História Secret life - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 33
Palavras 357
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


P/sn (pai da S/N)
M/sn ( mãe da S/N)
S/N ( substitua pelo seu nome)

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Secret life - Capítulo 1 - Capítulo 1

Os sons da música do órgão subiam em direção ao céu azul. As vozes das pessoas da igreja elevavam-se em poderoso uníssono enquanto entoavam os hinos familiares que S/N cantará com a sua família desde sua infância. Mas, está manhã ela não conseguia cantar nada. Mal conseguia mover-se, de pé, olhando fixamente para frente, para o corpo de sua mãe.

Todos sabiam que M/sn havia sido uma boa mãe, boa esposa, uma cidadã respeitada até morrer. Ela tava aula antes de ter S/N, e gostaria de ter mais filhos, mas isso não acontece. Sua saúde sempre foi frágil, e aos 38 anos, contrária câncer. O câncer começou no útero e, após fazer muitos coisas para a sua melhora, o câncer mesmo assim se alastrou-se para seu pulmão, depois para os seus ossos, foi uma batalha de 4 anos e meio, e agora aos 42 anos, ela partirá.

M/sn morrerá em casa e S/N tomara conta dela sozinha até os últimos 2 meses, quando seu pai finalmente, contratou 2 enfermeiras para ajudá-la. Mas S/N ainda ficava horas sentada a seu lado na cama quando chegava da escola. E, à noite, era S/N quem a acudia quando ela gritava de dor, que a ajudava a virar-se, levava ao banheiro ou dava-lhe os remédios. As enfermeiras só trabalhavam de dia, seu pai não queria elas ali a noite. Todos percebiam que ele tinha dificuldade para aceitar a morte de M/em.

E agora está encostado no banco da igreja chorando feito criança.

P/sn era um homem bonito tinha 46 anos, era um dos melhores advogados, e o mais amado pelas mulheres, e por todos da cidade, trabalhava junto com Frank outro advogado da cidade mas não é tão bom como P/em. Frank acredita que me menos de 6 meses P/sn já estaria casado dinovo, mas quem realmente parecia perturbada e abalada era S/N. S/N é uma garota bonita, ou séria, caso ela permitisse ser. Aos 17 anos, era magra, alta, cintura fina e busto farto. Diferente das garotas de sua idade não usava maquiagem, usava roupas largas, S/N tinha longos cabelos avermelhados caídos sobre as costas, com mechas que escondiam os seus grandes olhos azuis.


Notas Finais


Contínua???? Deixem no comentário o q acharam!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...