1. Spirit Fanfics >
  2. Save Me >
  3. Dia: 10.02

História Save Me - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Então gente, essa foi uma fanfic que criei a muito tempo atrás e decidi reescrever mas criando meus própios personagens.
Se quiserem eu posso postar um desenho de como eu enxergo cada um deles, mas isso se vocês primeiro gostarem da história né kkkk
Enfim, espero que gostem!

Capítulo 1 - Dia: 10.02


Arabella abre os olhos devagar e é consumida imediatamente por um sentimento de  alívio, tudo se passava de um sonho, ou não. Logo se escuta gritos vindo da cozinha:

- Arabelle se levanta se não vai se atrasar no seu primeiro dia!

Chegando na cozinha Belle se depara com a mãe aos beijos com seu padrasto, na verdade, muito mais do que aos beijos, a mãe estava por cima da mesa enquanto o cara, que era um estranho para Belle, estava agarrando como se estivessem prestes a fuder ali mesmo, mas isso não a surpreende, ela acabou se acostumando, depois do término dos seus pais sua mãe aparecia com um homem diferente em casa a cada um mês, estranhamente este era o que mais estava durando, talvez por conta do líbido dos dois que mal se cessavam. 

- Arabelle você já comeu alguma coisa? - grita sua mãe novamente enquanto Belle já se encaminha para porta.

- Já sim, peguei uma banana! - Respondeu mentindo. O sentimento da liberdade crescia nela só por poder pisar no chão do lado de fora da casa, podia pegar seu cigarro e acender enquanto caminha para a casa da sua única amiga, se assim ela poderia se referir a menina, Dayse era o nome dela.

Chegando em sua casa, Belle bate na porta se livrando rapidamente do cigarro que ainda estava em suas mãos, logo aparece o pai de Dayse gritando pela própia para descer. A verdade é que Belle se sentia bem próxima a ela, era a única pessoa do colégio que não a julgava, nem mesmo lá dentro, ela sabia disso. Dayse era apenas uma aspirante a atriz, se vestia e se portava como ninguém, era realmente única no meio de tantos robôs espalhados pela escola.

- Meu amor, pela mor de deus me passe um cigarro! -  Já chegava Dayse gritando, dando um leve beijo na sua bochecha, ela tinha esse jeito carinhoso de lidar com todos que fossem próximos.

- Tome, aqui. - falou Belle passando um maço e o isqueiro - E ae? Como tem sido esses dias?

- Acho que dá pra perceber que não tem sido muito bons, estou ansiosa para esse ano e para a preparação do clube de teatro, sei que é muito cedo pra pensar nisso mas minha cabeça não para, você sabe! - E como ela sabia… enquanto Belle era uma pessoa que quase nunca falava e mantinha seus pensamentos para si própria, Dayse era o oposto, ela tagarelava e não conseguia manter uma linha de pensamentos para si mesma, toda a sua ansiedade resultava naquilo.

No mesmo segundo toda a história de Dayse foi interrompida por um barulho alto de uma buzina, lá ia os caras da escola delas, os mais ricos, mais populares e consequentemente os mais idiotas.  

- Por favor, continue a história, não deixem eles lhe atrapalharem - Falou Belle

- Não vou, eles nunca me atrapalharam antes. Então, como eu ia falando, eu sei que pareço muito acelerada pensando em tudo isso mas é por que este é o nosso último ano e quero deixar um legado no clube, mas ainda tenho que ver a faculdade, e os testes, eu realmente não consigo parar, minha cabeça não consegue parar, o que me segura nesse momento é este cigarro que já está no final. - Belle no instante se lembrou de um defeito de Dayse, ela a deixava ansiosa, afinal pelo menos Dayse já tinha um plano na cabeça, já Belle não, ela ainda não tinha descoberto o que a interessava, o que queria fazer, e andava muito desanimada para qualquer teste que viesse a ter.

Chegando no colégio as duas se despediram e logo Arabella colocou seus fones de ouvido, tudo se transformava ao seu redos com eles - Acho que esse é o poder da música. - Pensou ela seguindo logo em um caminho reto para sala. Não tinha ninguém para conversar e ela já está acostumada mesmo, as vezes preferia ficar sozinha e com seus própios pensamento. Logo ela se senta na cadeira encostada à parede, abaixa a cabeça e decide tirar um cochilo até que a aula comece.

 

 

Belle sente uns dedos como se fizessem cosquinha no seu pescoço e logo acorda, quando olha para lado vê apenas um menino com cabelo e olhos claros, e uma tatuagem que rodava o seu pescoço,  ela não fazia ideia de quem era. Ele faz um sinal como se pedisse para tirar os fones, logo ela percebeu que a aula já tinha começado, mas ela não conseguiu prestar mais atenção ao resto dela, ficou vidrada nele, de algum modo ele a atraiu intensamente.


Notas Finais


Por favor comentem se possivel e me deem um feedback que eu vou adorar!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...