1. Spirit Fanfics >
  2. Se eu fosse você... >
  3. Capitulo 01 - Como tudo começou? Com Kim Taehyung atrasado.

História Se eu fosse você... - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá bbs!!
Uma fic nova, aaah estou a tanto tempo com essa história na gaveta, espero mesmo que gostem,
Lembrando que os meninos citados são apenas personagem, não tenho intuito de ofender nenhum deles, isto é apenas entretenimento!
Boa leitura espero que gostem!!

Capítulo 1 - Capitulo 01 - Como tudo começou? Com Kim Taehyung atrasado.


Fanfic / Fanfiction Se eu fosse você... - Capítulo 1 - Capitulo 01 - Como tudo começou? Com Kim Taehyung atrasado.

Naquela manhã Kim Taehyung havia acordado atrasado, para seu desespero cada vez mais crescente, seu melhor amigo, secreta paixão e colega de quarto, não estava mais na cama. Levantou-se tão veloz quanto seu sono acumulado da noite em claro lhe permitiu, correu até o banheiro tomando o mais curto de seu banho matutinos, vestiu o uniforme escolar o mais rápido que conseguia, deslizou os dedos pelos fios loiros de seu cabelo tentando alinha-los, que persistia em continuar um caos, abriu a boca checando se os dentes estavam limpos após escova-los e enfim saiu do quarto.

Os corredores do dormitório estavam completamente vazio, isso fez Kim ficar ainda mais ansioso, sabia que seu inquestionável atraso o levaria a uma advertência, e a maldita advertência o faria passar horas ao telefone com seu pai, que não pararia um segundo de reclamar. Ainda com o pensamento martelando em sua cabeça, o garoto de apenas dezoito anos, pode ouvir o familiar bipe do elevador no final do corredor. Acelerou o passo, iniciando uma curta corrida indo em direção ao elevador evitando fechar suas portas, para sua surpresa la dentro se deparou com uma segunda pessoa, para seu azar era o amor não correspondido de Jimin. Taehyung arfou, ainda sentindo a adrenalina da corrida fazer o ar se tornar escasso, se curvou cansado apoiando as mãos em ambas coxas, ouvindo o incessante ruido dos botões sendo pressionados. Ao se erguer finalmente pode ver a cara despreocupada de Jeon Jungkook, com o principio de um sorriso dissimulado surgindo em sua face, ao encarar a porta se fechando as suas costa.

- Espera!

A voz aguda de Jimin fez Taehyung despertar de seu pensamento, quando se virou para a porta, pode ver pela fina fresta a figura do seu pequeno colega de quarto correndo em direção ao elevador, mas as porta haviam acabado de se fechado.

- JIMIN? - berrou contra gosto do outro ao seu lado.

- Tetê...

Taehyung suspirou ouvindo a voz manhosa e chorosa de Jimin soar abafada, logo o elevador começou a se mover.

- Você o viu vindo, não viu? - disse bravo encarando Jungkook que deu de ombro.

- Talvez...

- Ele vai chegar atrasado! - Taehyung insistiu.  

- Isso não é dá minha conta! - Jeon cruzou os braços - Ele que acordasse mais cedo.

- Arrrg! Você é... um...

- Ele pode muito bem pegar o outro elevador. - Jungkook retomou de repente. - Eu só não queria que ele ficasse perto de mim.

- Você é um idiota!

Tae olhou o garoto pelo reflexo do espelho, o moreno parecia esta com a mente longe enquanto mantinha uma expressão de repulsa no rosto. Jeon Jungkook era quase dois anos mais novo que Jimin e Taehyung, mas era mais alto e mais forte que ambos, levando em consideração que entrará para o time de futebol do colégio durante o mesmo ano que entrou e ainda esta sendo cotado para capitão, não se esperava nada menos do que o porte atlético. Kim suspirou irritado, Jungkook era tudo que ele não era, e para piorar ainda possuía toda a atenção de Jimin, mesmo que a negasse com toda força.

- Não pode só recusa-lo?

Houve um momento de silêncio, Jungkook parecia buscar por aquela memória.

- Seu amigo estranho fica forçando intimidade comigo! - disse, ignorando a pergunta.

- Ele só quer cuidar de você... Ele gosta de você. - Taehyung sussurrou, desejando estar errado.

- Seria grato se ele não chegasse perto de mim!

- Você nunca nem o deu a chance de ser seu amigo.

- Sorte a sua? - Jeon dissimulou - Afinal, por que isso te incomoda tanto? Esta com medo de perder o posto de bichinho dele?

- Você não sabe como Jimin é de verdade! - Taehyung esbravejou mantendo os punhos cerrados - Como ele é gentil e atencioso, e em como esta sempre preocupado com-

- Você gosta dele!

- QUE?

Jeon riu vendo o loiro ficar sem palavras, se divertindo com a expressão em seu rosto.

- Tanto faz... - Taehyung retomou com a voz trêmula - Não é de mim que ele gosta.

- Seria mais fácil lidar com alguém que não gosta de mim... Do que com tudo que eu já lido. - Jungkook disse em tom frio.

- Eu não sei o que Jimin vem em um cara babaca como você!

- Babaca, eu? - Jungkook o olhou confuso - Quem esta agindo como um ''babaca'', definitivamente não sou eu, é você!

Taehyung por um instante o encara, tão perdido em pensamentos e sem palavras, que somente franziu o senho em sinal de desgosto ao buscar por algum tipo de contestação. Estava tão desesperado em querer negar, mas nada que dissesse mudaria o fato que tanto queria que fosse mentira. Após alguns segundos de silêncio Jungkook sorriu soltando um longo suspiro, deixando seu olhar vagar e ir de encontro com os mais velho com arrogância.

- É se eu fosse você, talvez o Jimin saísse finalmente do meu pé... - riu - Porque aparentemente é só atrás de mim que ele fica, né? Como um cachorrinho adestrado-

- O que disse? - o loiro rosno entre os dentes, sentindo a raiva começando a consumi-lo. 

- Não me ouviu? - Jungkook rebateu dando de ombro.

Taehyung nem mesmo hesitou em levar a mão a gola do uniforme de Jungkook, jogando o contra a parede metálica do elevador. Jeon sentiu o punho de Kim pressionando sua garganta com uma força que nunca esperava que alguém como ele teria, tornando sua respiração irregular. Sua reação tardia se tornou inútil.

- Se eu fosse você eu não iria menosprezar alguém que gosta tanto de mim!

Taehyung balbuciou sentindo seu sangue ferver na veia de tanta raiva.

No mesmo segundo um estalo soa do elevador, o fazendo parar de supetão, levando os dois adolescentes ao chão com tudo. Um segundo estalo é ouvido por ambos, que se encararam com expressões confusas, segundos depois um ruido agudo vindo de um lugar que não conseguiam identificar veio acompanhado de um apagão, o breu os abraçou, os deixando confinados aquele espaço reduzido. E então a luz voltou de uma vez só, cegando-os enquanto a energia restaurada começava a mover a caixa metálica, e então finalmente quando as portas se abriram, notaram - atrasados.

Encararam a própria imagem, Jungkook passava a ver a si mesmo diante de seus olhos, assim como Taehyung, não se moveram, apenas se olhavam com curiosidade e espanto, talvez compartilhassem o mesmo pensamento de que aquilo era a extensão de um sonho estranho.

Nem mesmo o apito do elevador sinalizando que chegaram ao destino os fez quebrar o contato visual, somente a chegada de Park Jimin, os fez quebrar o contato visual.

- Taehyung... ? - o pequeno chamou encarando os dois parados dentro do elevador.

Visou Jungkook lhe encarando, sorriu sem graça esperando que o amigo lhe respondesse, mas apenas o moreno ao lado dele se moveu vindo em sua direção, Jimin hesitou se afastando.

- Jiminie...?

- Jungkookie...?  - indagou confuso diante da reação do mesmo vindo em sua direção com um sorriso no rosto.

- Jungkook...? - o moreno disse, Taehyung disse.

Taehyung rapidamente leva a mão ao rosto, sentindo se atordoado e confuso, quando volta o olhar para trás vê seu corpo parado diante do elevador. 

- Não pode ser real... - Jungkook disse dentro do corpo de Taehyung - O que diabos você-

- Jiminie... Jimin, Park Jimin... - Taehyung se enrolou ao tentar se lembrar de como o moreno tratava o melhor amigo. - Taehyung terá de vir comigo! - disse firme, ganhando um olhar triste do menor, como melhor amigo do mesmo conseguiu identificar mesmo diante do sorriso que abrira.

- Tudo bem... Jungkookie.

Taehyung dentro do corpo de Jungkook, passou a puxar por seu próprio corpo, andando desgovernado pelo corredor central que ligava o hall aos dormitórios, buscava as cegas a saída mais próxima, para qualquer lugar, o refeitório, os blocos dos clubes, os prédios das salas, qualquer lugar sem ninguém. Enquanto se movia a única constante daquela segunda era seu atraso, cada minuto mais evidente. Seu desespero em achar uma explicação para aquilo passou a consumir sua mente o fazendo se mover de modo automático, até ser bruscamente parado por Jungkook, que parecia ter perdido o sentido fala.

Taehyung se voltou ao mesmo o encarando confuso, notando então que havia chegado no jardim próximo ao prédio das aulas.

Ambos hesitaram em se encarar.

- O que esta acontecendo? - Jeon perguntou enquanto persistia em encarar suas mãos, vendo a pele pálida das mesmas de dedos finos e cumpridos tão diferente da sua.

- E-Eu não faço ideia... - Kim murmurou esfregando os olhos, voltando sua atenção ao seu próprio corpo, o olhando como se estivesse diante de seu reflexo no espelho do banheiro.

- Que merda! Eu estou no seu corpo? Que tipo de sonho é esse?

- Isso não deve ser um sonho... Se fosse, seria um pesadelo.

- Cala a boca! - Jungkook falou irritado. - Temos que dar um jeito nisso...

O sinal de aviso para o fim do café da manhã e início das aulas tocou os alertando, logo devotaram atenção as pessoas que começavam a circular por ali indo para o prédio das salas de aula.

- A aula vai começar... - Taehyung suspirou.

- Acha que podemos ir para a sala assim? - Jeon questionou cruzando os braços.

- Não posso perder mais nenhuma aula! Nem chegar atrasado... ou vou levar suspensão... Merda! - balbuciou Kim puxando pelo braço do outro de forma bruta.

- O que você esta fazendo? - perguntou confuso ao se ver sendo arrastado.

- Eu... Você, meu corpo precisa esta presente naquela droga de sala de aula! - disse firme.

- Não!

- Não fale com ninguém! Só entre na sala 3C, se sente na penúltima cadeira do fundo, atras do Jimin e não abra a boca... - Taehyung instruiu severo parando diante da escadaria de seu prédio. 

- E você? - Jeon questionou parando diante das escadas. 

- Eu?

- Minha sala é 1D, no segundo bloco. - Jungkook explicou.

- Eu sei onde é a droga da sua sala! - resmungou.

Taehyung hesitou em se afastar encarando seu próprio rosto enquanto ainda estranhava a cena que via, ergueu a sobrancelha tentando assimilar.

- M-meu... - Taehyung voltou a falar, reparando finalmente em como sua palavras soavam distintas na voz de Jungkook - Seu primeiro tempo livre será às 15:00, me encontre nesse horário na biblioteca, é capaz de fazer isso?

Viu o outro apenas concordar com a cabeça, se assemelhando a uma criança desorientada. 

- Então se apresse, e não chegue perto de Jimin e não deixe que ele descubra! - berrou já começando a se afastar.

- Não é como se eu fizesse questão! - disse finalmente saindo de seu transe. 

Jungkook ditou severo como se precisasse reafirma para si mesmo tais palavras, mas Taehyung não o ouviu pois simplesmente se pós a correr, em sua mente sabia direitinho as coordenadas, afinal diversas vezes Jimin o obrigara a seguir por aquele caminho somente para dar uma espiada em Jeon. Não demorou muito para Kim, agora como Jungkook avistar o prédio do primeiro ano, para sua surpresa fora interceptado por um cara mais velho, que não lembrou seu nome, mas sabia que eram da mesma sala.

- Hey Jeon onde vai com tanta pressa? - o homem perguntou, longe do tom amigável. - Não queremos que nossa estrela de ouro quebre a perna. - desdenhou rindo junto a um colega que caminhava ao seu lado. 

- Quem é você? - Taehyung perguntou, encarando o cara de igual pra igual, sem pensar que aquele não era ele.

- Ei... vocês dois! - um garoto de cabelos preto pouco mais alto que o corpo de Jungkook, disse - Que clima é esse, Jinho? Jungkookie? - insistiu, tocando o ombro dos dois abrindo um sorriso amigável e paziguador.

Taehyung o encarou, hesitava pensando já ter ouvindo a voz daquela pessoa, mas falhava em se lembrar da onde o conhecia

- Tch... Jung Hoseosk... - Jinho murmurou passando a se afastar de Jungkook - Acho que já deu minha hora... Nós vemos no treino hoje Good maknea!

- Já esta querendo ser expulso do time, Kookie? - Jung perguntou levando a mão ao rosto, negando com a cabeça. - Ele não gosta de você, porque você é bom, e provavelmente vai superar ele... e

Hoseok para encarando o rosto de Jungkook, vendo o moreno lhe encarar com uma expressão confusa.

- E? - Taehyung murmurou esperando ele completar.

- E se tornar o capitão...

- E me tornar o capitão! - Afirmou.

- Mais jovem e em menos tempo dentro do time...?

- Nossa... ele realmente é ambicioso... - comentou Taehyung distraído. - Eu sou...

- Você esta estranho...

- Não é da sua conta. - retomou ao tom serio. - Eu tenho que ir pra aula agora.

- É assim que você fala com seu hyung? - Jung balbuciou fechando a cara.

- N-não... H-hyung... - disse Taehyung abaixando a cabeça. - Me desculpe... - falou passando fugir do mais velho.

- Nos vemos no treino, JungKook. 

*

Assim como Taehyung havia pedido, Jungkook seguiu suas palavras. Ficou por mais de cinco minutos perdido buscando pela sala certa, quando a encontrou suspirou aliviado vendo a porta ainda aberta, mas para seu desconcerto já estava atrasado. Parou diante da porta observando como a professora parecia lhe esperar.

- Esta mais uma vez atrasado... - a mesma ditou levantando os olhos da folha de aviso em sua mão.

- Sinto muito, não vai se repetir. - disse Jungkook o mais formal possível, observou como a professora deu um sorriso de canto, com ar de ironia.

- É a terceira vez no mês... - Jungkook suspirou aliviado - que você diz isso, nas outras você só entrava.

Taehyung?

- Realmente sinto muito. - Jungkook se repetiu mais uma vez abaixando a cabeça, se curvando em respeito, o que parece surpreender a todos, inclusive Jimin.

- Da noite para o dia adquiriu modos, senhor Kim? - disse a professora ainda em seu tom excêntrico. - Vá para seu lugar.

- Obrigado.

Jeon assentiu as palavras da professora, e ao passo que se aproximava visou Jimin lhe encarando com uma sobrancelha erguida, parecia se segurar para não correr até o mesmo.

- Tae, o que foi aquilo? - Jimin perguntou observando o amigo pegar o lugar atrás do seu. - Por que Jungkookie saiu arrastando você? Desde quando são amiguinho?

- Não somos. - Jeon o respondeu frio.

Jimin hesitou se deveria dizer algo depois de ser cortado tão friamente.

- Não pense que vai se livrar tão facilmente das minhas perguntas! - falou dando uma batida fraca na mesa de Taehyunh, fazendo Jeon levantar o olhar até o loiro, o vendo lhe lançar um olhar desafiador que nunca havia visto, negou com a cabeça hesitando em responde-lo, e foi salvo pela professora iniciando a aula.

(...)

As horas corriam para ambos os garotos trocados, que se viam hesitantes e fugindo de qualquer um que se aproximasse. 

Não podiam sair de seus blocos até o horário em que as aulas chegassem ao fim, para o azar de Jungkook, as de Taehyung seguia até às 15:00, com aulas variadas de literatura, artes, filosofia e línguas estrangeiras, que Jeon concluiu todas sem preocupações. Exceto pelas de línguas, chegando a se perder durante uma simples leitura em inglês, sendo prontamente salvo por Jimin, que para o desespero do mais novo ficou em cima de si o tempo todo. E assim que aquela ultima aula acabou o mesmo saíra correndo da sala, despistando o loiro, entrando em um banheiro, por sorte ou não Park simplesmente desistira de ir em sua busca.

Minutos mais tarde Jeon ainda em alerta saiu do bloco do terceiro ano, seus passos seguiam rápido até a biblioteca enorme que ficava do outro lado do campus, avistou rapidamente o prédio de paredes em tons de bromo desgastado, empurrou facilmente as portas pesadas de madeira, visando a secretária distraída com algum livro a mão, adentrou o lugar silencioso se vendo de costa perto de um prateleira de livros, se aproximou rapidamente.

- Taehyung... - Jungkook o chamou hesitante ao se aproximando do outro que se virou imediatamente.

- Esta atrasado! - Taehyung reclamou baixo. - Eu disse três horas, não disse?

- Eu estou aqui, não estou? - Jeon resmungou. - Só não te dou um soco, porque estaria ferindo meu próprio rosto. - O mais velho retrucou.

Jungkook deixou seu olhar ir de encontro para onde o mais velho estava olhando fixadamente, revirou os olhos ao perceber que seu foco era Jimin, sua surpresa fora ver que seu colega de quarto e companheiro de time estava junto a mesa, diante ao garoto, como se estivessem estudando junto.

- O que o Hobi-hyung esta fazendo ali? - Jungkook perguntou, fora mais um pensamento alto, que uma pergunta.

- Esta falando daquele cara? - Taehyung retomou dando de ombro - Jimin o dá aulas de reforço, ele não é o ser mais inteligente daqui. - riu fraco se dando conta de que fora o mesmo garoto que falara com ele mais cedo. - Jung! Sabia que sabia quem era ele.

- Do que você esta falando? - Jeon perguntou ainda mantendo os olhos sobre o amigo e Jimin.

- Ele veio falar comigo quando estava indo para a sala...

- Não é isso! - o moreno negou com a cabeça - Como assim aula de reforço com Jimin? - balbuciou sem acreditar - Até onde eu sei ele esta no ultimo ano!

- Jimin é muito inteligente e gentil. - Taehyung murmurou voltando a visar o menor enquanto deixava um sorriso bobo surgi em seu rosto ao ver Jimin tão concentrado. - Algumas pessoas criticariam Jung por pedir ajuda, e até mesmo o acuaria, ainda mais ele sendo do time e do ultimo ano, mas Jimin não é assim...

Taehyung mais um vez sorriu, Jungkook o visou estranhando aquela expressão em seu próprio rosto, moveu insanamente o rosto. 

- Você realmente gosta dele, okay, já entendi! - resmungou - Mas por favor não faça mais essa expressão, não no meu rosto!

- Eu realmente não sei o que ele vê em você. - Taehyung desdenhou movendo o rosto visando o seu próprio - Tudo que eu vejo são orbitas vazias de sentimento, sem expressão... - disse serio.

Jungkook se calou imediatamente, passando a encarar os sapatos bem lustrados em seus pés, sentia um nó incomodo na garganta, mas não nenhum som saiu de sua boca ao abri-la, o silencio tomou conta dos dois. 

- O que acha que esta acontecendo com a gente? - Taehyung disse repentinamente. 

- Algum tipo de castigo? - Jungkook deu de ombro. 

- Foi em algum momento no elevador, enquanto discutíamos. - Taehyung resmungou colocando o livro que fingia ler na prateleira - Não entendo porque conosco. - suspirou - A unica coisa que nos liga... 

- Park Jimin? - Jeon deduziu levando a mão ao rosto pensativo

 - Talvez seja o destino? - Taehyung disse sorridente, insistindo em manter o bom humor - Me mostrando que agora eu posso ter o que eu quero...

- Você só pensa no Jimin? 

Taehyung revirou os olhos, deixando transparecer sua frustração. 

- Mas talvez você tenha razão... - o moreno retomou 

- Que? - Tae balbuciou começando a pondera a própria ideia - Jimin gosta de você... E eu sou você. - o mais velho deu um sorriso.

- Você pode através da minha aparência conquista Jimin e depois dizer que aquele era você, sabe Kim Taehyung, o tempo todo! E poff voltamos.

- Isso! - Kim comemorou ficando instantaneamente animado. 

Ambos desejaram que aquela fosse a resolução do problema.

- Agora eu vou poder me declarar! - Taehyung balbuciou já sonhando com os sinos do casamento.

- Ótimo, eu realmente não acredito que alguém tenha me dado esse tipo de livramento... Ser o coadjuvante de um história estranha... de amor. - Jungkook murmurou fazendo uma careta.

- Eles estão se levantando, devo ir até la? - Taehyung perguntou voltando a olhar pela fresta de livro.

- Não! Hoseok esta com ele! - Jungkook interveio, levando o dedo a boca, passando a roer uma das unhas. 

- E o que tem isso? - Taehyung imediatamente questionou. 

- Hope-hyung não me contou que estava precisando de ajuda nos estudos... - o moreno suspirou decepcionado - Imagino que ele não quer que eu saiba sobre isso... E outra Jimin já esta estranhando que saímos correndo aquela hora, se você simplesmente chegar lá e se declarar... ele no minimo vai pensar que é uma piada. 

- O Jimin nunca pensaria isso. - Taehyung disse entristecido pela facilidade com a qual Jungkook teria para brincar com os sentimentos de seu amigo. 

- De qualquer forma eu sei o porquê deles estarem saindo agora... - Jeon olhou para o pulso em busca do costumeiro relógio e bufou diante de sua ausência. - Hoseok deve estar indo para o treino. - olhou para o próprio rosto. 

- Como assim treino? - disse o garoto no corpo do moreno. - Não espera que eu vá, certo? Eu sou péssimo. - resmungou. 

- Precisa ir da mesma forma que precisei ir a suas aulas idiotas! - Jungkook reclamou - Ausência é pior do que ir mal. 

- Ótimo! - Taehyung respondeu birrento se movendo até o canto da biblioteca onde havia passado as ultimas duas horas livres, pegou sua mochila pega em seu armário mais cedo - Precisamos nos manter comunicados. - disse ao pegar seu celular - Me mande mensagem nesse número quando tiver horário livre.

- Do que esta falando? Eu pensei que suas aulas haviam acabado.

Taehyung sorri.

- Estou participando de alguns clubes extracurriculares... - recebeu um olhar confuso do próprio rosto. - Línguas, teatro, dança, musica e modelagem. - listou 

- Por isso você tem tantas aulas mesmo após as aulas normais - Jungkook diz entediado.

- Tem sorte que os clubes de agora são opostos ao de Jimin, até as cinco você estará livre dele.

- É qual é o clube de hoje?

Taehyung sorriu ladino.

- Teatro e musica... - sorriu pegando o grosso roteiro em sua bolsa - Um musical pontuação valida para as duas aulas. - disse estendendo-o a si mesmo - Não estrague nada, eu peguei o papel principal!

- Digo o mesmo em relação ao futebol! - Jungkook desdenhou pegando o roteiro que mais parecia um dos livros de George R.R. Martin - Eu preciso ser o capitão do time!

- Ah claro... - o loiro revirou os olhos - Então vai querer de volta seu celular? Não podemos ficar incomunicáveis.

- Sabe que só podemos usar celular nas horas livres, certo?

- Sei, mas essa regra idiota nunca me impediu. - Kim resmungou arrogante tirando o celular de Jungkook das suas coisas - Use seus privilégios de estar nesse internato direito, seus pais pagam isso porque querem se livrar de você, então não precisa ser tão regrado! Talvez seja por isso que Jimin goste de você-

- Não é como se isso fosse um privilegio. - resmungou cortando a fala de Taehyung, tomando bruscamente o celular das mãos dele - Afinal... Por que você fugiu do Jimin? - Jungkook perguntou - Quando eu o via a sua frente pensei que diria ali mesmo para ele o que estava acontecendo, mas você apenas fugiu, inventando uma desculpa qualquer, e parece esta longe de querer contar. Você diz que o Jimin me ama, e que estar no meu corpo é a chance de tê-lo, mas essa omissão não se tornara uma coisa que pode magoa-lo? 

- Você não entende... - Taehyung tentou argumentar.

- Eu não me importo com Jimin... - Jungkook desdenhou - Ele é seu amigo, não meu. 

continua...







 


Notas Finais


Esse e o proximo capitulo serão de teste espero que gostem!!
Beijus
Me perdoem qualquer erro!!
Vhope = Jikook

Atualizações devem demorar ou não pq agora estou trabalhando, mas espero que não desistam!!


OBRIGADO POR LER ATE AQUI, SE GOSTOU, favorita man!! Nem vai doer!! E comenta ai o que devo melhorar ou por na historia!!
BEIJUUUUS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...