História Se me ama, faça tudo por mim, e me ame (Imagine Jimin) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Jimin, Jungkook, Roamance, Suspense
Visualizações 25
Palavras 320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 21 - Abraço: um aperto que alivia


Fanfic / Fanfiction Se me ama, faça tudo por mim, e me ame (Imagine Jimin) - Capítulo 21 - Abraço: um aperto que alivia

   Cheguei em casa e vi meus pais na sala vendo TV até que eu falo:

 

Você: Me falem tudo!

Pai: O que filha? (Ele desliga a TV)

Você: Me falem de tudo!

Mãe: De tudo o que?

Você: O passado de vocês, por que nunca me falaram do assassinato?

Mãe: Como sabe do assassinato?

Você: A patologista me contou. Agora falem.

Mãe: Filha, é complicado.

Você: Eu sei, mas sabe, é mais complicado guardar um segredo, e isso é como uma mentira.

Pai: Conte a ela, ela deve saber.

Mãe: Tá bom. Você deve saber então que fomos embora por causa do assassinato. Antes do assassinato acontecer eu estava grávida, e era do assassino, ele se chama Jong. Acontece que ele sabia de tudo. Eu abortei o bebe quando eu estava namorando com seu pai, e Jong soube. Ele ficou estressadíssimo. Passou meses e meses e até que seu pai e eu decidimos nos casar. Quando faltava alguns meses para o casamento aconteceu os assassinatos. Amigos nossos morreram e seu pai e a tehyang foram os que sobreviveram. Todos nós sofremos, e muito. Seu pai e eu resolvemos voltar para o Brasil, para tentar esquecer, e para tentar ter uma vida melhor para você. Resolvemos voltar para Coréia quando soubemos que Jong nunca mais foi visto, e achavam que ele estava morto. Não nos sentimos seguros para voltar para Seoul, então fomos para Busan. Quando estava acontecendo tudo de novo queríamos voltar para Busan, para que nós não lhe perdêssemos como perdemos nossos amigos.

 

   Ela começa a chorar, meu pai e eu também, abracei eles forte.

 

Você: Me desculpe! Eu não deveria ter sido tão fria (falo chorando)

Pai: Você não tem culpa, deveríamos ter lhe contato faz tempo, mas eram tantas lembranças horríveis.

Você: Eu não vou deixar ninguém destruir a gente, e vou abraçar vocês muito com o meu amor.

 

   Gente, avisando que devem ler as notas finais 

 


Notas Finais


Gente, não postei antes por causa que estava tendo um trabalho que valia muita nota para a escola, e ele tinha que ter paciência e muito esforço, então não consegui. Avisando que no próximo capítulo vai ter avisos importantes mesmo, então leiam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...