1. Spirit Fanfics >
  2. Scooby-doo mistério s.a >
  3. Capítulo 02 - O Baú

História Scooby-doo mistério s.a - Capítulo 2


Escrita por: ladyfanfic2304

Capítulo 2 - Capítulo 02 - O Baú


Salsicha e S/n estavam andando e conversando normal os dois não paravam de sorrir salsicha era muito bom em piadas e tinha medo de qualquer coisa q passava por ele e isso fazia s/n pensar em como tinha sorte de achar um colega q não se importasse do jeito q a mesma era. Algumas horas foram se passando e os dois decidiram ir em uma lanchonete q tinha ali perto.

Qum pagou tudo foi salsicha ele q chamou ela para ir e ele teria q fazer isso então no meio do caminho uma ventania forte veio q fez os dois se assustarem e os cachorros ficaram latindo parece q eles viam algo q seus donos não conseguiam encherga.

A ventania passou rápido e s/n e salsicha com medo ambos decidiram voltar para a casa dos Dinkley para q não ouvessem preocupaçoes com ambos já q parecia também q uma tempestade iria cair e salsicha achou estranho pois na reportagem dizia q o tempo iria ser só sol.

Xxx

Eu e o salsicha acabou de chegar na casa da minha querida Prima depois daquela ventania estranha nos dois decidimos voltar pra casa para q não tivesse nenhum perigo a última coisa q eu desejo é ser sequestrada por um monstro ou um maníaco sem nexo.

Entramos na casa e meus tios deram um sorriso no de canto eu virei os olhos e depois olhei a onde estava a mão de salsicha estava na minha cintura eu não liguei isso pra mim não significa nada! Nos fomos pra sala onde os amigos dele estavam e a minha prima e parecia q eles não iriam sair daquele computador nem mortos mais q saco.

Eu não fazia idéia q resolver mistérios era tão cansativo eles não notaram a nossa presença então eu e o salsicha fomos pro sofá e a Nala e o scooby-doo deitaram de tão cansados q estavam.

Algumas horas depois um tipo de carta caiu dentro da sala onde nos estávamos todos nós tomamos um susto já q não é todo dia q caiu alguma coisa do céu ou aparece do nada não é mesmo?! Eu sou a primeira a me levantar e eles também tomam um susto já q antes não aviam percebido a minha presença.

Velma- S/n cuidado não sabemos oq pode acontecer se vc toca nessa carta deve ter o mínimo de precaução nisso! - falou Velma olhando para a sua prima.

S/n- É oq vc tem em mente Velma?! - falo olhando pra ela - de qualquer jeito temos q tocar nisso não é?! - digo e olho pra carta - olha... - pego.

Velma- Aff,eu disse pra não pegar S/n! - disse Velma - Me dá isso aqui - Pega e abre - É do senhor "E". - Disse Velma. 

Daphine- Mas ele não está morto?! - falou daphine e depois ela lembrou - Ah é mesmo estamos falando do outro senhor é.

Fred- Oq diz aI Velma?! - falou Fred se levantando da cadeira.

Velma- Eu não sei Fred! - falou Velma - Está em Mandarim. - Disse a mesma. - Eu não sei traduzir isso talvez devêssemos ir na Internet. - falou e ela.

S/n- eu sei falar mandarim. - digo e eles me olham - Posso traduzir pra vcs! Claro se quizer em!  - digo. 

Fred- Seria de grande ajuda! - falou Fred e Velma revira os olhos - De a carta pra ela Velma.

Velma- Oque?! Não fred ela não faz parte da turma eu nem sei oq ela tá fazendo aqui não chamamos ela pra nós ajudar. -falou Velma. 

S/n- Mas eu quero ajudar! Não preciso fazer parte da turma de vcs pra poder ajuda-los. - digo já com raiva. - me de a carta Velma. - ela puxa - Mais q Merda me dá a carta logo Garota! - falou s/n já com raiva.

Velma- Não! Eu irei traduzir ela com a ajuda do meu computador! - falou Velma e sem ela perceber salsicha pega a carta da mão dela - Oque?! Salsicha.

Salsicha- Deixa ela ajudar Velma!  A Maria Cachorro quente também não era da turma e vc sempre deixou ela participar oq tem a s/n pra ela não ajudar?! - perguntou salsicha 

Velma não respondeu...

S/n- Valeu salsicha! - digo sorrindo pra ele 

Daphine- Consegue traduzir S/n?! - perguntou daphine 

S/n- Sim! 

Fred- Pode levar o tempo q quizer! - falou Fred

S/n- Terminarei o mais rápido possível pra ajudar vcs. - digo sorrindo.

S/n se sentou na cadeira de Velma e pegou um papel e uma caneta e logo começou a escrever algumas palavras ela riscava e outras deixava pois a maioria não fazia nenhum sentido de estar ali naquela carta e por isso a mesma percebeu q era um tipo de código.

Terminando a carta s/n entregou para Fred para ele ler e ele leu mas não entendeu nada então a mesma decidiu ler a carta de novo e explicar para o mesmo.

S/n- escutem direito! - falou ela - " Na beira da estrada eu vi uma cascata dessa cascata avia uma escada da escada eu levo até onde eu a entrego no baú irá ter resposta dé dentro e de fora" - terminou s/n

Fred- Mesmo assim eu não entendo S/n! 

S/n- Isso é um código Fred as outras palavras q estavam escritas nessa carta era só para despistar agente ou vcs.

Velma- Muito bem agora q vc terminou precisamos ver oq isso quer dizer. - falou Velma se levantando.

S/n- eu ainda não terminei Velma!  - falo e olho prós outros - Escutem bem " Na beira da estrada eu encontrei uma cascata" isso faz vcs lembrarem de alguma coisa?! - perguntou

Daphine- Sim! Na ponte do lado dela da pra ver uma cascata meus pais e eu sempre vamos pra lá tirar fotos. - falou daphine.

S/n- Ótimo,agora " Dessa cascata eu vi uma escada" alguém sabe?!

Daphine- Mas...lá não tem nenhum tipo de escada o governo não permitiu. - falou daphine. - isso deve tá errado.

S/n ficou calada por um tempo e salsicha disse algo.

Salsicha- Talvez não seja uma escada de madeira e sim dé pedras não é?! - falou salsicha - q foi?!

S/n- Salsicha vc é um gênio! - pulo ensima dele e logo percebo oq eu fiz - Desculpe. - digo - Agora q nos descobrimos é só ir atrás do tal baú não é mesmo?! - falo sorrindo

Velma- Esqueceu de algo S/n - falou Velma. 

S/n- Oque?! - falou s/n com um sorrisó no rosto

Velma- Vc não é parte da turma e eles não são seus amigos.

Velma falando isso a carta q estava nas mãos de s/n caiu no chão e o sorriso dela se desmanchou realmente ela não era parte da turma talvez a mesma se empolgou de mais em resolver um mistério com os amigos de sua prima.

Salsicha e os outros olharam pra ela e viram q agora o seu olhar estava sem vida e sua cachorrinha veio até ela é a mesma a legou no colo e pegou a carta também é entregou para Fred e disse com um sorriso forçado.

S/n- E-É-é...eu acho q eu me empolguei demais sabe...bom...é vão resolver o mistério de vcs eu vou estar no meu quarto arrumando minhas coisas se precisarem de mim é só me chamar! - digo saindo.

Fred- Espera! S/n vc não quer mesmo ir?! Seria legal sabe...ter mais uma ajuda.

S/n- Não eu tô bem assim....

Salsicha- Se quizer eu e o scooby-doo podemos te fazer companhia s/n! -falou salsicha.

S/n- Não pode ir salsicha eu tô acostumada a ficar sozinha. - digo saindo e indo direto para o meu quarto

S/n saiU e só ficou a Velma e seus amigos a mesma já estava com suas coisas não mão para ir e com um sorriso no rosto mas esse sorriso acabou quando recebeu os olhares de seus amigos.

Daphine- Velma pq disse isso pra sua prima ela só queria ajudar. - falou daphine - É pq disse q não somos amigos dela?!

Velma- Pq vcs não são! - disse ela. 

Fred- Vc ta errada Velma!  Somos amigos de qualquer um não precisamos da sua permissão pra isso! - disse Fred - Salsicha fica aqui com a S/n tenta distrair ela um pouco,enquanto isso vamos atrás desse tal baú. - Disse Fred

Velma- Porque tem q ser o salsicha! - sussurrou Velma e eles saíram de casa.

Xxx

Já na cascata Velma daphine e Fred já tavam investigando a cascata por sorte não tinha ninguém ali pra perguntar oq eles estava fazendo em lugar como aquele não q seja errado mas é q eles tinham q estar na escola.

Daphine- Onde tá essa escada?! Eu não vejo nenhuma. - falou daphine 

Velma- Eu disse q não podemos confiar na S/N ela é maluca de pedra. - falou Velma - se agente tivesse traduzido no meu computador se...- interrompida.

Fred- Aqui gente. - falou Fred - Olha só as pedras são um tipo de escadas. 

Daphine- Acho q precisa mudar sua opinião sobre sua prima Velma. - Disse Fred 

Fred- Vem vamos subir! - falou Fred - tenham cuidado.

Fred Velma e Daphine subiram nas pedras da cascata e entraram dentro da cascata passando pela água q caia e quando eles estaram deram de cara com um baú.

Fred- Tem um baú igual a S/n disse mas não vejo uma resposta de dentro e de fora! - falou Fred 

Daphine- Vamos pra casa da Velma Fred lá descobrimos isso depois. - falou daphine 

Fred- Certo vamos.

Xxx

Enquanto Fred Daphine e Velma estavam na cascata com o baú em mãos s/n salsicha e scooby-doo estavam jogando vídeo game no quarto da mesma. Era divertido salsicha estava conseguindo mesmo distrair a morena q antes estava triste e sem vida e agora estava com um sorriso no rosto.

Depois de um tempo jogando s/n e salsicha foram assistir filme já q scooby-doo estava dormindo junto com a pequena Nala. Eles colocaram o filme de Vicente-van-Doido q era sobre zumbis e sem perceber salsicha já estava com a cabeça no colo de s/n claro ela não ligou muito pra isso.

A mesma começou a fazer carinho no cabelo do mesmo e logo eles escutam a porta do quarto ser batida e s/n se levanta e salsicha também é ambos toman um susto quando seus amigos apareceram todos molhados.

S/n- Nossa vcs tomaram um belo de um banho. - falou s/n - vem entram - digo

Fred- Vc tina razão existia uma caixa lá mesmo. - falou Fred 

S/n- que bom q eu consegui ajudar! - falou a mesma. - Vcs vão abrir o baú?! - pergunto

Velma- Precisamos examina-lá primeiro. - falou Velma - vou pegar uma amostra dela e ver se ela é falsa ou verdadeira. - falou Velma 

Daphine- Pra mim ela parece bem real Velma.  - falou daphine 

S/n- Agora terei q concordar com a Velma Daphine por mais q ela pareça ser bem real esse jeito de ferrugem e poera pode ser algo falso então dessa vez concordo com a Velma - digo.

Fred- Muito bem se vc diz s/n! Velma pode tirar um pouco do baú pra examinar enquanto isso iremos ver se tem alguma pista fiz o lado de fora.

Velma- tá...

Velma pegou uma amostra e saiu do quarto de s/n e enquanto isso Fred Daphine salsicha e s/n estavam tentando ver uma mensagem ou alguma pista sei lá. 

S/n estava procurando algo sobre o baú até q ela vê umas palavrinhas bem pequena e logo decide ver oq era mas não conseguia ler pois estava muito pequeno.

S/n- Salsicha. - o chamou e ele veio - Será q pode pegar minha lupa q esta dentro do guarda roupa.

Salsicha- Tá. - salsicha foi abriu a porta do guarda roupa e pegou a lupa e a entregou - aqui.

S/n- Obrigado. - sorriu a mesma

Fred- Oq tá escrito aí s/n?! - perguntou Fred. 

S/n- Tá escrito, "Aqueles q salvaram o mundo da destruição descobriram um passado cheio de escuridão aqueles q os criaram seram aqueles q os dividiram" - disse s/n

Quando ela terminou de falar isso o baú q estava fechado abriu e um vento forte começou deixando todos assustados...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...