História SECRET LOVE- YuWin - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Mark, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Love, Nct, Nct 127, Nct 2018, Nct Dream, Nct U, Yuwin
Visualizações 264
Palavras 1.764
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI! Então, não postei ontem pq aconteceu umas coisas pesadas mas to aqui hoje eh isto

vai ter a segunda parte hoje!

Capítulo 11 - 11



Winwin Speak 


Não é um encontro... Não é um encontro Dong Si Cheng!!! Não é, ele não tá interessado! 


-Você tá conversando com a sua cabeça de novo?- Olhei de onde vinha tal voz e sorri pro Jaehyun 


-Oi, não estou-     Ele riu e se entou ao meu lado 


-E o que você tanto não pensava?- Não preciso usar palavras porque com certeza ele já sabe porque um sorriso leve está em seu rosto, um sorriso calmo. -Não deveria estar nervoso, é o mesmo Yuta- Meus olhos se afogaram em um pensamento, era só o Yuta, era só um amigo... -Ei, agora eu realmente não sei o que passou aí dentro. Por que esse olhar?- Senti uma mão no meu ombro e olhei pro Jae 


-Ah, nada- Ele me olhou nos olhos perguntando silênciosamente se eu não iria dizer, e como não obteve respostas ele apertou levemente meu ombro 


-Já devia estar se arrumando sabia? 


-Eu to indo- Jae já tinha se levantado e jogado uma toalha pra mim 


-Não deixe o príncipe esperando o outro princípe- sorri e entrei no banho, eu só tinha que relaxar. Era isso. 


{...} 


-A, mais isso é sério?- Meu sorriso com toda certeza era enorme acompanhado do dele


-Sério, curtiu?- 


-Curtir?- Disse ironicamente e o puxei até a primeira máquina que era de pegar um brinde, geralmente era algo agridoce. 


-Podemos ficar a vontade, a SM conseguiu que fechassem só para receber-nos e que pudesse-mos usar tudo! Tudinho- Meu sorriso cresceu mais e pulei em sua direção o abraçando.


-Você é tão incrível Yu! Por que isso tudo?- Eu senti seu corpo flexionar e voltar ao normal em 5 segundos após a pergunta 


-Eu só... queria algo diferente pra nós dois- Resposta demorada, mal sinal? Não sei


-Eu com certeza adorei- ele sorriu olhando pra mim, olhando como mais cedo quando tentei ignora-lo. O brilhinho nos olhos acompanhando o do sorriso torna esse homem ainda mais bonito


-Vem!- Deixe-me ser puxado até uma máquina de pelúcia -Escolhe qualquer uma, eu pego- Disse convicto e eu queria ver se realmente pegaria... por mim 


(ME DEIXEM SONHAR) 


-Aquele- Apontei pra um E.T no fundo da máquina sorrindo ao ver sua cara de insatisfação 


-Você está tentando me desafiar, e se eu pegar?- Oi então se você pegar me beija, digo, não sei 


-Bom, sei lá. O que você quer?- Ele foi pro mundo Yuta e voltou rápidamente 


-Isso vemos depois, se eu pegar você me deve alguma coisa é isso?- 



-Ok- Seu sorriso é convencido e agora eu estou inseguro, mas não consigo deixar de apreciar esse homem todo concentradinho. Os grandes olhos aumentam de tamanho e seu lábio está mordido sem mostrar os dentes, mordido de uma forma tão puxada que seu lábio superior fica mais elevado e praticamente tampa o inferior. Ele está lindo com as mãos segurando firme a manivela 


Eu sei o quanto ele é talentoso e inteligente, já o tinha visto fazer essa cara umas duas vezes, mas nessa, nessa eu olhei para cada detalhe, apreciei tal cena, a regata larga de basquete tinha feito o par correto com a calça colada e tênis, ambos pretos dando destaque a blusa e seus braços, não são finos nem chegam a ser grossos, os músculos marcados exalam parte da testosterona que esse homem exibe 


-Parece que alguém me deve alguma coisa- Eu balancei minha cabeça e observei a pwlucia sendo retirada da máquina e parando na mão do Hyung 


-Eu... Como você conseguiu isso?- Seu sorriso se transformou em um de lado,e ele colocou o bichinho na minha mão.

 
-Depois damos um nome, e foi fácil fácil... Quer tentar?- Sugeriu e eu olhei pra máquina 


-Eu não sei mexer nisso- Senti a textura da pelucia se transformar em uma testura macia, vulgo as mãos de Nakamoto. o E.Tzinho foi colocado em uma máquina do lado da qual agora eu estava posicionado em frente enquanto tinha minhas mãos seguradas por cima.


-Eu vou ensinar você, Sicheng.- ...É coisa da minha cabeça, ele não falou meu nome mais baixo -Escolhe outro bichinho- Apontei para um aleatório enquanto subia um pouco minha mão para ter a visão de duas mãos alinhadas em conjunto -Seu malandrinho, escolheu um fácil!- Eu não estava em posição de responder agora que sentia sua respiração na minha nuca -Esse dedo vai aqui, e ess...- Eu não conseguia prestar atenção no que ele dizia, o timbre da sua voz e seu halito quente batendo na minha pele me deixou com as famosas borboletas no estomago. 


Meus dedos se moviam por obediência e reflexo, mas eu não estava realmente prestando atenção no que fazia, as mãos quentes cobrindo as minhas aqueceram meu corpo inteiro e em seguida a voz na minha orelha piorou tudo. 


-Winko?- A voz baixa me fez suspirar baixo e fechar os olhos como se aquilo fosse me concentrar

 
-O-oi?- Merda! 


-Você ouviu o que eu te disse?- 


-Não...- Sua risada nasal contra a minha orelha me fez abrir os olhos e observa-lo de lado, não sei se foram minutos mas o longo tempo em que nossos olhos se encaravam eu senti tanta coisa através de um olhar, como se podese ver os sentimentos dele, tão puro; Até que um alto barulho veio da máquina 


-Ah não! Você perdeu Winwin!- Ele resmungou e se afastou, só então me fazendo notar o quão próximos estavamos 


-Ah... tudo bem, vem- O puxei até uma mesa de pebolim! Queria jogar, mesmo Yuta arrasando em futebol.


-E... Nakamoto marca o segundo gooooooool!!!!- Ele berrou e o olhei chateado ganhando um sorriso daqueles lindos que ele tem que me fez sorrir também 


{...} 


-Sinto lhe dizer que pebolim não é a sua área- Disse depois da 4 partida vindo pro meu lado após ter ganhado. 


-Ei! Eu ganhei uma partida seu... Japônes salafrário!- Falei sem pensar e senti um corpo levemente quente bem perto do meu 


-Do que você me chamou?- Eu estava cercado entre seus braços e a mesa de jogo, então olhei pra baixo. 


-Ja-pô-nes sa-la-frá-ri-o-- Silabei e senti suas mãos atacando meu corpo em cáricias de cima pra baixo -Cócegas naaaaaao!- Corri do jeito que pude 


-Volta! Cócegas sim! Seu castigo por ser um mal perd- Antes de sua frase acabar eu cai no chão depois de ter esbarrado em uma máquina grande e branca, sorvete! -Você ta bem??!


-Yu... Pega pra mim- Pedi apontando pra máquina do lado e ele sorriu levemente, estendendo primeiro uma mão pra mim, me levantando e me guiando até uma mesa do lado da máquina. Em seguida ele voltou com dois sorvetes em mãos 


-Esse eu ganhei de brinde- Me mostrou um pirulito e eu o peguei 


-Obrigado...- Nos sentamos em uma mesa bem perto um do outro para conversarmos, os assuntos variando sobre tudo. Eu amo passar meu tempo com Yuta Nakamoto e só eu devo saber disso. 


-Então no próximo mv você quer fazer uma coisa mais diferente ainda no cabelo?- Ele perguntou e assenti 


-E você? Não tem nenhuma expectativa pro próximo?- Ele colocou a colher na boca enquanto parecia pensar 


-Eu.. não sei, acho que gosto da surpresa, sabe? O fato de não ser nada do que imaginamos- Peguei um guardanapo e passei por sua bochecha limpando a machinha marrom que ali estava, em seguida me queixo foi limpado e nós rimos. Tomamos nosso sorvete normalmente se limpando e sujando um ao outro de proposito. 


-Duvido que me ganha no disco!- Desafiei enquanto andávamos pelo fliperama com o E.Tzinho; Esse não é um grande fliperama, é pequeno. O tamanho não era considerável para a quantidade de jogos já que tem muitos aqui. 


-Desafio aceito- Coloquei o bonequinho em cima da mesa de Pebolim enquanto pegava a minha "raquete" 


-Se eu ganhar ai você deve algo pra mim ok?- Ri, jogar apostado da mais emoção vamos admitir 


-E se eu ganhar você me deve 2 coisas?- Assenti e ele sorriu pegando a sua também. Em menos de 1 minuto de jogo eu marquei o primeiro ponto 


-OOOOH!- Gritei não muito alto mas brincando, recebi um sorriso e o disco arremessado em minha direção rebati rápido enquanto alternava olhar o cara lindo que eu tinha pra me divertir e o jogo que era nossa diversão. Eu me senti como se nada em volta existisse... Era só nos dois, o E.T e aquela mesa. Mas quando o último ponto apitou eu tive que comemorar -Parece que eu ganhei!!! Olha só!- saltitei até o seu lado da mesa, vendo que o sorriso que mantémos durante todo o jogo continuava ali. 


-Parabéns China, 1 a 1- Correu até o próximo jogo, dardos. aaaaaaaaaaaaa 


-Mas Nakamoto... Eu não sei jogar isso- Acho que a essa altura eu estou tímido, pois Yuta me olha com um sorriso nervoso e passeiava por todo o meu rosto, geralmente só faz isso quando tem algo errado com ele ou quando eu fico nervoso/tímido/triste 


-Eu vou te ensinar Winnie! Vem cá vem.- me coloquei em seu lado logo sendo posicionado por ele mesmo em frente ao alvo, seu braço grudou ao meu até chegar em minha mão. Evitei olha-lo e prestar atenção no jogo -Então você fecha o olho de lá e mira- Fiz e ele prosseguiu -Joga- Soltou meu braço que jogou o dardo e acertou perto da 4 linha, já estava bom pra um começo vai! 


O japônes jogou e acertou a segunda linha sem esforço, sorrindo de si. 


-Vamos mudar!- Puxei ele de novo e assim ficamos girando por aquele local, eu não vi o tempo passar por isso dei um grito quando ouvi o rélogio do estabelecimento bater 00:00! eU CHEGUEI AQUI 20:00 O QUE TÁ ACONTECENDO?! 


-Nós podemos ir se você quiser, a sm deixou a gente até umas 1 da manhã- eu neguei 


-Vamos, foi divertido mas quero entrar em baixo de cobertas- saímos do local entrando em um carro em seguida, carro da empresa. Eu só notei que minha mão estava junta de Yuta na hora de entrar no autómovel que foi quando se separaram... Eu devo ter segurado-a quando estavamos discutindo em qual lado estava o E.T... 


{...} 


-Ei, o que foi?- Senti uma mão no meu queixo enquanto eu segurava meu pé, com um sorriso (meio) besta no rosto. 


-Obrigado por hoje... Foi muito incrível- 


-De nada meu Winnie- Senti seus lábios na minha testa e fechei os olhos aproveitando os 3 segundos em que o contato durou, eu sorri e me agarrei mais ao seu corpo, apagando em seguida. 

Independente de ter sido um encontro ou não, foi maravilhoso porque ele tava lá comigo...


Notas Finais


OI! COMO VOCÊS TÃO? VOU PREPARAR A CAPA DE UMA DAS 7 FANFICS NOVINHAS QUE VÃO SAIR!

vocês tem um palpite pra qual shipp vai ser??!!! Diz ai!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...