1. Spirit Fanfics >
  2. Second Chance >
  3. Aquiete esse traseiro

História Second Chance - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Finalmente saiu :D kkk boa leitura

ALERTA: SURTO SURTO SURTO

Capítulo 5 - Aquiete esse traseiro


Ninguém sabia dizer se a rápida melhora de Xue Yang se dava pelos excelentes cuidados de seus noivos com a ajuda da sua baixinha ou se pela imensa vontade de casar com os dois, mas ali estava ele, uma longa semana depois, com boa parte dos machucados já cicatrizados e alguns hematomas indicando quais costelas haviam sido fraturadas. Suas pernas estavam quase perfeitas também, mas ainda mancava discretamente. 

Se não fosse por sua coragem ao entregar sua parte do Ferro Estígio para Wei Wuxian, todos os principais clãs não teriam conseguido derrotar Wen RuoHan e seu exército de cadáveres ferozes, também não teriam conseguido salvar os Wen inocentes e muito menos evitado outras grandes mortes. Em sumo, Xue Yang havia contribuído para uma grande melhora no mundo do Cultivo e mesmo que poucos soubesse da verdade, ele estava feliz. Devemos acrescentar extremamente nervoso também, com direito a andar em círculos pelo pátio da casa-caixão quase sendo atacado por A-Qing que estava quase explodindo por causa dele.

A-Qing, "Quer parar de andar de um lado para o outro? Já estou ficando tonta!", reclamou baixo para que só ele escutasse, "Não vai adiantar nada ficar desse jeito, sabia? Deveria estar descansando para o grande dia amanhã, Yang...", comentou alcançando-o e obrigando-o a parar quieto por um segundo antes que ele mesmo ficasse tonto e caísse, "Vai dar tudo certo!"

Apesar das boas palavras, o garoto não pareceu se acalmar nem mesmo um pouquinho, soltando um suspiro exasperado enquanto a encarava de cima, "Primeiro, eu estou tentando ok? Mas, e se ninguém vier? Tudo bem que não preciso de ninguém além de vocês para fazer isso, mas é um dia importante, eu queria que fosse especial...", a verdade é que ele não estava nervoso pelo casamento em si, mas estava com medo de que ninguém viesse, mesmo que não tivessem motivo para tal, já que não eram exatamente amigos, "Segundo, você vive me chamando de Xue Yang, de Yang, de Xue e sei lá mais o que... Quando vai me chamar de pai? Afinal, eu te adotei também...", um beicinho magoado se formava em seus lábios deixando claro o quanto queria um "tratamento especial" também, vendo-o daquele jeito, A-Qing só conseguia sorrir.

"Você ainda não casou, então não vou te chamar de pai ainda, assim como também não chamo o daozhang e o Song Lan...", a garota respondeu dando de ombros, "Agora sente-se e aquiete essa bunda antes que eu peça pro daozhang te amarrar na cama, e olha que eu sei que ele não se oporia nem um pouco à isso!"

Ao longe, do lado de fora do pátio, algumas vozes puderam ser ouvidas, algumas desconhecidas e outras nem tanto, como o escandaloso Wei Wuxian que vinha falando alguma besteira e Nie HuaiSang o acompanhando nas risadas, fazendo-o revirar os olhos. Junto com eles, Lan Wangji - esse sabemos que onde Wei Wuxian vai, ele sempre estará junto, então nem era surpresa -, Jiang Cheng, Jiang YanLi e seu marido Jin ZiXuan, e Wen Ning, apareceram pelos portões, sendo recebidos calorosamente por A-Qing.

Jiang YanLi se adiantou, segurando docemente as mãos da garota que parecia lhes encarar com certa curiosidade, "A-Xian comentou sobre o casamento e viemos oferecer nossa ajuda na preparação, mesmo que seja algo simples, seria complicado fazer tudo sozinha...", enquanto A-Qing prestava atenção no que ouvia, parecia que eram os anjos lhe abençoando, de tão suave e gentil que era a voz da jovem dama Jiang, "Podemos ajudar em alguma coisa?"

"Querem mesmo nos ajudar?", A-Qing parecia emocionada e surpresa, contendo-se para não pular sobre a jovem em sua frente e assustá-la com sua espontaneidade toda, quando a viu assentir com um sorriso nos lábios, "Muito bem então..."

Ouvindo a movimentação do lado de fora, XingChen e Song Lan apareceram para ver o que estava acontecendo, encontrando os homens consertando alguns bancos e outras coisas que achavam precisar de uns reparos, e as garotas conversando próximas à cozinha, compartilhando e decidindo o que fariam de comida. Wen Ning por um lado, depois que ajudou os homens, foi ansioso até YanLi e A-Qing perguntando humildemente se podia cuidar da decoração, surpresas pelo pedido inesperado, elas deixaram. Se ele pudesse sorrir, estaria-o fazendo agora.

XingChen aparecia lhes entregando canecas com água gelada e frutas frescas enquanto descansavam, já que ninguém deixava-o fazer outra coisa, - não que não fosse capaz, pois todos ali sabiam das habilidades que ele possuía -, mas porque não queriam que ele se exaustasse antes do casamento. A atmosfera estava tranquila, todos conversavam como se fossem íntimos para tal e nada mudava a sensação de que as coisas estavam se encaminhando em uma boa direção. 

Já era tarde da noite quando todos se foram, deixando toda a estrutura pronta e prometendo voltar para a cerimônia, com YanLi e Wen Ning chegando mais cedo para terminar os preparativos. Despediram-se e tudo voltou à calmaria de antes, ou melhor, quase. Xue Yang parecia ter ficado ainda mais ansioso, finalmente levando uns cascudos de A-Qing que o deixou de castigo no quarto, sendo seguido por XingChen e Song Lan que achavam-o a criaturinha mais fofa do mundo inteiro. Era compreensível seu nervosismo, até eles estavam assim também.

Puxando-o para seu colo, Song Lan acariciava-lhe os cabelos, ouvindo-o quase ronronar com o carinho, "Você quer desistir?", perguntou sincero, recebendo como resposta um movimento negativo com a cabeça e braços lhe apertando, "Então não tem porque ter medo, pequeno! Nós vamos continuar cuidando um do outro e vamos ser muito felizes, eu prometo!"

"ZiChen está certo, meu bem...", XingChen beijava-lhe a testa, enquanto se aconchegava melhor ao lado dos dois, "Amanhã nossas vidas vão mudar para melhor! Vocês vão ver..."

Mais tranquilo, Xue Yang também se ajeitou na cama, saindo do colo de Song Lan para que ele não acordasse dolorido caso dormisse de mal jeito. No meio dos dois, ele sorriu, sussurrando-lhes antes de adormecer, "Eu.. Amo vocês!"

Eram 10h da manhã e eles ainda dormiam. Do lado de fora, YanLi e Wen Ning que já haviam chegado, junto com A-Qing que havia acordado mais cedo e já estava trabalhando, continuaram com os preparativos. Wen Ning havia trago consigo uma carroça de tamanho mediano, onde carregava diversas flores coloridas, desde as mais simples até as mais sofisticadas, junto com tecidos e laços para uma decoração simples, mas encantadora. YanLi e A-Qing mantinham-se à todo vapor com as comidas, e um pouco mais tarde, os rapazes começaram a chegar.

Jin ZiXuan trazia em seus braços o pequeno Jin Ling, caminhando até a esposa e lhe dando um delicado beijo na testa seguindo para um nos lábios. Jiang Cheng estava ali para olhar o sobrinho e também o irmão, temendo que o traste fizesse algo que envergonhasse a família novamente, mesmo que ele ainda não estivesse ali com Lan Wangji. Nie HuaiSang estava ali para dar seu apoio moral e dicas de moda, ajudando os noivos a se arrumarem quando acordassem, o que não demorou muito.

"Vocês estão incríveis!", HuaiSang comentou limpando uma lágrima inexistente fazendo-os rir, orgulhoso de seu trabalho, "XingChen-xiong, ZiChen-xiong e Yang-xiong, eu desejo do fundo do coração muita sorte, amor e felicidade na vida de vocês, ok? Que esse casamento só traga coisas boas pra vocês...", era nítido a sinceridade em suas palavras, e com isso, ele os levou para fora, estavam prontos e o casamento iria começar.

Wei Wuxian e Lan Wangji apareceram no momento exato em que colocaram os pés para fora da casa, lhes entregando um pequeno saquinho enfeitado, sorrindo radiante ao colocá-lo com gentileza nas mãos do tio, "Tio XingCheng, Xue Yang, Song Lan, esse é um presente meu e do Lan Zhan! Chegamos agora porque estávamos esperando ficar pronto, esperamos que gostem."

Curioso, XingChen abriu o saquinho e tocando seu conteúdo com as pontas dos dedos, sorriu emocionado, "Nós vamos ter alianças?", perguntou inacreditado. Lan Wangji, "Xiao XingChen, um relacionamento não é atribuído por objetos pessoais ou qualquer coisa que se possa exibi-los aos olhos mundanos, mas sim ao sentimento e a vontade de se estar junto com quem se ama... Mas, sim, vocês terão alianças, esperamos ter acertado no tamanho, são de ouro branco com um pequeno cristal em cada uma delas!"

Song Lan e Xue Yang estavam chocados, era algo lindo demais e eles não esperavam nada mais que uma simples cerimônia entre eles e A-Qing que os esperava junto aos outros, mas ali estavam eles, recebendo mais do que imaginavam em um dia perfeito. Agradecidos, eles se retiraram, era a hora.

De pé mais ao lado, Wei Wuxian assistia a cerimônia simples com um sorriso genuíno nos lábios e um brilho inocente no olhar, fazendo Lan Wangji que estava ao seu lado pensar e repensar inúmeras vezes se criava coragem ou não naquele momento. Percebendo a inquietação de seu precioso Lan Zhan, ele se virou ainda sorrindo, os olhinhos quase se fechando com a ação, sussurrando-lhe esperançoso, "Lan Zhan, nós podemos casar também?", é, para sua sorte, essa foi sua deixa, aproveitando-se para entrelaçar suas mãos.

"Wei Ying?", a voz rouca lhe causava arrepios, "Casa comigo também?"


Notas Finais


Então então então kkk só queria esclarecer que: toda essa parte foi antes da campanha da queda do sol, antes de toda a tragédia que aconteceu no drama, então, Xue yang meio que salvou todo mundo que morreu no drama... Acho que dá pra entender um pouco né? Enfim, obrigada a quem leu até aqui kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...