História Second moon - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Bellatrix Lestrange, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Ronald Weasley, Salazar Slytherin, Severo Snape
Tags Harry Potter, Hermione Granger, Severo Snape, Severo/hermione, Sevmione, Snamione, Snanger, Snapemione
Visualizações 126
Palavras 1.485
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amados, vamos la!

Capítulo 10 - Wiggenweld


☾ ◯ ☽

- Tem certeza, Severo? – Alvo Dumbledore perguntou preocupado, mas no fundo não estava surpreso.

- Ele falou claramente.

- Draco Malfoy. – o diretor falou maneando a cabeça levemente. – ele deve estar passando por um momento difícil.

- Deveria se preocupar com o fato de que ele vai matar você, seu velho louco.

- É um grande fardo para um jovem como ele carregar, você não acha? – Snape rolou os olhos, e suspirou.

- O que eu acho é que estou atrasado para essas malditas aulas extras que você me arrumou.

- Oh, elas começam hoje, já tinha esquecido. Com certeza deve ser por conta da idade.

- Vai continuar se lamuriando ou eu já posso me livrar da sua desagradável presença?

- Por favor, vá. Não deixe seus amados e ansiosos alunos esperando pelo seu professor favorito. – Alvo ironizou, recendo um olhar fulminante do seu espião.

Severo saiu da sala do diretor as pressas, e só então permitiu que o peso da arriscada missão possuísse seus ombros. Voldemort queria Alvo Dumbledore morto, e não demoraria para que isso acontecesse.

E quando o momento chegasse, ele perderia seu único amigo e confidente. E ficaria sozinho de um jeito que jamais esteve. Que Merlin tivesse piedade da sua alma miserável e permitisse que ele morresse quando enfim completasse sua difícil missão. Ele honraria toda a confiança que Alvo estava depositando durante todos aqueles anos, e lutaria contra Voldemort até seu último suspiro.

Entrou na sala que lhe pertencia e jogou-se na poltrona. Durante anos vinha se perguntando se tudo isso havia sido sua culpa. Se ele não tivesse dito nada sobre a profecia de Trelawney talvez Lily estivesse viva, e Voldemort teria sido derrotado de outra forma, talvez até mesmo pelo próprio Dumbledore.

Um longo suspiro deixou sua garganta ao ouvir leves batidas na porta, sem dúvidas eram os cabeça ocas que ele tinha que dar aulas somente para proteger e manter a irritante-sabe-tudo longe de confusão.

O professor de Defesa Contra as Artes das Trevas destrancou e abriu a porta com um leve aceno de varinha.

Aos poucos, Pansy Parkinson, Cho Chang, Padma Patil, Antônio Goldstein, e por último, Hermione Granger.

- Sei perfeitamente que todos estão aqui para, e somente, conseguir mais pontos devido a nula capacidade de fazer uma poção com êxito. – Snape começou ríspido, fazendo Goldstein se encolher na melhor forma de Neville Longbottom. – entretanto, não tolerarei erros, nem qualquer tipo de gracinhas, não terei pena alguma de tirar pontos das casas e riscar alguns nomes da lista desta sala de aula, fui claro?

Cinco cabeças balançaram freneticamente em sinal de afirmação, ao mesmo tempo em que se viraram para encarar o novo aluno que havia acabado de chegar.

- Desculpe, professor. – Alan falou. – por acaso eu interrompi seu monólogo?

- Também não tolerarei atrasos, senhor Prince.

- Sinto muito, eu fiquei um pouco perdido. – Severo levantou uma sobrancelha em descrença.

- Peguem seus caldeirões, e os livros estão na bancada. Quero uma elaboração perfeita da Poção Wiggenweld. – o mestre em poções voltou para sua bancada, ouvindo alguns murmúrios da parte dos alunos.

Esfregou suas têmporas e obrigou sua mente a pensar em qualquer outra coisa que não fosse a maldita guerra e a eminente morte de Dumbledore.

- Não consigo achar a página da poção. - Padma Patil sussurrou para Hermione. – se eu não consigo achar uma simples página, como conseguirei fazer a poção?

- Página 84. – Granger sussurrou de volta, e deu uma leve espiada para saber se o professor estava observando aquela conversa paralela, mas ele parecia concentrado no que estava lendo.

- Eu preciso dos pontos, ou serei reprovada. Sempre fui péssima nessa matéria. - Padma continuou sussurrando. – pensei que as coisas fossem melhorar agora que o Snape não é mais professor de poções, mas eu acho que o problema sou eu, não o professor.

- Você poderia começar adicionando sangue de salamandra no seu caldeirão. – Alan se aproximou. – e sugiro que mexa até ficar laranja.

- Está tudo no livro, Padma. É só seguir a receita. – o bruxo deu um risinho ao notar a irritação de Hermione.

- Sabia que essa poção foi criada por um príncipe para despertar uma princesa do sono profundo vindo da poção morto-vivo?

- Ele colocou a poção nos lábios da princesa e depois a beijou. – Granger completou entediada. – conheço a história.

- Já percebi que você sabe de tudo. – a bruxa de cabelos encaracolados adicionou mais sangue de salamandra, e viu sua poção atingir um tom levemente amarelada.

Alan se preparou para continuar seu trabalho, quando sentiu um pouco de falta de ar, fazendo-o escorar as duas mãos na bancada.

- Você está bem? – Hermione perguntou vendo o semblante pálido do sonserino.

- Sim, eu apenas não jantei. – Prince mentiu, tentando justificar.

- Não é bom ficar sem se alimentar, e em seguida trabalhar com poções. Pode causar distrações e qualquer erro pode ser fatal.

- Eu apenas preciso respirar um pouco. – Alan deixou sua bancada, e aproximou-se devagar de Severo. – qual é o problema?

- O que? – o professor respondeu mal humorado.

- Está triste e está...com medo. O que está acontecendo?

- Apenas volte para a bancada. A propósito, o que você está fazendo nesta sala?

- Eu soube que Granger estaria aqui. – deu ombros e recebeu um olhar feio de Snape. – o que? Eu tenho que me manter por perto e ganhar a confiança dela, foi para isso que me trouxe.

- Que seja, agora volte para a bancada.

- Volto se você distrair sua cabeça para que eu não me desconcentre por causa dos seus pensamentos. – Alan voltou para a bancada apressado antes que experimentasse da língua ferina do professor.

Ele nunca havia sido um exemplo de pessoa bem humorada, nunca teve motivos para isso, mas se surpreendia cada vez mais ao notar o quanto ele ficaria mal humorado quando fosse mais velho.

- Eu adicionei mais sangue e mexi para você. – Hermione justificou, mostrando que a poção do bruxo já tinha atingido o tom verde. – ou ela explodiria.

- Não precisava.

- Não mesmo, perdi a oportunidade de ver Snape te expulsando da sala por explodir o caldeirão. – Um barulho estrondoso foi ouvido, sendo seguido por um grito agudo, e uma Padma com os cabelos bagunçados e de rosto chamuscado.

- Eu estava me perguntando quanto tempo levaria para que deixasse isso acontecer, senhorita Patil. – Severo levantou da poltrona, aproximando-se.

- Ela colocou as espinhas de peixe-leão na hora errada e na quantidade errada, professor Snape. - Pansy Parkinson falou, encarando Padma com superioridade.

- Sinto muito, professor, eu não havia me dado conta que ainda precisava adicionar um pouco mais de sangue.

- Todos nesta sala perceberam isso, senhorita Patil. Menos 5 pontos da Grifinória por sua falta de atenção. – o professor puxou um pergaminho na mesa, e fez um risco com a pena no canto superior esquerdo. – e está fora dessa aula. Agora saia.

Hermione murmurou um sinto muito para Padma e voltou a concentrar-se na poção. Estava se preparando para, cuidadosamente, adicionar as espinhas de peixe-leão, quando uma prateleira de livros chamou-lhe atenção. Com certeza deveria ser a coleção pessoal de Snape.

Apostaria todos os galeões que tinha de que a maior parte dos livros eram sobre arte das trevas. Encarou o professor disfarçadamente para ter certeza que ele não estava observando, e forçou sua vista para tentar enxergar o título dos livros. Bem, achou pouco provável que algum livro ali denunciasse as intenções do professor, afinal, Snape não seria burro de deixar algum livro que pudesse lhe incriminar ali exposto para que qualquer pessoa pudesse ver.

- Curiosa? – Alan perguntou, e Hermione deu um pulinho de susto.

- Sim, quero dizer, ele deve ter uma coleção incrível de livros.

- Ouvi dizer que ele é um bom colecionador. – Prince encarou a bruxa desconfiado, e Granger desviou o olhar, tentando disfarçar.

- Na verdade, eu estava atrás de um livro que ouvi falar, mas nunca achei para comprar, nem aqui na biblioteca de Hogwarts. – tratou de mudar de assunto, antes que se enrolasse nas palavras.

- Qual seria?

- Presságios de morte: O que fazer quando se sabe que vai acontecer o pior.

- Você acredita nessas baboseiras?

- Eu acho importante possuir todo o conhecimento que pudermos para tentar sobreviver. – o bruxo adicionou muco de verme-cego no caldeirão.

- Talvez eu tenha esse livro. – Alan falou, perguntando-se mentalmente se Severo teria aquele livro. – pode ficar com ele por uns dias, se quiser. - Pansy Parkinson encarou-os com curiosidade, e rolou os olhos ao ouvir parte da conversa.

Alan Prince deveria receber um grande chacoalhão para entender que não se confraterniza com grifinórios. Ainda mais se forem os amigos do Potter.

- Eu agradeço. – Hermione deu um pequeno sorriso, e se concentrou na poção.

- Ah, você sabe sorrir. – o bruxo provocou.

- Não me obrigue a fazer seu caldeirão explodir. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...