?

- Você está querendo demais, Canário!

- Ok! Vamos ao que interessa. – disse ela cruzando os braços – Arthur trancafiou a mando do alto conselheiro sua própria esposa numa cela fétida e suja, a mantém sem seus poderes com uma pílula confeccionada pelo laboratório medicinal do próprio regime.

- Você trouxe uma amostra?

- Ontem só foi uma apresentação do novo emprego. Hoje que irei começar.

- Tente pegar uma amostra! Preciso saber o seu componente.

- Certo! E quanto ao Batman? Descobriu onde está?

- Meu amigo está procurando, creio que teremos a resposta hoje.


Notas Finais


Espero que tenham gostado da entrada do Arraia Negra na história. e quem será o amigo dele? O que Hal foi fazer em OA? E o que acontecerá com Carol?
Veremos nos próximos capítulos.

Até breve!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...