História Second Chance - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Bill Forbes, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elizabeth "Liz" Forbes, Giuseppe Salvatore, Klaus Mikaelson, Lilian "Lily" Salvatore, Personagens Originais, Stefan Salvatore, Valerie Tulle
Tags Steroline
Visualizações 16
Palavras 1.564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiee!
Bom, esta é minha primeira história. Espero que vocês gostem.

Boa leitura!!

Capítulo 1 - The Accident


Pov’s Caroline 

Acordei com o som da minha filha chorando. Olhei o relógio em cima do meu criado mudo e marcavam exatamente 03:00 da manhã. Eu tinha ido dormir à duas horas atrás e estava totalmente cansada. Mas eu adorava a experiência de ser mãe.

Eu e meu marido, Stefan, havíamos acabado de receber nossa linda garotinha, Erica Salvatore. Ela tinha cinco meses e não podíamos estar mais felizes com sua presença. Ela trazia alegria para nossa casa.

Me levantei da cama e fui para o quarto de Erica. A mesma estava chorando intensamente e logo a peguei no colo para tentar acalma-la.

- Oi meu amor! - falei segurando Erica em meus braços - Porquê você está chorando? Você está com fome?

Me sentei na poltrona ao lado de seu berço e comecei a amamentar Erica. A pobrezinha devia estar morrendo de fome, e enquanto mamava, ela havia caído no sono. Assim que coloquei Erica no berço novamente, Stefan entrou no quarto e logo fiz um sinal para que ficasse em silêncio. Saímos do quarto e voltamos para o nosso e deitamos na cama.

- Porquê você não me acordou? - perguntou Stefan - Eu não quero que você acorde toda vez e fique cansada.

- Não havia muito que você poderia fazer Stefan, ela queria que eu a amamentasse. - falei deitando minha cabeça em seu ombro - Não sinta que você não está ajudando, porque você está.

- Eu te amo, Caroline Salvatore! - falou Stefan beijando o topo da minha cabeça - Agora, vamos voltar a dormir porque amanhã você tem que levar a Erica para sua mãe passar o dia com ela e eu tenho que estar no hospital logo cedo.

Fechei meu olhos e deixei que o sono tomasse conta de mim novamente. Algumas horas depois, senti Stefan me beijar e logo abri os olhos.

- Bom dia flor do dia! - falou Stefan de bom humor - Você está muito cansada para ir tomar café da manhã comigo?

- Claro que não! - falei me levantando da cama rapidamente - Você sabe que eu gosto de levantar cedo, se não eu sinto que perdi grande parte do meu dia.

Segui Stefan até a cozinha e logo avistei Erica sentada na sua cadeirinha com Elena, minha melhor amiga, dando o seu café da manhã.

- Elena! - falei abraçando minha amiga - O que você está fazendo aqui?

- Bom, eu vim ver a minha afilhada predileta e a minha melhor amiga. - falou Elena voltando sua atenção para Erica - Vocês tem a filha mais linda desse mundo. Espero que eu e o Damon possamos ter um filho logo.

- Vocês irão ter Elena! - falou Stefan - Meu irmão está louco pra ser pai.

Ficamos sentados na cozinha conversando por um tempo. Um tempo depois, Stefan se levantou e saiu para ir trabalhar no hospital. Elena foi embora logo em seguida, e assim que ela saiu, peguei Erica no colo e saí de casa.

Coloquei Erica sentada em sua cadeirinha no carro e logo fui para o banco do motorista. Liguei o veículo e dirigi em direção à casa da minha mãe. O trânsito estava horrível. Eu devia ter saído mais cedo de casa, agora, iria demorar para chegar na casa da minha mãe. Olhei para trás para ver se Erica estava dormindo, e a mesma estava. Quando olhei para minha frente de novo, vi um carro vindo em nossa direção e de repente tudo escureceu.

Pov’s Stefan 

Eu havia acabado de chegar no hospital. O trânsito estava horrível e tinha certeza de que por causa dele, Caroline iria demorar para chegar na casa de sua mãe. Entrei em meu consultório e fui ir fazer meus atendimentos.

Enquanto andava pelo corredor, avistei Selena tendo uma discussão com o meu irmão Damon. Os dois pareciam estar brigando feio, então decidi intervir.

- Elena, o que está acontecendo? - perguntei vendo que ela estava chorando - Vocês dois deviam estar trabalhando e não brigando. Temos muitos pacientes aqui no hospital precisando de nossa ajuda.

- Não é nada Stefan. - falou Elena limpando suas lágrimas - Eu e o Damon estávamos tendo uma discussão boba.

- Se é uma discussão boba, porquê você está chorando? - perguntei fazendo ela olhar pra mim

- Estamos discutindo porque a Elena sabe que a médica dela disse que ela não pode ter filhos! - falou Damon irritado - E mesmo assim ela quer arriscar!

- Não foi isso que a médica falou Damon! - gritou Elena - Ela disse que a chance de eu conseguir engravidar é pouca, não que era impossível!

- Por favor, vamos conversar com bastante calma. - pedi em um tom bastante calmo - Acho que aqui no hospital não seja o melhor lugar para vocês conversarem sobre isso. Porque vocês não vem jantar comigo e com a Caroline hoje à noite e podemos conversar calmamente?

- Acho uma ótima ideia! - falou Damon pegando seu pager e ele logo saiu correndo para a emergência 

Logo em seguida, eu e Elena sentimos os nossos pager tremer em nossos bolsos e corremos para a emergência, onde Damon já estava à espera.

- O que aconteceu? - perguntou Elena 

- Um acidente de carro envolvendo uma mulher e um bebê. - falou Damon 

Quando os paramédicos entraram com duas macas, fui logo atender os pacientes. Quando vi quem eram, o meu mundo ao meu redor havia parado de girar.

- Aí meu Deus! - falou Elena seriamente - Stefan, você precisa sair daqui. Você não pode ajudar.

- Eu... - comecei a falar, mas não consegui terminar minha fala

- Vamos conseguir a melhor ajuda pra Caroline e Erica, pode ficar tranquilo. - falou Damon levando Caroline para o centro de cirurgia e minha filha junto

Elena havia ficado na sala de emergência comigo. Eu não conseguia parar de chorar. As duas pessoas que eu mais amava nesse mundo estavam machucadas e eu não sabia se elas iriam ficar bem.

- Stefan, vamos tomar um café. -  falou Elena me guiando para o refeitório - Você precisa se acalmar, Caroline e Erica vão ficar bem.

- Você não sabe disso Elena. - falei me sentando em uma mesa - E se algo acontecer e eu não estiver lá pra ajudar?

- Não há nada que você possa fazer, a não ser esperar que os médicos cuidem delas. - falou Damon se juntando a nós no refeitório - O doutor Mikaelson vai cuidar da Caroline e da Erica. Ele é o melhor cirurgião do hospital.

- Como o acidente aconteceu? - perguntei - Os paramédicos falaram alguma coisa?

- Falaram apenas que um carro as atingiu e que o mesmo havia caído da ponte em que elas estavam. - falou Damon seriamente - Ao que parece, elas ficaram de baixo da água por um bom tempo, mas um dos motoristas havia pulado no rio e as tiraram de dentro do carro.

- Elas vão ficar bem Stefan. - falou Elena acariciando minha mão - Elas vão lutar até o final.

Ficamos esperando por um bom tempo. Damon havia avisado o chefe do hospital que eu não estava em condições em atender ninguém, então Elena havia assumido os meus pacientes. Damon ficou no refeitório comigo, quando algumas horas depois, Klaus Mikaelson, apareceu no refeitório com uma cara de cansado.

- Stefan Salvatore? - chamou Klaus e eu logo me levantei - Sua esposa está bem. Quase a perdemos na mesa de cirurgia algumas vezes, mas conseguimos trazê-la de volta.

Suspirei aliviado. Caroline estava bem, mas é quanto a Erica?

- Lamento em informar que... não conseguimos salvar sua filha. - falou Klaus seriamente e eu comecei a chorar incontrolavelmente - Ela teve uma hemorragia cerebral e faleceu durante a cirurgia. Eu sinto muito!

Klaus saiu do refeitório, me deixando sozinho com meu irmão. Damon se aproximou de mim e me abraçou. 

- Eu sinto muito, Stefan. - falou Damon chorando também - Mas escute, você e Caroline são fortes, jovens e poderão ter outro filho. Vocês serão uma família feliz novamente.

- E se não formos Damon? - perguntei seriamente - Você sabe que a Caroline sofre de depressão, ela se recuperou a alguns meses atrás antes da Erica nascer. Eu não sei se ela vai superar isso.

- Ela vai precisar da sua ajuda, Stefan. - falou Damon seriamente - Nem você e nem a Caroline vão conseguir superar isso sozinhos.

Damon deu um pequeno sorriso e logo voltou ao trabalho. Assim que ele saiu, fui procurar pelo quarto de Caroline, a enfermeira havia me informado que ela havia sido levada para a UTI e logo me levou para o quarto dela. Ao chegar lá, meus olhos se encheram de lágrimas novamente. Caroline ataca rodeada por máquinas e muito machucada. Me sentei na poltrona ao lado de sua cama e peguei em sua mão.

- Oi meu amor. - falei acariciando sua mão e seu rosto - Eu sinto muito que você esteja passando por isso. Infelizmente, o nosso anjinho não está mais aqui com a gente. Mas vamos superar isso e seremos uma família feliz novamente.

Tentei conter as minhas lágrimas, mas não consegui. Beijei a mão de Caroline e deitei a cabeça em sua cama. Fechei os meus olhos e deixei que o meu sono tomasse conta.

 

Continua...

 

 


Notas Finais


Bom, aí está o primeiro capítulo, espero que tenham gostado. No próximo veremos Caroline acordando e ela conversando com o Stefan.
Até o próximo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...