1. Spirit Fanfics >
  2. Scarborough Fair >
  3. Capítulo único

História Scarborough Fair - Capítulo 1



Notas do Autor


Espero que gostem desta pequena fic.

Capítulo 1 - Capítulo único


 

 Are you going to Scarborough Fair?

Parsley, sage, rosemary and thyme

Remember me to one who lives there

For once he was a true love of mine

 

 Nami andava lentamente entre as pedras viscosas, com os musgos verdes tomando conta delas, perto do riacho de sua casa. Um cesto de vime estava apoiado em seu braço esquerdo e encostado em seu quadril que exalava um sutil e agradável cheiro de ervas. Seu vestido bege com tons terrosos estava gasto em sua barra, seus sapatos de couro com lama assim como suas mãos sujas após a pequena colheita. 

 Sanji, um dos caçadores mais conhecido daquela província, esperava-a ansioso no lado de fora da casa simples da moça de longos cabelos ruivos. Esperava-a para assim poder ir para a famosa feira de Scarborough em Yorkshire, quem sabe ele conseguisse conquistá-la com o dinheiro que fazia com suas caças e presentes considerados luxuosos para aquele tempo, tais como temperos vindos de outro continente e tecidos luxuosos. 

 A jovem o observava por uma pequena fresta de suas cortinas enquanto escrevia em letras cursivas um pequeno bilhete no qual foi colocado dentro de um envelope timbrado. Do cesto de vime que trazia consigo entre diversas ervas e plantas, retirou apenas quatro e começou a trançá-las num  mimoso enfeite com fita vermelha. Sendo elas o tomilho, salsa, alecrim e sálvia.

 Com um incenso de canela que havia adquirido em troca de um jarro de leite e alguns pães, ela cantarolava baixo uma canção conhecida pelos trovadores da região sobre um romance impossível. Seus dedos escolhiam as ervas perfeitas para a ocasião, seus olhos treinados durante anos para saber qual usar a auxiliavam naquela tarefa. 

 Primeiramente um ramo de salsa, o mais verde que foi possível encontrar, aquela pequena planta utilizada para alimentação tinha um poder escondido. Quem a utilizasse no meio mágico atrairia proteção, desejo, fertilidade e luxuria para a pessoa já designada de sua paixão; com isso, Nami esperava que a pessoa voltasse para perto de si. 

 Então veio a sálvia, muito usada para uma boa saúde, também conhecida por tornar desejos em realidade caso realizasse um pequeno ritual considerado pagão por muitos. O tomilho conhecido por trazer conexões mágicas com seres elementais, tais como fadas e gnomos, trazia consigo boas vibrações e muitos diziam que ele ajudava a revelar o verdadeiro amor; tomilho é repleto de sorte e paz de espírito. tudo que precisavam. 

 Por último e mais importante era o alecrim, o mais importante para qualquer feitiço de amor, já que ele era a planta do relacionamento. Um ramo comprido e cheio de uma cor bem esverdeada, trazia consigo o amor, recordações e fidelidade. Bell-mère, mãe de Nami, que a ensinou tudo daquelas ervas, sempre dizia que o alecrim purificava as almas envolvidas em relacionamentos e até mesmo utilizada como aliança pelos recém-casados. 

Are you going to Scarborough Fair?

Remember me to the one who lives there

For once he was a true love of mine

 

 Nami lavou suas mãos para tirar o excesso de terra, colocou o enfeite de ervas anexado com a carta e entregou para Sanji que a esperava. O homem loiro de sobrancelhas encaracoladas ficou desapontado pela jovem ruiva negar ir para Yorkshire com ele, porém garantiu que entregaria a carta para a pessoa desejada e que lhe traria um presente de lá mesmo que Nami recusasse com toda sua educação. 

 O homem montou em seu cavalo baio e acenou antes de sumir pela estrada de terra, Nami sorriu e respondeu com outro aceno. Seu coração estava mais leve e aliviado por ver que sua correspondência seria entregue de forma sutil e que não causaria burburinhos pelos entregadores.

 Nami se sentou na cadeira de balanço em frente sua casa e suspirou aliviada, imaginava o rosto de Vivi ao receber aquele bilhete e o enfeite que serviria como um amuleto de boa sorte. Caso ela realmente amasse Nami, iria respondê-la com outro deste enfeite. E era aquilo que a ruiva esperava e não um presente caro como Sanji vivia a lhe presentear, apenas queria a paz de uma amor tranquilo com sua amada. 

 

Are you going to Scarborough Fair?

Parsley, sage, rosemary and thyme

Remember me to the one who lives there

For once he was a true love of mine

 

 Nami sabia que não poderia viver um romance aberto com Vivi de qualquer modo, todos sabiam que ambas tinham uma ligação com a magia e não desejavam se relacionar com homens, mesmo que muitos que desejavam a felicidade de ambas fizessem vista grossa para tal libertinagem da época nem todos seriam assim. 

 Entretanto, não poderiam impedi-las de corresponder-se por cartas e amuletos, um verdadeiro amor era como uma tosse: tão pouco poderia ser impedido como passar despercebido. 

 A única coisa que ela poderia fazer naquele momento, era esperar Sanji com talvez alguma resposta da jovem de longos cabelos azuis.


Notas Finais


Agradecimentos especiais:

Projeto de animes: @OtakuSquadProj

Capa por: @Four_Rabbit

Beta reader por: @Hiyajiru


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...