1. Spirit Fanfics >
  2. Save me >
  3. Coincidência?

História Save me - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oie amoreees❤❤❤❤
Espero que gostemmm
Perdoem qualquer erroo
(COMENTEM) isso me motiva bastante
Beijoes ❤❤❤


(A imagem utilizada não me pertence)

Capítulo 3 - Coincidência?


Fanfic / Fanfiction Save me - Capítulo 3 - Coincidência?


                   . Park Jimin .


Acordei e permaneci olhando o teto, estava com tanta preguiça de levantar, tava tão quentinho ali... Mas eu precisava, afinal era meu primeiro dia na faculdade.


Me sentei sobre a cama e encarei a vista da cidade, com o sol já batendo nos prédios de lá. 


Levantei e coloquei uma roupa simples, fiz o básico e peguei meu celular, percebendo que Jungkook me ignorou, também não sei o por quê mas deixei pra lá.


-Bom dia Mikael. Diz após chegar na cozinha.


-Bom dia Sr.Jimin. Mikael respondeu parado na porta.


-E os meus pais?. Perguntei enquanto tomava meu café.


-Eles foram para o escritório de advocacia. Esclareceu o motorista.


-Como sempre né. Sorri de canto e Mikael apenas assentiu levemente.


 

               . Jeon Jungkook .


Depois que meu pai chegou, só consegui dormir depois que ele voltou para sí, e isso levou quase a madrugada inteira.


O que não era nada bom, pois hoje começava minhas Aulas de direito, sim, decidi tentar me tornar um advogado, e consegui uma bolsa em uma das melhores universidades de Los Angeles.


Apessr de não ser rico, nem muito sociável, bom.. nada sociável, minhas notas eram boas e consegui 100% daquela bolsa.


Então, coloquei uma camisa preta um moletom, calça jeans e all star, fiz meu café e parti para a faculdade..



                 . Park Jimin .


Depois de um tempo, finalmente chegamos na faculdade, era enorme e tinha todos os tipos de pessoas por lá


-Chegamos. O motorista parou o carro na frente da faculdade, onde tinha uma calçada enorme que levava até as portas da mesma. -Então, eu busco você 12:20. Mikael acrescentou.


E quando eu ia concordar vejo Jungkook passando pela calçada indo em direção a porta, por quê esse garoto está em todo lugar que eu vou?.


-Quer saber, Mikael, deixa que eu ligo quando for pra você vir, ok?. Vejo ele assentir com desaprovação.


Saio do carro e corro até alcançar Jungkook.


-Hey. Paro ele no meio do caminho, que estava com um Moletom preto e fones de ouvido.


-Caramba, você aqui?. Ele se virou tirando um fone.


-Sim, eu vou fazer direito aqui. Encarei ele desacreditado.


Jungkook me olhou espantado. -Caralho eu também. Disse sorrindo e eu o encarei sem entender.


-Como conseguiu?. Digo vendo ele fechar o sorriso.-É que essa faculdade é muito cara e tipo, você não... ai Jimin cala boca ta só piorando.


Jungkook fechou totalmente seu sorriso. -Eu sou bolsista. Disse um pouco baixo e seguiu colocando seu fone novamente.


-Jeon. Berrei no meio da calçada, mas foi em vão.


Droga Jimin, por quê você sempre estraga tudo?. Pensei balançando a cabeça e logo adentrando na Universidade.



                          (...)


As aulas já estavam chegando ao fim, e para um primeiro dia até que foi "normal", com exceção do Jungkook, é.. isso me pegou desprevinido.


A aula finalmente acabou, e todos saíram de lá na maior calma possível, se fosse em uma escola seria totalmente o contrário, é até engraçado relembrar.


-Ei, Jungkook. Digo o parando no meio do corredor.


-O que você quer Jimin?. Me encarou decepcionado.


-Cara, desculpa... Não foi minha intenção te magoar, eu só fiquei surpreso, aliás parabéns pela bolsa. O encaro e ele desvia o olhar negando com a cabeça.


-Ah.. Foda-se também. Disse voltando seu olhar a mim.


Percebo que sua ferida no rosto estava pior que a última vez. -O que aconteceu?. Digo tentando tocar em seu rosto, mas ele logo segurou meu braço, apertando e machucando meu pulso.


-Não gosto que me toquem. Jungkook afasta meu braço e começa a andar novamente.


Meu deus, que garoto dificil, Suspiro e vou até ele, de novo.


-Tá, desculpa.. é isso que queria ouvir?. Digo o parando mais uma vez e ele suspirou também. 


-Posso ir embora?. Jungkook me olhou fixamente e eu o deixei passar.


Por quê é tão difícil te entender, Jungkook? Nem sei por que tento... Te conheci ontem, droga garoto... você me bagunçou.



           . Jeon Jungkook .


Já havia chegado em casa, e almoçado, estava deitado na cama fazendo nada.


Foi realmente uma surpresa encontrar jimin lá, fiquei feliz na hora... E isso era estranho, faz tempo que não me sinto assim.


Claro que Jimin foi um babaca por insinuar que aquela universidade não era pra alguém pobre como eu.. Mas eu sei que não foi a intenção dele.


Ah.. foda-se.


. MENSAGENS ON .

-Ei, tá ai?.

 ...5 minutos depois...

-Oii, tô sim.

-Desculpa por machucar seu pulso..

-Tudo bem, foi momentâneo..

-Tô sem nada pra fazer, e não quero ficar aqui em casa com o bêbado do meu pai.. tá podendo sair?

-kkk, posso sim, quer ir aonde?.

-Tanto faz..só quero te ver.. Te espero na frente da boate.



. MENSAGENS OFF .



                . Park Jimin .


Tá bom, eu estou um pouco indeciso sobre qual roupa usar, e não sei decidir..


Ah dane-se, ele já me viu com aquela roupa horrível na faculdade.. Não é agora que vai se importar.


-Mikael, preciso que me leve na frente daquela boate de ontem. Disse já indo para o carro, respirei fundo...o que eu seria sem o Mikael pra me acobertar?


-Alguma ocasião especial? Sr. Jimin. Disse Mikael com um sorriso malicioso.


-N-n-não... nada demais. Digo guaguejando.


                        (...)


Passado um tempo finalmente chegamos na frente da boate, e Jungkook estava lá andando para um lado e para o outro.


-A boate era só um ponto de encontro Mikael..Daqui pra cá eu assumo, até mais. Digo saindo do carro e ele assentiu.


-Caramba, todo chique com motorista. Jungkook sorriu e eu revirei os olhos. -Mas só com o motorista né? Por que a roupa... que estilo estranho. Disse rindo ainda mais.


-Ah cala boca. O empurrei levemente.- eu tava indeciso com qual vir então joguei o foda-se e vim assim mesmo. 


-Tem uma lanchonete muito boa lá na esquina.. quer ir?. Jungkook alternou apontando para a esquina.


-Pode ser. Afirmei e seguimos caminhando até lá. -Então... fiquei sabendo por aí que você não tem amigos e é um pouco solitário.


-Éh.. na verdade eu tenho 1 amigo, meu único e melhor amigo... Taehyung, mas ele tá muito ocupado com a namorada dele. Jungkook revirou os olhos. -E você? Fiquei sabendo que é famosinho já.


-ah, não exatamente.. quer dizer, amigos são poucos... as pessoas que me conheçem é por causa da minha família, Mas que eu considero irmã, é a Naia.. ela me ajudou muito. Desvio meu olhar para o chão, fechando o sorriso em meu rosto.


E assim permaneceu até chegarmos na lanchonete, jungkook com as mãos no bolso e cabeça baixa, como sempre.. 


Entramos na lanchonete e ambos pegamos um milk-shake, sentamos na mesa e começamos a conversar.


-Por quê segurou meu braço daquela forma? Como se eu fosse.. bater em você. Disse percebendo seu desconforto.


-É que... Meu pai chega bêbado em casa na maioria das vezes desde que minha mãe morreu em um acidente de carro, e as vezes ele perde a noção e acaba me batendo, mas não é por isso... eu apanhava muito na rua, vivia em brigas, então isso foi reflexo, eu acho. 


-Caramba... Desculpa, eu não sabia. Disse ainda tomando o milk-shake.


-Cara, você é direto né?. Jungkook sorriu. 


-Como assim?. Pergunto sem entender.


-Me chamou de pobre na cara dura, você é frio garoto. Revirei os olhos


-Eu já te pedi desculpas, Jeon. Finalmente termino o Milk-Shake. -Vamos?.


-Ir aonde?. Jungkook me seguiu para fora da lanchonete.


-Meu milk-shake acabou.. Divide. Digo pegando da mão dele.


-Guloso. Jungkook resmunga e coloca suas mãos no bolso. -Aonde vamos?.


-Não sei, vamos dar uma volta por aí.. Já deve estar quase anoitecendo. 


-Pode devolver meu Milk-shake por favor?. Jungkook me encarou.


-Não. Continuo tomando.


-Aff, então deixa eu tomar junto pelo menos. Jungkook fez uma cara triste e eu cedi.


Era estranho como eu me sentia perto dele, sei lá.. ele era triste e difícil de se abrir com as pessoas mas quando se abria mostrava seu melhor lado, eu me sentia bem..


-Tive uma idéia muito boa, que eu fazia quando era criança. digo me aproximando de uma casa que tinha ali e apertei a campainha. -Anda caralho, corre. Berrei puxando Jungkook pelo braço.


-Porra jimin, custava avisar um pouquinho antes?. Disse jungkook ofegante.


-Estava com saudades de fazer isso, eu sempre fazia com a Naia. Digo sorrindo.


-É, ela deveria gostar de correr né?. Jungkook me encarou ainda ofegante.


Aquilo me deixou com muita adrenalina, sei lá era algo tão bobo, sem perceber acabei me aproximando de Jungkook cada vez mais.


Encarei seus olhos e desci o olhar para a boca, ele me puxou, deixando meu corpo colado ao dele.. Eu já conseguia sentir o cheiro do seu perfume, que era marcante e ao mesmo tempo suave, me deixou com uma vontade ainda maior de sentir aqueles lábios nos meus.


Eu realmente achei que aquilo iria acontecer, que nós íamos nos beijar, mas tudo voltou a realidade quando aqueles mesmos garotos da noite anterior apareceram.


Me afastei ficando do lado de Jungkook.


-E as bixonas finalmente iriam se pegar. Um deles que parecia ser o "líder" do grupinho gargalhou e os demais fizeram igual. -Nós não queríamos atrapalhar.. por favor continuem.


-Cara, cala boca, já tô cansado de ver tua cara feia. Jungkook deu um passo a frente, confrontando o mesmo garoto.


O garoto já estava fechando a mão, pronto para bater em Jungkook. -Mais um movimento seu e eu ligo pra polícia, e eu vou me certificar de que achem vocês.


Os babacas se afastaram do Jungkook ainda o provocando. -Tem sorte que teu namoradinho é esperto, mas a gente se vê por aí Alone. O garoto sorriu com desprezo e saiu dali.


O silêncio predominou e voltamos a caminhar, sem dizer se quer uma palavra.




Notas Finais


Espero que tenham gostadooo❤❤❤
Novamente me perdoem por qualquer erro
(Fiquei com raiva desses cara man)
(COMENTEM) isso me motiva muito
Beijoeees ❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...