1. Spirit Fanfics >
  2. SAY NO - Sooshu >
  3. SN :: 002 !

História SAY NO - Sooshu - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - SN :: 002 !


𝐒𝐀𝐘 𝐍𝐎 ࿐ capítulo dois.

❝𝕾𝖆𝖚𝖉𝖆𝖉𝖊𝖘❞


Depois de uma noite nada boa de sono, levanto-me com o barulho do despertador, alertando-me que eu deveria levantar para ir para o trabalho. Entrei no banheiro e tomei um banho rápido, sem lavar o meu cabelo, pois lavaria na volta. Assim que terminei o banho, vesti roupas confortáveis porém formais, e fui para o meu trabalho. Assim que chego no grande prédio da Cube Enterteniment, a empresa da qual eu era a presidente, várias pessoas me comprimentam e eu somente curvo-me para elas como se dissesse "olá", mas nenhuma palavra se quer saía da minha boca. Quando entrei no grande elevador com um grande espelho, apertei o botão do último andar, que me levaria para a minha sala. Ele para alguns andares antes do meu e Miyeon entra no elevador. Ela me dá bom dia e eu faço o mesmo, curvo-me como se dissesse "olá".

- Teve notícias da Shuhua? - ela perguntou, e meus ombros ficaram tensos, assim como todo meu corpo. Não estava acostumada e nem gostava de falar Shuhua depois que ela se foi.

- Não - respondi, num sussurro, encolhendo os ombros.

- Que pena, amiga. Eu sinto muito. Vocês eram muito fofas juntas. - As portas do elevador se abrem. - Tchau - ela diz, e sai.

Respiro fundo, tentando controlar minha mente. Sei que agora que o nome de Shuhua foi mencionado, ele vai ficar pairando pela minha cabeça o resto do dia. Na verdade, o nome dela não precisa ser mencionado para isso acontecer. Tudo o que tenho pensando durante os últimos dois meses foi Shuhua.

O elevador para, no meu andar esta vez, e eu saio do mesmo, andando até minha sala curvando-me para as pessoas que me desejavam um bom dia. Sentia-me rude, de certa forma, porém eu não estava nem um pouco afim de perder tempo com papos paralelos e sem sentido. Entrei na minha sala, fechei a porta e joguei minha bolsa na minha mesa. Suspirei e joguei-me na minha cadeira. A atmosfera estava pesada, como se o grau de gravidade tivesse aumentado. E tudo o que eu conseguia pensar era Shuhua, e só Shuhua. E isso me irrita! Por que só consigo pensar nela? Por que não consigo pensar sobre outras pessoas? Tento tantas outras opções, por que só escolho ela?

Porque eu a amo.

Eu a amo Ab-Imo Pectore, do fundo do meu coração. E acho que nada pode mudar isso.

Só gostaria saber o porque o que amamos escorrega pelas dobras dos nossos dedos, e se diluem, caindo no buraco infinito do esquecimento.

[...]

Assim que entrei em meu apartamento, fechei a porta e coloquei a chave em cima da bancada da cozinha. Tirei meu casaco e pendurei na cadeira da mesa de  jantar, e fui até a geladeira, abrindo-a. A única coisa que tinha lá era um resto de Tteokbokki que havia comprado ontem. Tirei a comida do pote verde que havia colocado e pus num prato. Coloquei-o no microondas e esperei a comida esquentar. Quando estava pronto, peguei o prato, levei-o até a mesa de jantar e comecei a comer. Sozinha. 

Costumava jantar com Shuhua todas as noites. Nós sempre pedíamos Bulgogi e comíamos enquanto conversávamos sobre assuntos aleatórios. Costumava.

Enquanto comia, uma lembrança desses jantares que tive com Shuhua invadiram minha mente, sem aviso prévio.

- Não, Soojin! A Isabelle Lightwood é bem mais poderosa que a Clary! - Shuhua diz.


- Claro que não! A Clary cria runas, ela matou um demônio que era o irmão dela... - tento argumentar, mas Shuhua me interrompe.

- A Isabelle treina há anos, tem um chicote que vira pulseira, e o mais importante: ela não abandonou o melhor amigo.

- Quem abandonou a Clary foi o Simon! - falo.

- A Isabelle estava do lado do Simon quando ele fez a mãe dele acreditar que ele estava morto - Shuhua aponta.

- E a Clary estava presa com a Lilith!

- Ok, chega de discutir Instrumentos Mortais, não vai dar certo - Shuhua diz, rindo, fazendo-me rir.

- É, pois é, porque você de qualquer forma vai perder a discussão - digo e Shuhua me dá um tapa fraco no ombro.


Como eu sinto saudade dela.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...