1. Spirit Fanfics >
  2. Secret Love (Taekook) >
  3. Cap 5 - Muitas perguntas.

História Secret Love (Taekook) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii amoreees, mais um capítulo fresquinho pra vocês.
Deêm muito amor a essa fic, ok?

Capítulo 5 - Cap 5 - Muitas perguntas.


☆Jungkook POV'S☆


Já faz duas semanas que tô morando sozinho, e pra falar a verdade tá sendo a pior experiência da minha vida.

Eu ainda não superei tudo que aconteceu, todos os dias eu fico trancado no quarto chorando e pensando como isso foi acontecer logo com eles? Não que eu quisesse que outras pessoas morressem, mas eram meus pais.. Eu já havia perdido minha família uma vez, teria que perder novamente? Agora a única pessoa que eu tenho no mundo é Taehyung, na verdade também tem o Jimin, meus melhor amigo. 

Falar em Taehyung, ele tá cumprindo bem a sua promessa. Ele não pode fazer muita coisa por mim, porém sempre que tem um tempo livre ele me ajuda indo pagar as contas pra mim, na verdade eu pago, porém ele leva, sabe? Fora que ele vem me visitar todas as folgas dele.

Mas mesmo assim tá sendo muito apertado pra mim por conta da faculdade, sabe? Mas glória a Deus eu tô no último ano. Uma coisa que eu tenho que falar, eu nunca quis fazer essa faculdade, pra falar a verdade eu nem queria fazer faculdade. Porém meus pais sempre falavam disso, que eu tive que escolher, escolhi qualquer uma e aqui estou eu.

Eu não tenho jeito algum para cuidar de casa, eu não tenho mais tempo para sair com minha namorada e nem tempo para poder sair pra beber que nem antes, sabe? Eu queria que eu pelo menos tivesse alguém pra me ajudar nas coisas, eu até havia pensado em chamar o Tae, porém recuei. Eu não queria parecer incoveniente, ele já é um homem bem mais maduro que eu, mesmo sendo só um pouco mais velho. Ele já tem seu emprego e sua casa, e tô começando achar que até uma namorada..

Hoje é folga de Taehyung, e como de costume desde duas semanas atrás, ele virá me visitar. 



Estava assistindo televisão, enquanto esperava Taehyung chegar, até ouvir meu celular. Quando fui olhar, era Jimin, o que aquele garoto tava querendo agora em?


Jungkook- O que é?


Jimin- Calma Jungkook! Não posso mais falar contigo não?


Jungkook- Haha, fala logo. Você nunca liga pra mim, por que tá ligando agora?


Jimin- Eu daqui a pouco estou passando aí.


Jungkook- O que? Tu tá doido? Você sabe muito bem que hoje é folga do Taehyung, e que ele vai vir aqui para tratarmos de coisas sérias.


Jimin- Por favor né Jungkook! Fazem duas semanas desde o acidente.... Vocês já não tem mais nenhum assunto pra tratar, todo mundo sabe que ele só te visita porque ama você, ha.


Jungkook- O que?!? - digo assustado e Jimin ri pelo outro lado da linha - Não diga coisas que você não sabe Jimin, nós somos irmãos...


Jimin- Sim Jungkook, vocês são irmãos. Mas isso não muda o fato de Taehyung ser apaixonado por você. Você se lembra quando me contou sobre quando apresentou a Lisa à sua família? Você acha que o Taehyung saiu correndo e ainda tava chorando a tôa?


Jungkook- Ele deve ter os motivos dele, por favor não me faça perder minha paciência, e nem venha aqui, tchau! - desligo o celular e me jogo no sofá.


Merda, era só o que me faltava. Esse garoto inventa tanta coisa.. Se bem que.. Saio de meus pensamentos ao ouvir a campanhia tocar, rapidamente me levanto e vou até a porta. Me ajeito um pouco e abro a porta com cuidado, tendo a visão de Taehyung sorrindo, aquilo era o paraíso.


Taehyung- Boa tarde Kook.


Jungkook- Boa tarde Tae..


Taehyung- Vejo que não teve muito tempo pra organizar as coisas, certo? - ri um pouco.


Jungkook- É.. Pois é.. Pode entrar Tae, a casa também é sua. - Taehyung entra e vai até o sofá, me sento ao lado dele.


Taehyung- Como estão indo as coisas??


Jungkook- Tão indo.. - digo nervoso, aquela situação me deixava nervoso, ele me deixava nervoso.


Taehyung- Não senti muita confiança nas suas palavras. - me olha nos olhos, acabo virando meu rosto por vergonha.


Jungkook- É que.. Eu menti, na verdade as coisas estão indo péssimas. Eu não tô conseguindo lidar com a casa, e eu menti em outra coisa também, eu sou um péssimo cozinheiro aah. Se eu pelo menos tivesse alguém pra me ajudar.. - vejo o mesmo rir de meu desespero, eu não entendi então o olhei confuso.


Taehyung- Isso é normal Jungkook, você é novo nisso tudo. E ter alguém aqui com você seria uma boa idéia, você poderia passar o tempo, não seria tão tedioso. E ainda dividiriam despezas e tarefas.. - Meus olhos estavam brilhando, era disso que eu precisava, por um minuto eu senti um pingo de esperança. Porém tudo se desfez com a seguinte fala - E seus amigo? E o Jimin? Conversou com ele sobre isso?


Jungkook- N-não.. E nem quero, ele é muito barulhento e muito menos responsável do que eu.


Taehyung- Aish, isso é complicado. - ele parou pra refletir um momento, eu estava me sentindo tenso com a situação. Sempre que ficava tão perto assim de Taehyung, eu sentia arrepios, e tinha tantas vontades que eu não sabia explicar. - E se... - Foi cortado pela campanhia, maldita campanhia.


Eu já ia me levantar para ir atender, porém parei no meio do caminho pois lembrei de Jimin. Taehyung me olhou confuso.


Taehyung- Não vai antender?


Jungkook- Deve ser engano... - ia para o sofá novamente até tocaram de novo. Caralhoo, ele queria mesmo estragar tudo. - abro a porta devagar, e pra minha não-surpresa, era mesmo o Jimin. Ele me abraçou e eu logo tratei de me soltar de seu abraço. Quando ele viu Taehyung foi correndo pra abraçar ele, aquilo me despertou uma coisa. Jimin nunca havia feito tal coisa, nem ao menos trocou mais de 10 palavras com ele em um mesmo dia, quem dirá um abraço.


Jimin- Oii Taehyung! Quanto tempo que eu não vejo você em, como você creseceu. E tá bonitão em. - aquilo com certeza havia deixado Taehyung envergonhado, ele olhou pra mim meio que pedindo socorro e eu logo me liguei e fui até eles.


Jungkook- Jimin! Deixe o Taehyung em paz, o que está fazendo aqui, uh?


Jimin- Eu avisei que viria baby, ou achou que eu tava brincando?


Jungkook- Aish, que se dane. Querem algo pra comer?


Jimin- Eu quero, tem o que aí?


Taehyung- Su aceito sim Kook. - No mesmo momento Jimin me olhou perveso, ele susurrou algo, claro que eu não ouvi. Mas se não fosse pela minha maldita habilidade de ler lábios..


Jimin- Vocês usam esses apelinhos na hora de foder também? - o lanço um olhar incrédulo, ele somente ri da situação e passa a encher Taehyung de perguntas, enquanto eu preparava algo para comermos.


Jimin- E aee Taehyung, como tu tá?


Taehyung- Eu tô muito bem Jimin, obrigado por perguntar. E como você está?


Jimin- Tô ótimo... Tá namorando TaeTae? - Eu quase tive um treco ali mesmo, como ele teve a ousadia de perguntar se ele tava namorando? E ainda por cima o chamar de TaeTae? Ele tá querendo me provocar né?


Taehyung- Oh.. Não, não estou namorando... - Aquilo foi um alívio para mim.


Jimin- Mas então.. Tá afim de alguém, uh? - Um dia eu ainda mato Park Jimin, se não me chamo Kim Jungkook.


Taehyung- Ah.. - a voz dele soava meio tensa - Sim... - Eu congelei, ele estava gostando de alguém?


Jimin- Uou, revelações. Poderia nos dizer quem é? - Eu com certeza queria matar Park Jimin, e enterroper aquelas perguntas agora, porém eu também queria saber a resposta.


Taehyung- Ah, não. Me desculpe Jimin, acho que isso é uma coisa muito pessoal.


Jimin- Aish, tudo bem então. Mas, pode me responder outra coisa?


Taehyung- O que?


Jimin- Essa pessoa, é uma menina ou um menino, uh? - Aquilo foi a gota d'água, se Jimin queria me ver no meu limite, ele tinha conseguido.


Notas Finais


Beijão pra vocês e aproveitem o capítulo, amo vocês!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...