História School of Love - INTERATIVA BTS - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias 4Minute, After School, AOA, Apink, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXID, EXO, F(x), Fiestar, G-Friend, Girl's Day, Girls' Generation, Got7, Gugudan (GX9), I.O.I, Laboum, Mamamoo, Miss A, Momoland, Monsta X, Oh My Girl, Pristin, Red Velvet, Seventeen, Sistar, TWICE, Wonder Girls
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Interativa, Personagem Original, Romance
Visualizações 120
Palavras 1.373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiramente, hello hello my angels, tudo okay?
Segundo, o nome desse capítulo é em homenagem ao comeback maravilhoso da CLC, está beautiful, deem muito amor a elas.

Continuamos a aceitar fichas então, sem desculpas hein

Eu e a Bolim também ja temos um roteiro de capítulos com as fichas já recebidas, então acredito que teremos um mês cheio de postagens novas, fighting girls
Acho que por hoje é só pessoal, até o próximo episodio

Capítulo 3 - Black Dress


Fanfic / Fanfiction School of Love - INTERATIVA BTS - Capítulo 3 - Black Dress

 

Definitivamente Moon havia errado na roupa para a festa.

A noite não estava muito fria mas o vento castigava a morena, principalmente suas coxas desprotegidas pela falta de pano para cobri-las. Sem falar que ficar esperando sua carona num ponto aleatório do campus não estava sendo muito divertido, pelo menos, a rua estava movimentada por causa do evento, então Moon se sentia mais segura ao cumprimentar um colega ou outro.

Estava distraída mexendo em seu celular que não reparou na presença de um veículo se aproximando, a buzina a pegou de surpresa. Com a mão no peito, esse que batia mais rápido que o comum devido o susto, Moon encarava a dona do carro, que não parava de rir.

Krystal era apenas um ano mais velha que a morena, mas tinha um ar de superioridade que até idosos obedeciam e levando em consideração o tamanho dela, não havia muitos motivos a se temer. Mesmo sendo a dona do carro, não era Krystal que estava dirigindo, fazendo a mais nova se questionar com quem exatamente tinha topado aceitar a carona.

Chrystal Soo Jung, ou apenas Krystal era uma das meninas mais populares e influentes da faculdade, tinha um jeito bem difícil no começo da amizade e mais difícil ainda na continuação, mas era engraçada na maioria das vezes, na maioria um humor negro. Tinha fama de perigosa devido sua habilidade de ler as pessoas e saber controlá-las, sendo assim, gostava de manter aquelas que não conseguia bem próximas a ela, a amizade das duas começou por causa disso.

 

-Come on, está congelando aí fora!- exclamou Krystal, fechando a janela do carro.

O calor dentro do automóvel era quase um paraíso para as pernas de Moon, maltratadas pela péssima escolha de sair com saia numa noite daquelas. A risada masculina lhe chamou a atenção e seus olhos foram diretos nos de Taehyung, que ria devido a cara de alívio que a menina fazia, a mesma não conseguiu não lhe retribuir o riso.

 

-Achei que você ia com o Kook- Comentou a mais nova, ajeitando o cabelo escuro

 

-Eu ia, mas Krystal comentou que ia sozinha já que a Fei preferiu ir com o Jin.- explicou calmo, concentrado na rua -Ela quase me deu um fora depois, já que você pediu a carona para ela, Krys achou que não precisava mais de mim.

 

-Eu não disse isso, jamais dispensaria um motorista gratuito, não sou idiota- brincou, soltando uma risada maldosa, apertando a bochecha dele- Parece que temos uma novata meio “especial” na festa

 

-Por que a cara feia?- perguntou Moon que soltou uma risada baixa ao notar a carranca da amiga -E por que as aspas?

 

-Já tive o prazer de conhecer a garota, ela é incrivelmente parecida comigo. Mal me aguento, imagina conviver com outra igual a mim.

 

-Mas por que as aspas no especial?- perguntou Tae, curioso na fofoca

 

-Seus pais são mundialmente famosos, principalmente na Ásia e na Europa, ramo da moda. Mas eu soube que ela entrou aqui como administração, ou  seja, provavelmente quer roubar a empresa do irmão mais velho. Ela virou a notícia da semana, não viram como a diretora estava esses dias?- perguntou Krystal, tentando segurar o riso -Toda extravagante, só usando roupas da coleção dos pais dela, quase cafona.

 

-Alguém já te disse que você é maldosa?- provocou Tae, sorrindo de canto e estacionando o carro numa rua pouco movimentada

 

-Alguém já te disse que eu não ligo? -retrucou a mais velha, saindo do carro apressadamente- Só me lembre onde está o carro, a volta é por minha conta. Sem bebidas para a psicóloga aqui.

Krystal caminhou confiante na frente, deixando o casal de mais novos para trás. A noite parecia ter melhorado para Moon depois de Taehyung abraçá-la, a protegendo do frio. Os dois haviam formado uma amizade sincera no ano anterior, mesmo que a menina fosse uma novata e o maior estivesse o topo da cadeia dos populares; tudo começou quando Tae invadiu a sala dela procurando Jin e derrubou sua mesa, na hora ela não sabia se estava espantada com objeto no chão ou na beleza de quem havia o derrubado.

Kim Taehyung era conhecido por sua personalidade singular e “costumes estranhos”, tanto quanto por sua beleza e carisma com as alunas, ele sabia como tratar uma mulher. Estudante de fotografia, o rapaz tinha uma criatividade invejável e uma imaginação tão fértil quanto de uma criança e uma animação tão plena quanto a de um palhaço. Sempre autêntico e sincero, a maioria que não gostava dele era mais por inveja do que algum ódio ou ranço, ele era muito tranquilo e amigável com todos.

 

-Já que temos nossa motorista, vai beber muito BabySuhy? - perguntou o maior, fazendo carinho no braço coberto da menina

 

-Talvez Tae, ainda não vou prometer nada…- comentou com um sorriso de canto e dando de ombros -Você está com cara de quem vai beber até cair.

 

-Não é a minha intenção, estou como fotógrafo hoje!

Num movimento rápido, Tae exibia a câmera de última geração na mão direita. Todo orgulhoso de seu brinquedo, já que foi com o dinheiro do estúdio de fotografia dele que a câmera foi paga e que agora ele exibia tão feliz; Moon sabia como ele batalhava por seu sonho e como era triste vê-lo após sua própria mãe desmerecer o sonho do filho.

 

Flash

 

Taehyung havia a soltado e tinha tirado uma foto da menina, enquanto a mesma estava distraída em seus pensamentos e memórias. O maior parecia muito feliz com seu feito e só conseguia rir ao olhar a nova foto, Moon já havia perdido as contas de quantas fotos ele já havia tirado dela em momentos aleatórios e sem nexo, pelo menos, nessa foto provavelmente ela saiu bonita e arrumada.

 

-Queria mostrar isso para Krystal, ela rolaria no chão de tanto rir- comentou Tae, desligando a máquina e sorrindo para a menor.

 

-Está tão feia assim? -questionou Moon, sentindo suas bochechas esquentarem, ela só ainda não sabia dizer se era por vergonha ou irritação.

 

-Não é isso, pequena. Tenho uma outra foto sua quase na mesma posição, só que essa outro eu tirei depois de você sair de uma prova do semestre passado, ou seja, a diferença do seu estado é.. como posso dizer?- mesmo tentando ficar sério, o menino não conseguia evitar o sorriso -Exorbitante.

Enquanto andavam, Moon fazia lembretes em sua cabeça:

Um - Nunca mais pedir carona para Krystal

Dois - Nunca entrar num carro quando Taehyung estiver de motorista

Três - Nunca mais combinar de ir com eles numa festa

 

-Cuidado Suhyun!

Devido sua distração na lista mental, a morena não viu elevação do degrau da rua e tropeçou ali, tombando seu corpo para frente e quase caindo. Quase.

 

-O que seria de você sem mim?- perguntou Tae com um sorriso de canto

O rapaz havia a segurado antes da queda e agora a sustentava, com as mãos em sua cintura e os corpos mais próximos que o habitual, Moon não conseguia esconder sua vergonha da proximidade dos dois, principalmente pois conseguia sentir a respiração dele batendo contra sua pele ou no fato que as mãos deles a seguravam com tanta força em sua cintura, tinha medo que se ele a solta-se chegasse a cair, sentia suas pernas bem mais moles agora.

 

-Foi sorte, seu bobo!- exclamou emburrada, o empurrando e formando um bico, que nem uma criança -Vamos logo.

Moon caminhava rapidamente, não queria que o rapaz a visse com as bochechas tão vermelhas e a respiração tão alterada. “Somos amigos”, ficava repetindo na cabeça, enquanto entrava na principal fraternidade do campus, que coincidentemente era do sobrinho da diretora, Namjoon. Por um momento ela virou para trás e encarou o menino com a câmera na mão bem atrás dela, o mesmo não havia acompanhado seu ritmo e já tinha parado para conversar com um grupo desconhecido por ela.

 

Nisso, seus olhos se cruzaram e Taehyung continuou a fitá-la, mesmo que sem fazer nada, seus olhos tinham um brilho de diversão, provavelmente pois ele havia a pego no flagra, ele ganhou a luta, ela voltou atrás. Antes de se virar para frente e continuar andando, Moon pode ler os lábios do amigo, todo sorridente pronunciando especificamente para ela, “boba”.

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...