História Save Me - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Boygroup, Bts, Drama, Irmãos, Jungkook, Kpop
Visualizações 125
Palavras 483
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 26 - Stigma (part 3)


Fanfic / Fanfiction Save Me - Capítulo 26 - Stigma (part 3)

Pov’s Junghyun

Podemos começar a riscar da minha lista de familiares que eu ainda tenho, meu irmão, e possivelmente minhas duas irmãs também. Não que eu não mereça, eu realmente mereço até demais.

Agora eu vou tentar falar com a Hyejin, e obviamente não pra tentar tomar o lugar do Jungkook, eu não fui um pai quando pude então melhor não atrapalhar isso.

Na verdade eu sei que ela não vai querer falar comigo, mas como um bom trouxa eu vou lá.

Acabei encontrando Chinhwa na rua logo que saí do mercado, e lá fui eu.

— Chin! — okay, fui ignorado. — Sério, fala comigo — ignorado novamente. — Me dá atenção, por favor, eu só quero conversar! — choraminguei.

— Aff o que você quer?

— Eu só quero saber como você tá… e como a noona tá também…

— Eu tô bem, a unnie também. E você, Junghyun?

— É… eu acho que sim.

— Mesmo você não tendo prestado a omma não iria gostar de te ver mal, então melhor consertar isso… Agora, tô indo, boa viagem de volta pra onde você veio.

E aí eu percebi que a Chin é um anjo, sério, melhor criança… quer dizer, adolescente…

— O que você queria com a Chin?

— Eu sou irmão dela.

— O único irmão dela é o Jungkook. Mas podemos dizer que eu também...

— Às vezes esqueço que não mereço mais esse posto, mas você deve merecer, ....seu nome?

— Kim Taehyung.

— Enfim, Tae.

— Ninguém te deu essa intimidade.

— Mianeyo..?

— Tá, que se dane, preciso ir pro mercado agora — e o tal do Taehyung me deixou falando sozinho.

Agora lá vou eu falar com a Hyejin, quer dizer, se eu não perder a coragem no meio do caminho.

 

------------------------------------------------------------------------

 

— O que você veio fazer aqui de novo?!

— Calma, eu só quero conversar pacificamente antes de ir embora de Seul!

— Ah então você vai embora? Não aguentou ser rejeitado?

— Dá pra você parar de criancice pra conversar como a adulta que você é?

— Tá, fala… mas rápido!

— Olha, eu sei que eu fui um grande filho da puta…

— Respeita tua mãe!

— Desculpa… — suspirei. — Enfim, eu não fui um namorado decente pra você… não fui nem ao menos um pai pro Donghyuk…

— Tá tentando o que dessa vez?

— Nada, eu só vim me despedir… e bem, no caso de precisar de algo você pode me ligar.

— Não acredito que vou precisar de algo de você, mas obrigada. Quer ver o Donghyuk antes de ir?

— E-eu posso?

— Pode, mas ele tá dormindo. E se você acordar meu filho eu te mato!

— Okay, okay…

— Porta do lado direito no corredor.

Então ela me deixou entrar, fui para o quarto indicado e vi um menino pequeno enrolado em um edredom branco em um sono profundo.

Ele se parece comigo, chega a ser uma sensação estranha, mas talvez a melhor do mundo, e o arrependimento se tornou mais presente que nunca.

— Eu te amo, filho… — sussurrei. — Me desculpa...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...