História Scream Kings - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, CL (Chaelin Lee), G-Dragon, Got7, Monsta X, Pânico (Scream), Red Velvet, Scream (Série), Scream Queens
Personagens BamBam, G-Dragon, Hyung Won, I'M, Irene, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Joo Heon, Joy, Jungkook, Ki Hyun, Lee Chaelin "CL", Lisa, Mark, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Seulgi, Show Nu, Suga, V, Wendy, Won Ho, Yeri, Youngjae, Yugyeom
Tags @queje, 2jae, 2won, 3some, 6aigoo1, Bts, Chaesoo, Got7, Groge, Jenlisa, Kittywilde, Kpop, Minjoon, Mistério, Nammin, Pânico, Red Devil, Romance, Scream, Scream Queens, Serial Killer, Showhyuk, Sugakook, Sugav, Survival, Suspense, Taegi, Taekook, Taeyoonkook, Vkook, Vsuga, Yoonkook, Yugkook
Visualizações 124
Palavras 1.698
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shounen, Slash, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, o que posso falar? Estou a três meses sem atualização, mas aqui estou eu. risos.
Juro que tento não demorar na próxima vez.
Então boa leitura e perdoa os erros ;-;

Capítulo 3 - Reencontros


Fanfic / Fanfiction Scream Kings - Capítulo 3 - Reencontros

Taehyung estava sentado na cadeira do café esperando Hyungwon vim com os macchiatos, ainda perplexo ao descobrir sobre o assassinato do antigo amigo.

Hyungwon estava diferente, Taehyung não podia negar. Chae, como desde quando eram crianças, era mais alto que sí, parecia ter saído de sua religião se for levar em consideração de que não usava mais as roupas tradicionais que a família Chae o obrigava vestir e estava bonito, muito bonito, tanto que Kim nem havia o reconhecido.

Foi estranho o reencontro se for levar em consideração de que passaram duas horas sentados lado a lado em um ônibus e depois descobriram que ambos eram amigo de Kupmuki que agora estava morto.


— A fila estava enorme, desculpa pela a demora — comentou Hyungwon que tirava as luvas da mãos ao se sentar e entregar o café ao Taehyung que abriu um sorriso agradecido — senti a sua falta, Tae — soltou sincero.

— Também senti a sua, Wonnie. De todos vocês, todos — sussurrou a última palavra com um sorriso triste nos lábios.

— Se estivesse sentido saudades mesmo, entraria em contato.

Chae acabou por arregalar os olhos quando viu que pensou alto até de mais, fazendo Taehyung coçar a nuca por ter se sentido desconfortável com o assunto. Como iria dizer que simplesmente não se sentia a vontade de olhar novamente no rosto de seus amigos que encobriram o seu crime para a pessoa que estava lá e provavelmente se sentiria culpado, afinal, Tae só voltou a RavenWoods por causa do funeral de Hoseok que acontecerá da aqui dois dias.

— Desculpas, eu fiquei internado em uma clínica por algum tempo... — estaca envergonhado com o assunto, não queria confessar que precisou de ajuda psiquiátrico. Era um assunto que não o agradava.

— Igual ao Yoongi? — foi cortado pelo Wonnie e sorriu mínimo ao se lembrar de seu hyung e o quanto sentiu falta do branquelo baixinho, Taehyung tinha esperanças de o encontrar novamente por ai.

— Igual ao Yoongi! — concordou se lembrando da infância e ia visitar o melhor amigo que estava sobre cuidados médicos pós seu trauma — e depois quando saí acabei me formando dois anos antes do esperado no colegial e eu não consegui voltar pra cá quando recebi o certificado. Foram tempos difíceis.

— época difícil — Hyungwon concordou passando língua sobre os lábio para sair quaisquer resíduos de espuma por ali — quando você se foi, as coisas desandaram por aqui. Você não foi o único que não reagiu bem com essas coisas, bom... A Lalisa reagiu bem. Sinto saudades da aquela época, eramos unidos, diferente de hoje em dia — suspirou passando a mão pela madeixa castanhas enquanto olhava para a expressão perdida do Kim — não olhamos mais um para a cara do outro fazem anos. Quer dizer... Yoongi e Jungkook andam grudados o tempo todo, tem boatos de que eles estão até de romancezinho.

Taehyung revirou os olhos depois do que Hyungwon havia dito e por impulso tomou um gole do seu  macchiato de caramelo para esconder a própria face com o copo da bebida.

— Por que não se falam mais?

— Não fazemos mais parte do mesmo patamar e nível. As coisas mudaram para pior, Taehyung. As coisas mudaram!

Taehyung assentiu e ficou calado, fazendo os dois amigos ouvir o som ambiente e as vozes que vinham da televisão que estava pendurada em uma televisão distante dali. O silêncio entre os dois amigos foi cortado quando do nada apareceu dois garotos em pé ao lado da mesinha quadrada que Hyungwon e Kim estavam, um do lado opostos e seguravam um copo de café em mãos.

— Chae Hyungwon, você soube do Bambam? — o menor entre os dois perguntou com o tom de voz elevado e bateu o punho com força sobre a mesa fazendo tanto o citado quanto o Taehyung da um pequeno pulo pelo susto — que louco! Fiquei até pensando na merda que aquele filho da puta provavelmente havia feito para ser assassinado assim. Tinha que ser otário mesmo. Como eu era amigo dele mesmo? Como eu era amigo seu mesmo? — falou rápido e ríspido tudo de uma vez enquanto era observado pelos olhos curiosos e brilhantes de Taehyung que tentava se lembrar o porquê desse cara ser tão familiar para sí até que o mesmo focou seus olho no próprio Kim — Quem é seu novo peguete, Hyungwon?

— Yoongi... — Chae começou incerto e com a voz abafada, fazendo o coração do Taehyung se esquentar e acelerar. Óbvio que seria o seu hyung favorito na infância, havia mudado poucas coisas, mas estava mais bonito com ps traços fortes e Tae se sentia um tolo por esta com vontade de desmaiar por ali, afinal, seu hyung estava falando e quando ele foi embora, se lembrava que Min não falava nada — ... Esse é o Taehyung.

— Legal, não me importo mesmo, eu só queria encher o saco — Yoongi deu de ombros bebericando o seu café em seguida, enquanto Taehyung agora encarava a pessoa que estava do lado oposto da mesa que olhava para sí de uma forma intensa e Kim não havia intenção nenhuma de desviar o olhar.

— Não, Yoongi. Esse é o Taehyung — reforçou — Kim Taehyung.

Tae viu o cara que ele encarava abrir um sorriso mostrando seus dentes frontais avantajados e Kim o reconheceu na hora, porém acabou por desviar o olhar para observar o Min que apertava os lábios um contra o outro e tinha não tinha expressão nenhuma no rosto, fazendo Kim sorrir nervoso com a reação do Yoongi: — E dai que o seu novo gado tem o sobrenome Kim, nada de novo sob o mesmo sol, idiota.

Taehyung soltou o ar do seu pulmão meio sem jeito e se sentiu envergonhado com isso e por ter criado uma expectativa não existente. Ele não sabia como reagir ao saber que seu hyung favorito não se lembrava de sí e também não entendia como ele ficou com a língua tão afiada.


— Vamos indo, Gukkie? — perguntou o Min e não esperou resposta, ja que foi andando saindo do estabelecimento sozinho, fazendo o Taehyung agora encarar o outro.

— Fico feliz em te rever, Taehyung hyung. Senti saudades — sorriu de novo o de dentes de coelhinhos, fazendo Kim abrir um sorriso meio sem jeito por saber que entre todos os seus antigos amigos, este era quem ele menos sentiu falta e nem fazia tanta questão de reencontrar. Tae tem um ciúmes meio obsessivo e sempre ficava enciumado por causa da relação forte que Jeon e Yoongi tinha quando pequenos.

— Também senti a sua falta, Jeongguk — aumentou o seu tom de voz para que Jeon que ja se retirava do estabelecimento ouvisse e ele ouviu, já que abriu um grande sorriso em direção ap Taehyung que tinha um vidro transparente os distanciando.


— Sinto muito por isso... — soltou Chae que percebeu a decepção de Taehyung no olhar, fazendo o Kim o olhar desentendido e o semblante triste.

— Ele não se lembra de mim — sussurrou triste para sí mesmo, mas Hyungwon ouviu perfeitamente, abrindo um sorriso triste que mais poderia ser considerado uma careta.

— Quando... Bom, eu não sei se deveria comentar sobre isso, mas... Quando você foi embora, ele surtou de vez. Foi por causa da sua ida que o hyung voltou a falar, ele sempre perguntava se algum de nós sabia de alguma notícia sua, até que então Yoongi cansou de perguntar.

Encarar os olhos negros e fundos do Hyungwon foi uma tarefa difícil para o Kim, por isso este desviou os olhos que estavam marejados para um ponto cego qualquer do estabelecimento quando o mais alto terminou de falar. Ambos ficaram em um silêncio desconfortável, apenas presos em seus mundos e devaneios tentando similar tudo o que aconteceu em um dia.

— O Bambam! Você falava com o Bambam? — Taehyung perguntou depois de um curto tempo em silêncio, fazendo Wonnie o encarar confuso, mas concordando em um manear de cabeça.

— As vezes sim, sua família continua legal, menos Lalisa, óbvio. E-eu, é difícil sabe? Não consigo lidar com isso. Eu não falava mais com ele como eu falava quando mais jovem, porém eu sei que agora eu não vou mais olhar para a direção do bebedouro do colégio e saber que ele não vai mais esta lá acenando em minha direção.

A voz de HyungWon estava falha e pela primeira vez Taehyung ergueu o olhar sem sentir medo de ser julgado pelos olhos do maior. Chae estava com os olhos lacremejandos e faltava pouco para acontecer a mesma coisa com Taehyung. Era estranho pensar que alguém com quem você conviveu e se dava bem agora não estava mais ali, no mesmo plano.

Chae mordeu os próprios lábios com força, olhando para as próprias mãos que seguravam o copo de papel sobre a mesa, apenas para Taehyung não perceber que o mesmo derramava lágrimas sobre suas bochechas como se fossem chuveiros britânicos. Ao erguer o olhar de volta para o Kim, Wonie não pôde deixar de observar que alguém havia acabado de entrar na coffe bar usando uma roupa vermelha da cabeça aos pés. HyungWon sentiu um arrepio inteiro subir ao seu corpo, pois qualquer coisa relacionado ao qualquer coisa relacionada a demônio o fazia se lembrar da noite do afogamento de Jung, já que eles conseguiram observar alguém na floresta usando exatamente a mesma roupa que aquele alguém usava.

A tenção no corpo de HyungWon se esvaziou assim que o tal demônio vermelho retirou a máscara, revelando uma jovem moça bem bonita de madeixas negras que estavam amarrados em um coque debaixo daquela máscara horrível.

Wonie ia abrir a boca para comentar algo sobre o acontecimento da aquela noite para o Taehyung, porém na hora que ia soltar o primeiro som, o seu celular que estava na mesa começou a vibrar, o fazendo grudar o olhar na tela do celular, franzindo o cenho ao ver que era de desconhecido.

"Venha ao club de campo que você vai aos finais de semana com os seus pais nessa noite. Sozinho. Xx -H"

— Eu voltei por causa do velório do Hoseok — Taehyung confessou, se encolhendo na cadeira quando Chae o encarou sem expressão.

— E agora vai ficar pelo do velório do Kupi.


Notas Finais


Capítulo lixo e não revisado.
Me surpreende se tiver alguém que acompanha ou acompanhará isso, mas se tiver, comente para eu saber da existência de vocês (e para ter certeza que não posto para o fantasminha camarada).
Acho que vai demorar um pouco para acontecer mais mortes; quero que vocês se apeguem primeiro aos personagens, para quando eles morrerem, vocês sofrerem.

Já dei dicas de quem pode ser o/a assassino/a na fanfic (nesses três capítulos já postados) então não se esqueçam de teorizarem!

Taeyoonkook: https://spiritfanfics.com/historia/bunny-kitty-and-min-yoongi-9873895
Yoonkook: https://spiritfanfics.com/historia/bad-week-10289959
Taegi: https://spiritfanfics.com/historia/true-colors-9106193

Obrigada pela atenção e até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...