1. Spirit Fanfics >
  2. Se você ficar >
  3. Se fosse a verdade

História Se você ficar - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Se fosse a verdade


Geralt andava em silêncio ao lado do bardo,estava pensativo sobre os pedidos daquelas pessoas e pelo que Leonard havia comentado,então existia uma entidade em sonhos que realizava pedidos aquilo com certeza estava além de seus conhecimentos de bruxo e caçador,mas se realmente ele realizava pedidos não tinha motivo para ficar apenas naquela vila.Ele prosseguia passando pela trilha quase desfeita até o lago e Jaskier o seguia atrás tropeçando vez ou outra em uma pedra ou um galho,praticamente em todas as vezes que parava o bruxo se virava e bufava voltando a ficar em silêncio,o bardo conseguiu ficar ao seu lado e começou a comentar sobre o que havia acontecido, estava impressionado que os pedidos haviam sido realizados e não havia nenhum problema realmente grande diferente da última vez que não bardo teve  a oportunidade de fazer pedidos -ainda se lembrava bem- do que havia acontecido.


—Se você tivesse a oportunidade de fazer um pedido.—Jaskier o olhou ficando em sua frente.—O que pediria? Eu teria várias idéias,talvez, uma nova música sobre você ou uma aventura que fosse uma grande inspiração!


—Eu iria pedir para você ficar calado.—Geralt parou cruzando os braços. —O que você pediu?


O bardo se ofendeu com as palavras do bruxo,mas assim que aquelas íris prosseguiram o encarando ele suspirou se fazendo de derrotado e voltou a olhar para Geralt.


—Eu não tive a oportunidade de pedir algo...Quando ele apareceu,eu fechei os olhos e quando os abri você estava perto de mim.—Jaskier desviou o seu olhar olhando para as árvores.—E estava praticamente me beijando e você sabe como terminou.


Geralt passou pelo bardo que o seguiu. Jaskier andava mais devagar olhando,ele poderia dizer a verdade, mas no fundo achava desnecessário estavam seguindo bem e até agora o pedido não havia sido realizado totalmente, o bardo prometeu a si mesmo que se algo desse errado iria contar de uma vez.Eles seguiram até chegar ao rio. A água estava correndo devagar pelas rochas e seguindo por dentro da floresta,era difícil determinar onde terminaria,o bruxo se sentou em um tronco e o bardo começou a retirar suas roupas as colocando em uma árvore,ele podia sentir que Geralt estava o observando.O bruxo virou o rosto assim que Jaskier o olhou,era fato não iria conseguir olhar aquele idiota do mesmo jeito,se somente conseguia se lembrar dos gemidos do rosto corado,sua mente estava o amaldiçoando com lembranças e como odiava estar ali testemunhando ainda aquela cena Jaskier se cobrindo com os braços e olhando envergonhado,ele se virou olhando para a água. Ainda vendo o entrar na parte rasa do rio totalmente nu,já não tinha dúvidas o bardo era um castigo.


Jaskier estava se divertindo com aquela situação, ele se afastou um pouco ficando com a água na altura de sua cintura,se virava vez ou outra para ver o bruxo e sempre dava risada quando o bruxo era pego o olhando e tentava disfarçar. Aquele era um Geralt que nunca gostaria de esquecer e que estava gostando de presenciar,ele ficou de costas para o bruxo se afundando na água e molhando o corpo inteiro na água, assim que se ergueu pode ouvir o bruxo entrando na água a fazendo se movimentar, o bardo sorriu ao sentir o bruxo atrás dele,as mãos de Geralt sobre sua cintura e ele aproximando de seu ouvido.


—Estou cansado de ficar lhe salvando.—O bruxo diz em tom baixo se afastando um pouco e Jaskier se vira o olhando com um sorriso irônico no rosto,era isso o bruxo fazia de tudo para salvar e nem sempre precisava de ajuda, mas estava ciente que a descoberta era mais uma demonstração de afeto daquele Geralt.


—Eu não preciso ser salvo.—Jaskier comenta colocando a mão sobre as mechas esbranquiçadas do rosto de Geralt.—Você que precisa ser.


O bruxo fechou os olhos e Jaskier se aproximou ficando praticamente colado ao corpo de Geralt,as mãos do bruxo estavam ainda sobre sua cintura segurando mais forte.Jaskier gravava cada pedacinho daquela cena,a luz clara do céu e os cabelos molhados do bruxo, tudo atraente demais de um jeito que Jaskier estava aprendendo a gostar,um sorriso surgiu no rosto do bardo, e então os olhos do bruxo o encarou,ele estava sério.


—O que você pediu,Jaskier?—Geralt o soltou vendo o olhar surpreso do bardo.—Eu sei que você pediu.


—Eu não pedi nada.—Jaskier virou o rosto olhando a corrente de água afastada do rio.


—O que você pediu?Para eu gostar de você se apaixonar? —Geralt colocou as mãos sobre os ombros do bardo.


Geralt o soltou e o bardo se afastou colocando as mãos sobre os ombros,seu olhar era de culpa e o bruxo estava o observando,mas Jaskier ficou em silêncio.Aquilo foi suficiente para Geralt de afastar e ir para fora do rio o deixando sozinho. Como Jaskier se arrependeu de não dizer nada e apenas esconder,ele ficou mais um tempo na água e depois decidiu dizer logo de uma vez, se ele fazia tanta questão.Assim que começou a colocar as roupas notou que o bruxo não estava por perto e bem sentado no tronco,ele terminou e começou a procurar por perto e ainda não encontrando nenhum vestígio de Geralt. Ele estava a ponto de desistir de gritar seu nome e procurar quando Leonard apareceu.


—Onde você estava?cadê o bruxo?—O vampiro começou a olhar por trás do bardo.—Ele tinha que ter ajudado e...cadê ele?


O bardo o encarou sem ter uma resposta para aquela pergunta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...