1. Spirit Fanfics >
  2. Sea Sea >
  3. Prólogo.

História Sea Sea - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


IRRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Capítulo 1 - Prólogo.


 

Linha do tempo: Passado.

-Dahyun, pode cuidar da observação? Obrigado. -Pedi, não dando chance para que recusasse.

-Claro...Capitã. -Disse enquanto ia em direção para a observação

Comecei a guiar o navio, quando vi um outro navio se aproximando. E eu sabia exatamente de quem era. Taeyeon.

-Capitã, outro navio se aproxima! -Dahyun gritou lá de cima.

-Sim, eu vi.

Tentei desviar, mas sem sucesso, Taeyeon bateu na gente de qualquer jeito.

-Tzuyu, o navio está bem? -Perguntei a garota que estava ao meu lado.

Ela correu até a lateral onde o navio tinha sido atingido.

-Sem danos críticos! 

-Ótimo. -Disse, enquanto batia na lateral de seu navio.

Decidi deixá-la lá mesmo, estávamos bem perto de encontrar terra firme, e com o pequeno buraco que fiz no navio de Taeyeon, ela conseguiria chegar lá antes que o mesmo afundasse.

-Tente na próxima, Taeyeon. -Gritei, vendo a fúria em seus olhos crescer enquanto gargalhava.

Mais tarde

Eu estava bastante cansada depois de tudo isso, então pedi para que Dahyun dirigisse o navio por umas duas horas.
Mas, eu não sabia que nessas duas horas o inferno se instalaria ali.

-Capitã! É urgente! -Gritou Tzuyu enquanto batia na porta.

-Entre! -Gritei ainda deitada na cama.

-O que foi? -Perguntei um pouco assustada vendo sua agitação.

-É Dahyun. Ela ficou louca! -Disse assustada.

-O que aconteceu?! -Disse me levantando num pulo.

-Ela tomou controle do navio, dizendo ser a nova capitã, e quando foi confrontada pela Seo Hee....Ela...-Disse fazendo uma pausa, lágrimas caíam e eu soube exatamente o que ela fez.

-Tzuyu, não saia daqui, certo? -Disse, vendo a mesma aquiescer.

Tirei minha espada que estava debaixo da cama e segui até o observatório, já que sabia que ela estaria lá.

-______. -Disse de costas, como se já estivesse me esperando.

-Para você, é Capitã. -Disse, sacando minha espada.

-Eu acho que não. -Ela disse apontando sua navalha. 

-É tudo que você tem? -Disse gargalhando alto, e apontando minha espada para ela.

-É tudo que preciso. -Disse puxando uma pistola e atirando na minha barriga. -Me desculpe, capitã, mas acho que você não é mais a capitã. -Disse tirando o chapéu de mim e colocando em sua cabeça.

-E você, "capitã" -Disse fazendo aspas com os dedos. -Vai andar sob a prancha. E, vai levar Tzuyu junto. -Disse, sinalizando para que dois homens aparecessem e mostrassem Tzuyu amarrada e amordaçada.

-Eu vou te fazer pagar por isso! -Gritei.

-Eu acho que não. Meninos! Em frente, e levem ______ com vocês!

Os homens aquiesceram e me amarraram -Com muita dificuldade, pois lutei o tempo todo, até que Dahyun apontou a pistola para a cabeça de Tzuyu- em seguida me amordaçando.

-Tchau, tchau. Eu irei sentir saudade. 

(...)

(....)

(.....)

Eles nos jogaram em terra firme, e depois de seis horas um outro navio chegou.

-Quem são vocês? -Perguntei assim que tiraram minha mordaça.

-Calma aí garota! Primeiro, vamos te levar até a Irene, ela é a médica do navio. -Disso o garoto desconhecido, em seguida piscando para mim.

A partir desde momento fiquei em silêncio, não sabia se eles eram de confiança.

(......)

-Olá, eu sou a Irene! Você poderia ficar quieta? -Disse tentando me acalmar enquanto eu estava aos berros com ela tentando retirar a bala de minha barriga.

-É um pouco difícil ficar quieta enquanto tem alguém tirando uma bala da minha barriga.

-Essa não é a pior parte. -Disse mostrando a bala ensanguentada que havia sido retirada de minha barriga.

-E qual é? -Perguntei, levantando um pouco minha blusa para olhar o buraco que havia em minha barriga.

-Essa. -Disse, perfurando minha carne com a agulha.

Eu poderia dizer que até Dahyun deve ter ouvido meu grito.

-Eu vou encher a Dahyun de bala quando eu encontrar ela novamente! 

-Eu não queria estar na pele dela. -Disse cortando a linha e jogando álcool sob minha ferida.

-AAAAAH! -Gritei. -Da próxima vez, Irene, me avise.-Disse rangendo os dentes.

-Desculpe. -Disse rindo.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...