História School Of Stars - Capítulo 3


Postado
Categorias Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Elizabeth Gillies, Fifth Harmony, Giovanna Chaves, João Guilherme Ávila, Jonas Brothers, Joseph Morgan, Justin Bieber, Karol Sevilla, Larissa Manoela, One Direction, Ruggero Pasquarelli, Sabrina Carpenter, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, João Guilherme Ávila, Joe Jonas, Justin Bieber, Karol Sevilla, Larissa Manoela, Nick Jonas, Ruggero Pasquarelli, Selena Gomez, Shawn Mendes
Tags Dangel, Jariana, Jolari, Ruggarol
Visualizações 89
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha a gente aqui de novo 😂😂
Espero que gostem
Boa Leitura ❤

Capítulo 3 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction School Of Stars - Capítulo 3 - Capítulo 2

Pvo João 

Acordei com o meu nome sendo chamado de forma desesperada e impaciente. Abri os olhos um pouco atordoado enquanto sentia alguém me balançar. Giovanna, minha irmã mais nova estava ao meu lado na cama tentando me acordar. Bom parece que o objetivo dela foi cumprido. 

Bufei irritado empurrando de leve a garota e colocando um travesseiro em meu rosto. 

-Joao Guilherme! É melhor você acordar agora mesmo ou vai nos fazer perder o voo!- Ordenou irritada 

Antes que ela pudesse dizer mais alguma coisa eu joguei meu travesseiro em seu rosto me sentando na cama em seguida. 

-Sai do meu quarto Giovanna! Eu não vou acordar agora, por mim eu perderia esse voo numa boa só pra não ir ficar nessa escola. 

Ela revirou os olhos 

-Nao e uma escola seu idiota, é um internato! E se você me fizer perder o Voo eu juro que acabo contigo! Poxa pode não pensar em si mesmo só uma vez na vida?

Ignorei seu comentário e voltei a deitar cobrindo rapidamente meu corpo com o cobertor e fechando os olhos 

Pude ouvir Giovanna dar um gritinho baixo de raiva. 

-Entao tá, fica aí dormindo! Eu vou lá chamar o papai pra ele vir aqui te acordar. 

Suspirei frustrado e me levantei cruzando os braços na frente da menina que me encarou com um sorrisinho vitorioso nos lábios. 

-Ta tá já levantei! Nossa como você é chata. 

Ela suspirou

- Eu sei que você não quer ir pro internato João, mas não pode apenas fingir que está animado? Por favor...por mim- Pediu com um tom de voz manhoso 

Eu não queria mesmo ir e Giovanna podia ser bem enjoada as vezes, mas de qualquer forma ela era minha irmãzinha mais nova, eu não queria chatea-la. Mesmo ela sendo uma chata. 

Sem tirar a feição emburrada de meu rosto eu assenti lentamente com a cabeça 

Ela bateu palminhas de felicidade 

-Obriagada maninho- Disse me dando um beijo na bochecha e voando pra fora do quarto em seguida -Vai se arrumar o Papai disse que nós saímos daqui 15 minutos- A ouvi gritar do corredor 

Eu suspirei e fui pegar minha mala. Uma de minhas empregadas tinha feito ela na noite anterior então estava praticamente tudo pronto. 

Desviei o olhar para meu violão que ficava no canto do quarto e fiquei ali o encarando por alguns minutos. Por fim me dei conta das horas e me direcionei ao banheiro pra tomar um banho 

Pra quem não me conhece meu nome é João Guilherme, mas eu gosto de ser chamado apenas de João. Minha vida estava perfeita até um mês atrás quando meu Pai me escutou tocando violão e cantando uma música qualquer enquanto passava em frente ao meu quarto e ficou encantado com minha voz. Desde então tem sido tudo um porre. Ele decidiu matricular a mim e a minha irmã em um internato que ficava em Londres. Giovanna desde pequena sempre mostrou seu amor por atuar, e meu pai sempre a incentivou. Ela gostava de fazer teatros para minha família. Vez ou outra me incluía em seu "Espetáculo". Eu fingia ser obrigado a fazer aquilo mas não posso negar que adorava. Porém meu objetivo era á música. Eu queria ser um cantor de sucesso, mas queria conseguir isso sozinho. Meu pai sempre me deu as coisas na mão. Ele queria me transformar em um cantor do modo fácil...mas eu queria conquistar isso por mim mesmo, para provar a ele que sou capaz. Como eu imaginei meus pais ignoraram esse desejo meu e me obrigaram a ir para esse internato. Eu odiava não ter poder de decisão sobre minhas proprias ações mas o que posso fazer? Eles são meus Pais, mesmo eu tendo 18 anos eles ainda tem controle sobre mim. Tudo que tenho que fazer é aceitar. 

Terminei meu banho, coloquei a primeira roupa que vi, peguei meu violão junto da minha mala e desci pra sala. Lá minha mãe estava sentada no sofá conversando com Giovanna enquanto Pietro brincava distraído com uns brinquedos ao lado delas. 

-Onde está meu Pai?- Perguntei chamando a atenção de todos 

-Bom dia pra você também filho- Minha mãe falou brincalhona vindo me abraçar 

Dei um meio sorriso pra ela e fui sentar ao lado de Pietro. 

-Papai está tirando o carro da garagem, aliás nos temos que ir agora- Giovanna disse se levantando -Tchau mamãe, Tchau Bebê- Deu um beijo na testa de Pietro, abraçou Mamãe e saiu com sua mala pra garagem 

- Acho que eu já vou também, Tchau mãe. 

-Tchau meu filho, fica bem tá? Sei que está chateado, mas estamos fazendo isso pra te ajudar a realizar seu sonho. 

Eu assenti cabisbaixo. Depois disso fui até Pietro e bagunçei seu cabelo rindo 

-Tchau baixinho. 

Ele gargalhou e acenou sorridente. 

Segui pra garagem sem vontade alguma. 

Já estou até prevendo...esse ano vai ser osso.







Notas Finais


Gostou? Se resposta for sim deixa seu favorito kkk
Até breve ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...