História Say You Won't Let Go (PAUSA) - Capítulo 19


Escrita por:

Visualizações 223
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores! 🙋🏻‍♀️Prontas para mais um capítulo? Espero que sim!!
Esse vai parecer meio chatinho mas é necessário para o avançar da história, mas já avisando que o próximo será emotivo! 😍😉
Espero que gostem! ♥️
Beijos ♥️ 😘

Capítulo 19 - Cristal Clear


Abril de 2018

Madrid, Espanha

 

Bea quase não podia crer no que os seus olhos viam. O seu rosto estava estampado na capa de uma das maiores revistas espanholas e, com certeza, estaria em muitas mais. Já havia passado mais de uma semana desde o jogo em Munique e ela achou que por esta altura já o assunto estaria completamente esquecido, mas havia claramente se enganado, e ela não sabia se estava pronta para lidar com a situação. Algo que a preocupou ainda mais foi o facto de Maddie aparecer em algumas fotos, tiradas no dia anterior, quando a fisioterapeuta foi com a filha até ao parque para brincar. E claro, o facto de a pequena em nada se parecer à mãe gerou imediatamente especulações.

-Meine liebe? - Marco chamou por Bea quando entrou em casa após o treino.-Onde você está? 

-Na sala.- respondeu baixo. Marco caminhou até à namorada, dando um beijo em sua cabeça e se sentado a seu lado.

-Está tudo bem meine liebe? - perguntou preocupado.

-Sim, está. - claro que não estava e isso era bem nítido no rosto da portuguesa que ainda tentou disfarçar com um meio sorriso, mas sem resultado.

-Bea... - Marco a olhou de lado, demonstrando não acreditar nas falsas declarações dela. Bea suspirou. Pegou nas revistas e as jogou no colo do namorado, incentivando o mesmo a olhar para elas.

-Maddie aparece em algumas das fotos. Nem se preocuparam em desfocar o rosto dela, simplesmente a estamparam numa revista por dinheiro. - disse angustiada enquanto o alemão folheava as revistas.- E as coisas que estão dizendo de mim... Eu sabia que ia ser complicado, mas claramente não imaginava isto. - suspirou derrotada, escondendo o rosto entre as mãos. Sentiu, alguns minutos depois, uma mão em seu cabelo.

-Vou ligar para o meu advogado e vamos resolver isso. - Marco disse consolando a namorada, que agora se encontrava encostada em seu peito. - Vai ficar tudo bem, eu prometo. - disse beijando a namorada. - E Maddie? Onde está? 

-No quarto dormindo. 

-Ótimo. - sorriu para a namorada que se deixou contagiar pelo sorriso. - Assim podemos aproveitar bem o resto da nossa tarde. 

 

.

.

.

.

.

 

-Bea, podia pedir ao Benzema que viesse até ao meu gabinete? - Fizzy pediu após a portuguesa ter lhe entregue os documentos referentes a alguns jogadores. Após as assentir e se despedir da amiga, seguiu pelo  centro de treinamento à procura do francês. Ia distraida com seu celular, trocava mensagens com sua mãe sobre banalidades.

-Bea Silva? - ouviu uma voz chamar atrás de si. Mal podia acreditar no que os seus olhos viam ao se virar para encarar quem a chamara. Os cabelos loiros esvoaçantes, a figura esguia e o olhar juvenil não a deixavam enganar. Scarlett Garttmann estava ali, bem na sua frente. Bea abriu e fechou a boca algumas vezes, incapaz de proferir alguma palavra tamanha era a surpresa por ter a modelo em seu local de trabalho.

-Scarlett...- a fisioterapeuta disse baixo, mais para ela própria, como numa tentativa de acreditar no que seus olhos testemunhavam.

-Será que podemos falar? - perguntou a alemã com um sorriso singelo no rosto. - Isto se você não estiver ocupada, claro. - Bea não sabia como reagir. Olhar para ela trazia de volta memórias que Bea se esforço tanto por deixar no passado. Abanou levemente a cabeça tentando dispersar todos os pensamentos que se haviam acumulado em sua mente e se focou na alemã que estava parada à sua frente.

-Venha comigo. - disse e guiou Scarlett até à sua sala. - Fique à vontade, eu vou só resolver uns assuntos e já venho. - disse e seguiu até à porta.

-Bea? - a alemã a chamou. - Podia não avisar o Marco que estou aqui? Por favor. - a portuguesa apenas assentiu. Depois procurar Benzema e de o encaminhar até à sala da sua chefe, Bea se encontrava parada em frente à sua porta se perguntando o motivo de Scarlett ter ido até Espanha. Mil e um motivos cruzaram a sua mente e nenhum deles era bom. Suspirou profundamente e entrou finalmente em seu gabinete. A alemã estava sentada numa das cadeiras, com um copo de água em mãos e parecia analisar a decoração do local. Bea deu a volta à secretária, sob o olhar atento de Scarlett, e se sentou.

-Sua filha é linda. - a alemã comentou sorrindo leve.

-Humm... Obrigada. - disse claramente desconfortável com toda esta situação. - Scarlett se não se importa pode ir logo direto ao assunto? Eu estou em meu local de trabalho trabalho e tenho muito que fazer. 

-Sim, sim. - disse a alemã rapidamente. - Eu sei que pode ter parecido estranho eu aparecer assim do nada, depois de tudo o que aconteceu, mas eu queria me desculpar com você. - a alemã disse e Bea se surpreendeu. Não esperava que fosse aquele o motivo que a levara até si, mas via sinceridade nos olhos dela.- Eu magoei muito você e sei que ao longo do tempo magoei muito o Marco também. O que nós fizemos a você foi cruel e na altura eu não me apercebi do mal que causei a vocês dois, mas hoje eu compreendo. - suspirou. - Sabe, eu no fundo nunca o amei. Eu amava o que ele podia me dar, o que ele fazia por mim, mas não o amava. E sei que ele também nunca me amou, porque ele sempre a amou a você Bea. - a alemã disse e Bea, no seu interior, sorriu com a afirmação. - E talvez por isso é que não resultou entre nós. Eu lhe negava filhos, uma família, no fundo por saber que ele não era meu. Ele nunca foi meu Bea. E eu jurei vingança, no dia em que ele me abandonou, mas depois me apaixonei. - Scarlett sorriu em meio das lágrimas. Bea também já deixava cair algumas lágrimas por seu rosto. - E aí eu entendi tudo com clareza, e senti que tinha que falar com você e me desculpar pessoalmente. Tinha de enterrar de vez essa parte do meu passado e seguir em frente, sem remorsos ou arrependimentos. 

Principalmente agora, que estou criando minha própria família. - disse acariciando sua barriga levemente. Bea a olhava com os olhos cheios de lágrimas. Scarlett se levantou e Bea repetiu a ação. - Bem, vou andando. Obrigada por me ouvir. E me desculpe, te peço perdão do fundo da minha alma. Espero que algum dia me possa perdoar. - disse caminhando até à porta do gabinete.

-Scarlett. - a fisioterapeuta a chamou.- Eu aceito seu pedido de desculpas. Eu também preciso disso, de colocar tudo para trás das costas. Esperemos que isso possa ser um bom recomeço para nós duas. - Bea se permitiu sorrir. - Muitas felicidades Scarlett e que seu bebé venha com muita saúde, filhos são uma bênção. - disse e abraçou a alemã.

 

Chegou tardíssimo em casa naquele dia. Maddie já dormia faz tempo e Marco se mantinha desperto vendo Friends na tv. Se jogou no sofá ao lado do namorado e fechou os olhos pensando na conversa que tinha tido com Scarlett mais cedo e como aquilo havia lhe feito bem. Agora havia finalmente colocado uma pedra bem pesada sobre o assunto e esperava nunca ter de a levantar ou move-la do lugar. 

-Marco. - chamou pelo namorado que logo a encarou. - Eu te amo. - disse simplesmente e viu um sorriso aparecer no rosto dele também.

-Eu também te amo, meine liebe. 


Notas Finais


E aí? Quem adorou a mudança repentina de Scarlett coloca a mão no ar! 🙋🏻‍♀️🙋🏻‍♀️🙋🏻‍♀️
Não deixem de comentar! 👇🏻👇🏻👇🏻
Até ao próximo capítulo! 🔜
Beijo ♥️😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...