História Secret - TaeJin - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jin Top, Secret, Tae Bottom!, Taejin, Yoonmin
Visualizações 261
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaa Sweets, eu não havia aguentei e resolvi postar logo o primeiro capítulo já que ele já estava pronto, ahhh, eu não mudei muita coisa não, na verdade quase nada, espero que vocês gostem ^^ .. Os próximos capítulos vão demorar para sair já que não tenho tido muito tempo livre para escrever, me desculpem por isso >.<

Capítulo 1 - One


                               POV SeokJin

Em uma manhã fria, e chuvosa, desperto dos meus devaneios ao ouvir o barulho estridente que o despertador fazia, logo me pus de pé e caminhando em passos lentos fui até a janela que já se encontrava aberta, me debrucei sobre a moldura da mesma podendo assim observar o dia. O céu estava nublado e algumas gotas de chuva caiam vez ou outra, dando ao dia um clima melancolico, o que me agradava bastante, e posso dizer que de certa forma me deixava feliz.

Em dias normais o meu mau humor era constante, passava o dia inteiro de cara fechada até poder voltar para a minha casa e descansar de toda aquela agitação, que eu odiava. Além da luz solar que contribuia bastante com essa minha falta de humor diária, é um saco ter a pele extremamente sensível.

Já estava a algum tempo admirando o céu quando me dou conta de que preciso ir tomar banho se não vou acabar me atrasando. Um longo suspiro escapa só de pensar em mais um longo e exaustivo dia na escola.

Após o banho não tão demorado quanto eu queria, me visto como de costume, com a maioria das vestes pretas, e sigo para o colégio, não senti a necessidade de me alimentar, ainda tinha energia.

Com os fones nos ouvidos tocando uma música em um volume consideravelmente alto, fui andando em passos lentos, pra mim pelo menos, na direção da escola. Como morava no meio de uma floresta, não exatamente uma floresta mas ainda assim, não precisava enfrentar toda aquela agitação para chegar a escola, já que eu morava praticamente atrás da mesma.

Logo que chego na escola, percorro o corredor não muito movimentado até chegar na minha sala, após ter sentado em meu lugar de costume, volto toda a atenção para o celular, já que o professor ainda não se encontrava em sala, assim como a maioria dos alunos que foram chegando aos poucos, e preenchendo o espaço.

Não demorou muito para que todos chegassem, e as aulas logo foram inciadas. Todos com a maior cara de tédio, exalando a grande sua falta de vontade de estudar.

Estávamos em uma aula de álgebra, alguns dormiam, outros conversavam, fingiam prestar atenção e uma pequena minoria realmente prestava, eu por incrível que pareça estava entre eles, era uma das matérias que realmente fazia com que trabalhassemos um pouco mais o cérebro.

Estava atento na explicação que o professor dava sobre o assunto que havia acabado de passar, quando uma voz grave ecoou pela sala chamando a atenção de todos presentes no cômodo, inclusive a minha.

O garoto de cabelos alaranjados mantinha em seus lábios um sorriso completamente envergonhado pela quantidade de pessoas que mantinha os olhos sobre sí, o que me arrancou uma risada soprada.

— Ham… Oi? É aqui que fica o segundo B? - O garoto perguntou contrariado olhando um pedaço de papel que segurava entre seus dedos.

— É sim, e quem é você? - O Professor pergunta curioso sem tirar os olhos daquele que havia atrapalhado a sua aula.

— Sou Kim TaeHyung, eu fui… - O Professor cortou a fala do garoto, o que acabou o deixando visivelmente ainda mais envergonhado do que já estava.

— Ah sim, o garoto novo, entre e sente-se ao lado do… - O mais velho então olhou em volta a procura de um lugar vago. — Do Jimin, isso, sente ao lado dele. - Apontou para o baixinho de cabelos negros que mantinha um sorriso simpático em seus lábios.

Sem interesse algum no aluno novo, apenas dou de ombros e volto a olhar o professor que dá continuidade a aula, fazendo assim com que toda a minha atenção ficasse focada em sí.

Durante todo o resto da aula tive a estranha sensação de estar sendo observado, o que me deixada de certa forma incomodado, tá que aquilo era normal, já que algumas pessoas passavam boa parte do seu tempo me encarando, por eu parecer um tanto diferente, mas isso havia diminuído bastante com o passar do tempo, o que me deixou bem desacostumado.

O tempo praticamente voou, e quando me dei conta o sinal irritante que anuciava o intervalo toca, o que me rendeu uma pequena careta, meus ouvidos são sensíveis, aiish. Os alunos apressados saíram da sala se dispersando pela escola.

Como não tinha muito o que fazer, e ficar na sala no momento não me parecia uma boa opção, decidi passar o tempo que me restava até as últimas aulas na biblioteca lendo algum livro que chamasse a minha atenção. Não sei se mencionei isso antes, mas não tenho amigos, e isso não me incomoda nem um pouco, talvez no início tivesse ficado um pouco incomodado por passar todo o meu tempo só, mas fui me acostumando em ter apenas eu mesmo e alguns objetos como companhia.

Como era de costume acabei escolhendo o livro que leria pela capa chamativa do mesmo, não havia nem me interessado pela sinopse e já fui logo o abrindo e começando a ler, a história ao meu ver era interessante, o que me fez perder a noção do tempo, e ser dispertado somente pelo irritante sinal que voltou a tocar avisando que o intervalo havia acabado.

Volto para a sala meio que a contra gosto, abandonando o meu companheiro na estante que havia pegado. Voltei ao meu lugar de costume e abri o livro na página que o professor havia mandado. Novamente me senti observado, cansado daquilo virei o rosto para trás podendo ver que o Aluno novo me observava com certa curiosidade, como se quisesse descobrir algo.

Ergui uma de minhas sobrancelhas como se lhe perguntasse o porque de estar me encarando, como resposta o outro sorri totalmente sem graça voltando rapidamente a atenção para o professor, suas bochechas vermelhas o deixavam engraçado e ao mesmo tempo fofo.

RI soprado achando graça da situação e virei para frente. "Amas é cada uma que me aparece." Balancei a cabeça de forma negativa voltando a minha atenção a aula.

Mas algumas horas e então pude voltar a solidão da minha casa. Novamente, apenas eu e os meus pensamentos.

— Sinto que esse garoto irá me causar problemas… - Murmuro mantendo um meio sorriso em meus lábios enquanto fitava o teto do quarto.



.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...