1. Spirit Fanfics >
  2. Seasons - Jackbum >
  3. Prólogo

História Seasons - Jackbum - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


bom dia, boa tarde, boa noite

to reescrevendo essa fanfic, e agora vai amem

Capítulo 1 - Prólogo


O frio do Inverno

Eu sou Im Jaebum, e eu nasci no Inverno.

Era possível ouvir o som dos pássaros cantando, de uma maneira calma e quase inaudível. As folhas das árvores se balançavam brevemente, sem nenhuma razão, já que naquela região o vento já era inexistente nesse horário. O sol não havia aparecido em momento sequer, e apenas as nuvens detalhavam aquele tremendo e escuro céu. Meus cabelos se balançavam e se desarrumavam a cada salto breve que eu era forçado a fazer, já que as montanhas de neve se desabariam em algum momento. Não conseguia sentir completamente meus dedos, que se ficassem expostos por mais alguns minutos, não se mexeriam nunca mais. Mas esse não era o meu maior problema, e sim a garota em meus braços. Jihyo. Minha irmã mais nova, inconsciente após ter caído em um lago congelado. Sua respiração era calma, e parecia que ela estava em um sono profundo; após dias acordada ou então dormindo mal. A cobri com meu casaco, enquanto juntava forças para continuar andando. A neve aparecia cada vez mais, cobrindo todas as flores que ali ficavam. Não conseguia ouvir outro barulho, que não fosse minhas botas se afundando na neve, ou então eu pisando em gravetos caídos ali perto. 

Não tinha mais forças para continuar, até que avistei uma caverna próxima de onde eu estava. Sem pensar duas vezes, andei até lá. Após entrar na mesma, agradeci por ser espaçosa e não haver ninguém. Deitei Jihyo numa parte mais "quente" e escura, e então peguei minha mochila que estava em minhas costas. Tirei da mesma minha lanterna e também um cobertor fino, este que usei para esquentar ainda mais o corpo da Jihyo. Liguei a lanterna e então olhei em volta. Só conseguia ouvir o barulho de pingos de chuva, esta que havia se iniciado a poucos segundos. 

Me sentei no chão, ao lado de Jihyo e encostei minha cabeça na parede do local. Meus olhos ardiam um pouco e estavam brevemente irritados. Talvez fosse devido ao fato de eu nunca conseguir dormir bem. Não após, isso tudo... O rB8. O que causou tudo isso. É  estranho eu lembrar perfeitamente sobre isso, porém não lembrar de quem eu era. Apenas sei meu nome porquê encontrei minha antiga casa, e foi lá que eu encontrei minha irmã, que estava a minha procura. Havia várias coisas lá, minhas roupas antigas, fotos, brinquedos... Tudo isso fez com que eu me lembrasse de meu nome pelo menos, igual minha irmã. Acho que isso é a única coisa que eu irei conseguir lembrar, e mesmo assim, a lembrança que contém meu nome é tão... Frustrante. 

Ouvi Jihyo resmungar algo e então direcionei meu olhar para a mesma. Jihyo abriu com calma seus olhos e então olhou pra mim, confusa. Tentou se sentar sozinha, porém neguei balançando minha cabeça e então fui até a mesma, a ajudando a se sentar. 

— Jae... Onde estamos? — Jihyo perguntou, num tom de voz mais baixo que o normal. — A-ah... Minha cabeça doí.

— É porque você bateu ela — eu disse simples, rindo baixinho enquanto a olhava. Jihyo sorriu fraco me olhando e então olhou em volta. — É uma caverna, foi o que consegui encontrar, me desculpe... 

— Ei, tudo bem. É culpa minha estarmos aqui, eu não deveria ter chegado tão perto do rio... — ela suspirou. — ... Me carregou, não foi? — ela perguntou, me olhando fixamente. Apenas assenti balançando a cabeça. — Foi o que imaginei. 

Ela disse baixinho, antes de se levantar calmamente e ir até a mochila; de onde tirou um pacote de biscoitos e uma garrafa d'água. Ela veio até mim e se sentou em minha frente, abrindo a garrafa d'água e a dando para mim.

— Obrigado. 

Ela disse sorrindo, abrindo o pacote de biscoitos e me dando um. A olhei e sorri fraco, tomando um gole de água e logo mordendo um pedaço do biscoito. Jihyo estava quieta, mais que o normal. O que é um pouco estranho, mas optei por não questionar, ela deve estar cansada. 

— Acho melhor nós dormirmos, logo vai esfriar ainda mais... — disse baixo terminando de comer meu biscoito e logo arrumando um cantinho para a Jihyo deitar. A mesma foi até o canto onde fiz uma "cama" improvisada, com o cobertor e a mochila como travesseiro. Jihyo me olhou e então se deitou ali, me olhando.

— Jaebum, é para nós dormirmos, okay? — ela disse baixinho se cobrindo. — Deite do meu lado, amanhã teremos tempo para pensar e tentar encontrar um lugar... E faremos isso melhor se estivermos descansados. 

Ela disse baixinho, num tom meigo e protetor. Sorri fraco assentindo e então me deitei ao seu lado.

— Está certa — disse baixo, me cobrindo também e a olhando.

— Eu sempre estou certa — ela disse rindo, enquanto me olhava. Acabei rindo e neguei balançando minha cabeça.

— Boa noite, Orange... — falo baixo a olhando.

— Boa noite, Blue — Jihyo falou baixinho, fechando seus olhos e não demorando muito para dormir. Tentei fazer o mesmo, porém, levei um tempo até finalmente pegar no sono...

 


Notas Finais


sim, rb8 eh inspirado em detroit become human, gostaram?

eu percebi que essa eh a minha fanfic esquecida no churrasco, entao resolvi repostar eh isto, espero que gostem

e comentem, eu nunca peço isso porem, comentem; isso motiva
ou nao comentem, façam isso por pura vontade
nao eh como se eu estivesse ameaçandokkkk...... mas comenta, obrigado

segundo capitulo vai sair agorinha tambem, obrigadao pela atençao


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...