História Se Envolvendo com Rivais ; Ayano x Rivais - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Yandere Simulator
Personagens Amai Odayaka, Asu Rito, Ayano Aishi, Hanako Yamada, Kizana Sunobu, Megami Saikou, Oka Ruto, Osana Najimi, Osoro Shidesu
Tags Ayano Aishi, Lésbico, Rivais, Yandere Simulator, Yuri
Visualizações 35
Palavras 1.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo três <3

Capítulo 3 - Azeda ; Kizana Sunobu


Fanfic / Fanfiction Se Envolvendo com Rivais ; Ayano x Rivais - Capítulo 3 - Azeda ; Kizana Sunobu

Assim que cheguei na escola, ouvi baterem palma. Mas não para mim, e sim para a garota de cachos roxos, a líder do clube de drama.

Kizana Sunobu 

Esse era o nome da garota mais esnobe, azeda e sem piedade da escola. Bom, eu sou a mais sem piedade, mas ok.

Kizana passou por mim, me olhou da cabeça aos pés e riu.

Kizana: Ayano Aishi, é? *Ri* que dó de você. Mentira!

Ela virou e saiu desfilando para dentro da escola. Uma raiva enorme me consumiu, e eu quis matar ela. 

Meu celular toca e eu corri para longe, e atendi.

Info-Chan: Olá, Aishi. Já conheceu a sua próxima rival?

Ayano: que garota idiota! Ela me humilhou na frente de todos! Aff... Você tem algum plano para ela?

Info-Chan: mata ela. 

Ayano: eu sei, mas eu quero me divertir.

Info-Chan: tá. Entra pro clube dela, ué.

Ayano: ok ok. Tchau


Desliguei e entrei na escola. Troquei os sapatos e fui em direção ao clube de Drama, chegando lá eu abri a porta.

Taro estava lá com ela. Kokona e Riku também. Mais uma garota estava ali. Entrei e fechei a porta, atraindo a atenção de Kizana.

Kizana: Olha o que o vento trouxe!

Ayano: quero entrar pro clube, Sunobu-San. 

Kizana: hum. Peça direito, Aishi!

Suspirei, e coloquei as mãos na cintura

Ayano: princesinha, posso entrar para o clube?

Sunobu riu.

Kizana: está dentro! 

Todos olharam para ela, impressionados. Acho que uma garota estranha não se encaixaria num clube de Drama, né?

Kokona: Ayano-Chan! Estou tão feliz que...

Kizana: cale a boca, idiota! Agora vamos começar! A peça é...Romea e Julieta.

Que?!

Kizana: sei que parece estranho, mas... A escola não quer parecer preconceituosa, então me pediram para fazer a peça! Bom, estejam aqui no horário do clube para que eu informe os papéis! Bem, adeus!

Saio do clube e vejo Taro. Ele olha para mim e eu desvio o olhar. Corro para a minha sala e sento no meu lugar. 

O sinal tocou, iniciando mais um dia de aula. 


[ ... ]


Assim que saí da sala, desci as escadas junto do meu Bento. Sentei em um dos bancos, e vi meu Senpai vindo até mim. Quase engasguei.

Taro: Aya-Chan! Você... Tá bem?

Ayano: e-estou! *Cora*

Taro: hum. Então, você acha que eu vou ser o que na peça?

Ayano: a-ah...N-não sei!

Taro: okay, okay. Tenho que ir. Tchau, Aya-Chan!

Acenei e o vi entrar na escola. Eu estou perto da fonte. 


[ ... ]


Entrei na sala do clube, e Kizana estava no palco, enquanto falava com Taro. Ela percebe a minha presença e virá para mim. 

Kizana: Finalmente! 

Fico ao lado dos outros.

Kizana: bom, obviamente, eu vou ser a Julieta! E quem vai ser a Romea...

Eu aposto que eu vou ser a árvore.

Kizana: Ayano Aishi!

O QUE?! EU VOU TER QUE BEIJAR ELA?!!

Ayano: QUE?

Kizana me ignorou e falou o resto dos participantes. Era todos figurantes. Ninguém importante.

Quando ela terminou, nós começamos a treinar as falar. E a última, era a que eu e Kizana... nos beijamos. Nós não nos beijamos agora mas ela confirmou que teria a cena do beijo. 

D

Faltando meia hora para as seis, ela nos liberou. Fui a última a sair, por surpresa. Mas, ela me parou.

Kizana: quero conversar com você, Aishi. Me encontre no restaurante Sunobu. Te vejo lá às 19:30

Então, ela me soltou e eu saí da escola. Kizana me convidou para um encontro? Não! Isso não!

Vou embora com esses pensamentos me perturbando. Cheguei em casa e tomei um banho demorado. Sem pressa, apenas senti a água cair sobre mim. 

Coloquei um vestido preto, deixei meu cabelo solto e peguei uma sapatilha preta. Suspirei e saí de casa.

Após longos minutos depois, acho o restaurante e entro. De longe, vejo Kizana. Como não ver uma garota de cachos roxos? 

Me aproximo e sento na frente dela. Kizana olha para mim e cora, mas sorri simpática.

Kizana: que bom que veio, Ayano-Chan. Bom...eu queria conversar sobre... Um assunto delicado. Eu não tenho amigos, e acho que você é confiável.

Parece ser sério.

Ayano: Pode falar.

Kizana: bom... Eu sempre me questionei sobre a minha sexualidade. Eu sempre me vi casando com um homem rico e bom de vida. Mas... Ontem eu vi que não era isso que eu queria. Tipo, homens são sem graça. Ok, eu já fui para a cama com alguns mas... Todos me abandonaram no dia seguinte. Mas... Não é só isso. Eu estou sentindo algo a mais por uma amiga, mas ela me odeia.

Me dei conta de quem ela estava falando, e corei.

Kizana: quero dizer que...

Um garçom chega, a interrompendo. 

Garçom: Olá senhoras, o que querem?

...

Garçom: aqui está! 

Agradecemos e começamos a comer. Assim que terminamos, Kizana foi pegar a conta. E quando voltou...

Kizana: vamos para a minha casa.

Aceitei e eu a segui até a sua casa. Quando chegamos, subiis pro quarto de Kizana. Sentamos na cama, e ela suspirou. 

Kizana: você se lembra... De quando nós éramos crianças?


Era um dia ensolarado. Eu tinha apenas 7. Eu estava num parque enquanto a minha mãe ia comprar sorvete. 

Uma garota da minha idade se aproximou. Ela tinha cabelos roxos, com Marias ciquinhas. 

Kizana: Ei, introvertida. Tudo bem?

A ignorei.

Kizana: eu me chamo Kizana Sunobu, e você?

Não respondi.

Kizana: tudo bem. Não me responda mesmo, idiota!

Ela se afastou, claramente frustada. Minha mãe voltou e sentou do meu lado.

Ryoba; Ayano! Você ignorou ela?

Ayano: sim.

Ryoba: você tem que tentar fazer amigos, filha.

Ela me entregou um sorvete.

Ayano: eu não quero. Eu não preciso. 


Ayano: lembro... Foi mau te ignorar, sério!

Kizana: tudo bem! Mas... Nós podemos ensaiar a parte final da peça?

Kizana não esperou resposta, e me beijou. Um beijo quente, e ao mesmo tempo azedo. Mas, um azedo bom. 

Me deixei levar, e a deitei na cama. Kizana passava a mão pela a minha bunda, e eu pelos peitos dela. 

Kizana: Ah...Ayano! Eu te amo!

Ayano: Kizana...eu também te amo!

Demos mais um beijo, e eu dormi ao lado dela.


[Sexta-Feira]


Hoje é o dia da peça. Está tudo certo. Já estamos no palco, encenando. Já na parte final, Kizana e eu demos um beijo demorado. 

O público bateu palmas, e outro reclamaram. Não me importei. Apenas fizemos reverência e fomos para trás da cortina. 

Kizana: Ayano, você foi ótima..

Kizana me abraça e passei a mão pelas minhas costas, descendo. 

Taro: Meninas?

Nos separamos.

Taro: Vocês encenão muito bem! Até parece que gostaram do beijo! E ele pareceu tão verdadeiro! Parabéns.

Agrademos e ele saiu. 

Ayano: e então, Kizana. Quer namorar comigo?

Kizana: quero, Aishi.

Kizana me deu um selinho, logo me dando um abraço.





Apesar de Kizana ser azeda...

coisas azedas são as minhas preferidas



Notas Finais


acabei em 1 hora nossa.
meu recorde


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...