1. Spirit Fanfics >
  2. Secret love song (Jungwoo NCT) >
  3. Uma Ótima Amiga

História Secret love song (Jungwoo NCT) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo para vocês, desculpem a demora.

Espero que gostem❤

Boa leitura =)

Capítulo 4 - Uma Ótima Amiga


Fanfic / Fanfiction Secret love song (Jungwoo NCT) - Capítulo 4 - Uma Ótima Amiga

No dia seguinte o garoto acordou cedo, havia chegado tarde do bar em que foram com seus amigos, ele ansiava por conhecer a garota ao qual seus amigos tanto falavam mais ela não havia ido.

Respirou fundo se sentindo tranquilo e confortável, não queria abrir os olho, queria dormir mais. Aproveitar que o mesmo havia bebido apenas alguns copos, então o mesmo não teve ressaca como seus amigos.

As aulas não haviam começado ainda, iriam começar apenas na próxima semana, mais todos os alunos teriam que estar de volta uma semana antes, e junto com as aulas havia uma festa de boa vindas organizada pela faculdade.

Para os novos alunos que haviam chegado, junto desse novo semestre.

Levantou da cama e foi para o banheiro tomar um banho, se despiu e entrou para dentro do box, novamente aquela garota veio em seu pensamento.

Agora sabia que a garota havia vindo do Brasil, que estava a fazer um intercâmbio, e o que o seu nome era S/N… Porém ainda não sabia quem ela realmente era.

Terminou seu banho e fora para o quarto, olhou para a cama que havia ali e viu P'Thorn seu amigo e colega com quem o mesmo dividia o quarto.

P'Thorn dormia profundamente, de fato ele tinha o sono bastante pesado, e nao era para menos voltaram do bar as onze horas da noite, já que essa era uma das regras do dormitório.

O toque de recolhida para ambos os prédios de dormitório era de onze horas, na parte da manhã iam para as aulas, na parte da tarde ou costumava ficar no quarto do dormitorio ou saia para andar pelo jardim do dormitório.

Se vestiu com uma calça moletom e uma camisa, o tempo estava fresco para aquele mês de março que se encontravam, calçou seus sapatos e saiu do quarto sem fazer o mínimo de barulho possível para não acordar seu amigo.

Fechou a porta atrás de si e se pôs a andar naquele imenso corredor do prédio do dormitório, não sabia para onde iria ainda, talvez um café e quem sabe depois fosse para o jardim do dormitório.

Jungwoo passou a descer as escadas e se sentiu em um filme de faroeste, não havia ninguém acordado ainda, checou as horas em seu relógio de pulso e viu que ainda era 07:00 horas da manhã, por isso todos estavam dormindo ainda.

Fora para fora do dormitório e saiu em direção ao café que havia perto da faculdade, ele sempre ia em tal lugar para tomar seu café antes de começar as suas aulas.

Pegou um lanche qualquer e comeu enquanto pensava no que iria fazer depois de tomar o seu café, cogitou a possibilidade de voltar para o dormitório e dormir um pouco mais.

Por fim resolveu ir dar uma volta pelo enorme jardim que havia na faculdade, terminou de comer o seu lanche e pegou pelo que havia pedido e saiu em direção ao jardim.

O tempo estava fresco, a brisa suave batia em seu rosto trazendo junto uma sensação de paz que a muito não sentirá.

Chegou no jardim e olhou em volta não havia ninguém ali, da fato havia somente uma garota a mesma estava vestida de um short jeans de cintura alta e uma blusa social de um masculina , e nos pés usava uma rasteirinha.

O vento da manhã batia nos cabelos da garota que estavam soltos e faziam o mesmo voarem, para trás, Jungwoo encarou a garota por um tempo havia ficado fascinado com a garota que não conhecia ainda.

Andou mais um pouco e pensou que aquela garota poderia ser a S/N a brasileirinha que os seus amigos tanto falavam, andou até em fim poder ficar perto da garota mais não tão perto.

A mesma estava de costas e não vira quando Jungwoo se aproximou, quando a mesma virou e viu o garoto tomou um leve susto o que fez o garoto rir minimamente.

- Oh, desculpe… Não queria te assustar!

Disse Jungwoo para a garota que agora estava de cabeça baixa e corada a mesma havia ficado com bastante vergonha só não sabia o porque.

A garota levantou a cabeça e os seus olhos negros como a noite fitaram Jungwoo. Ela estava envergonhada, Jungwoo por outro lado olhou a garota de cima a baixo e reconheceu a mesma garota que veio junto dele no avião e no táxi.

A garota era linda, e a única diferença que viu no avião era que a mesma era menor ainda mais de perto, Jungwoo sorriu.

Ele estava impressionado com a beleza da garota, não imaginou que S/N fosse tão bonita se a garota fosse mesma ela.

-É porque você não se sente!?

Perguntou a garota ainda de cabeça baixa e apontou para um dos bancos que havia no local.

-Prazer Jungwoo, e você?

Perguntou o garoto um tanto curioso, ansiava por saber quem era a garota mais também estava com um certo receio da resposta.

-S/N…

Disse a garota adquirindo um tom avermelhado em suas bochechas, a mesma havia ficado com vergonha e nem sabia o porque.

E fora naquele exato momento em que o coração de Jungwoo dera uma pulsada mais forte, não entendeu o motivo, ele finalmente havia conhecido a tal garota misteriosa.

Ele estava um tanto quanto fascinado com a mesma, nunca imaginou que a garota fosse dona de uma beleza incrível, corpo magnífico, olhos negros como a noite mais também brilhantes assim como as estrelas, os cabelos ondulados da garota jogado para trás e alguns fios para frente.

O vento batia e fazia o cabelo da garota voar, e alguns fios irem parar em seus rosto, Jungwoo fez o que a garota havia falado ele realmente não iria querer ficar em pé.

Se sentou e observou a garota mais um pouco, a mais nova por outro lado sentiu o olhar de Jungwoo pesar sobre ela e lhe deu um sorriso doce e cativante.

- Você, não parece ser asiática… De onde é?

Perguntou o garoto com um sorriso no rosto enquanto tentava puxar algum assunto com a garota.

- Eu sou do Brasil… E você não parece ser daqui!?

Perguntou a garota sentada no chão de frente para o mesmo, mais ela se limitou a sorrir.

-Realmente não sou daqui, sou da Coreia do Sul porém preferir fazer faculdade aqui!

Respondeu Jungwoo e a garota apenas assentiu.

Porém ele viu o quanto a garota havia ficado em estado de choque quando o mesmo disse que era da Coreia, o que será que havia acontecido com a garota de tão ruim para que ela ficasse em estado de choque paralisada.

Não disseram mais nada um para o outro a garota não era muito de conversar e Jungwoo havia ficado perdido em seus pensamentos com a reação da garota.

"Ela vive na sombra de uma garota solitária, voz tão baixa, você não ouve uma palavra, sempre falando mais ela não pode ser ouvida, você pode ver se prestar atenção em seus olhos, sei que ela tem coragem, mais está presa dentro dela, tem medo de falar, mais ela não sabe por quê."


Notas Finais


Thank you💗😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...