1. Spirit Fanfics >
  2. Say it Loud >
  3. One-shot

História Say it Loud - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, meus queridos <3
Eu tava vendo q não tinha postado nenhuma ladynoir ainda então, aqui estamos. Como tudo gira muito em torno de uma frase, não consegui desenvolver tanto a parte narrativa então… tá mais curta do que o costume ;-;
Na história já aconteceu a revelação.
É como um soco de fofura, vcs vão gostar kkkkk
Boa leitura!

capa de capítulo é da Ceejles

Capítulo 1 - One-shot


Fanfic / Fanfiction Say it Loud - Capítulo 1 - One-shot

 

—Eu quero gritar para todo o mundo que eu amo você, milady! — exclamou Chat Noir. Seu entusiasmo era tanto que ele quase caiu do telhado onde o casal estava descansando na patrulha.

A risada de Ladybug ecoou pela noite da bela e iluminada Paris. Saber quem era o garoto por trás da máscara só fazia aquela situação ser mais engraçada do que era anos atrás. Quando não sabiam quem eram, ouvir as declarações de amor do parceiro eram dolorosas para a heroína. Isso porque ela não gostava de rejeitá-lo com a dura verdade da situação de seu coração.

Contudo, como ele era exatamente o amor da sua vida — Adrien, por quem estivera sempre apaixonada — a dor de rejeitá-lo e o sofrimento dele nunca mais voltaram. A alegria e a reciprocidade tomaram seus devidos lugares. Mas os exageros do rapaz continuavam hilários e ela já não conseguia manter-se sempre séria perto dele.

Anos de experiência e compreensão da situação deram à Chat Noir todo o material que ele precisava para melhorar suas técnicas. Ele sabia exatamente o que era preciso para despertar os sentimentos certos. Havia até vezes que ele provocava a irritação de sua parceira só para lembrar dos velhos tempos.

Contudo, em suma, continuavam os mesmos.

—Céus, por que eu fui me apaixonar por alguém tão brega assim? — a heroína revirou os olhos, a sentença impregnada de ironia. O sorriso não deixou sua face. 

Aquela era uma óbvia mentira. Amar Adrien nunca seria motivo de arrependimento. 

Enquanto isso, Chat Noir virou seus olhos verdes para a joaninha, grandes e brilhantes como um gatinho procurando por carinho. Marinette precisou se segurar para não achá-lo fofo e ela mesma se rebaixar ao nível de breguice romântica. Manter a postura nunca foi tão difícil, principalmente quando ele se derreteu em seus braços e começou a ronronar quando ela acariciou seus cabelos.

—Será que você entende, milady? Às vezes eu te amo tanto que eu só quero gritar! Ou só pronunciar o seu nome eternamente porque é a palavra mais linda que poderia existir. 

—Você não tem jeito mesmo, hein? — outra risada para encobrir seus verdadeiros sentimentos, mas ela já caiu na armadilha dele. — Está bem, pode gritar para o mundo como você me ama.

—Ok! — o loiro de repente sussurrou. — Cuidado para não ficar surda, milady. 

Ao ouvir tais palavras, Ladybug não soube o que dizer. Pelo olhar de Chat Noir, ele sabia exatamente o significado de suas palavras e estava se divertindo observando-a compreender a profundidade delas. 

Ela era o mundo dele. 

Sempre foi. Sempre seria.

—Eu te amo — a voz dele era clara, amorosa. Um tom que só ela conseguia entender e separar do barulho urbano comum.  

Ladybug pediu para ouvir aquelas palavras novamente, o alcance da voz de Chat Noir aumentando a cada repetição. Faria o universo inteiro compreender aquelas palavras. Depois ela mesma as diria em alta voz e então em um sussurro porque o mundo para quem queria direcionar seu amor estava bem ali ao seu lado.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...