História Secret place - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO
Personagens Personagens Originais
Tags Hobi, Hoseok, Secret Place
Visualizações 5
Palavras 2.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Galerinha do meu colação!!
Como estão meus amores?, eu mudei a capa achei aquela sem graça, continuando, com o meu atraso, vou deixar de tédio e começar realmente me expressar nessa fanfic, então tipo, continuem lendo pelo amor de deux, amo vocês♡♡♡
Desculpa pelos erros♡; )e esse episódio fala um pouco do Namjoonzinho♡
Então pega a pipoca, coloca o fone de ouvido e tenha uma boa leitura.

Capítulo 3 - Selo


Fanfic / Fanfiction Secret place - Capítulo 3 - Selo

Em um dia quente de verão, estava uma pássaros a voar tranquilamente naquela tão  estranhamente linda floresta, até  que se ouviu palavras que seriam o fim dos seres sobrenaturais e humanos em especial. E essas palavras eram...

Hoseok: O Selo foi quebrado.

Namjoom

Sinto um dor em minha cabeça, minhas mãos foi levada a cabeça e assim olhei para baixo, puxei fortemente os meus grizalhos acizentados cabelos, e depois  do ocorrido fechei meus olhos em referência à uma forte dor de cabeça  que me assolava.

Namjoom: AHHHH!--- grito em forma de desespero esperando que tal ato fizesse hoseok me ajudar, mas só  fez com que minha dor piorasse.

Hoseok: MIN YOONGI! ME AJUDA O NAMJOOM TÁ.....EU NÃO  SEI ME AJUDA!!--- ele corre para mim com o olhar totalmente preucupado e eu infelizmente desmaio, apenas ouço gritos abafados de hoseok, pois minha audição desligou.--- MIN YOONGI! ALGUÉM  ME AJUDA POR FAVOR! SOCORRO!MIN YO......--- e desmaio totalmente.






Flash back .



Eu acordo em casa, devia ser umas 10:00 horas, acho que minha ajuda para hoseok havia ajudado o mesmo com suas crises por sangue - dou um sorriso de canto - nunca mais quero voltar na porra daquele escritório, siceramente estou sorrindo de nervoso por que eu tive que matar um cervo(na verdade foi dois) e ele ainda matou um humano kkkkk.

 Porém vejo Jisso entrar aqui em casa toda rebelde como sempre, roupas góticas, cabelos roxos soltos, e uma maquiagem de olhos escuros e a boca vermelha, short curto rasgados por cima de uma meia calça arrastão, com um blusão tbm escuro e uma bota preta com correntes de ferro, brincos de corrente em suas orelhas e a vejo encontrar minha visão e me afasto um pouco para trás e fico de frente do sofá, ela dá  um sorriso de canto como se dissesse "Te achei!". Ouço com minha audição melhorada, seus pés pegaram impulso e eu abro os braços, fecho meus olhos e sinto em milésimos de segundos seus macios braços me enlaçando com sua força melhorada, eu caí  para trás, no sofá, e logo eu os abro vendo a mesma com a cabeça deitada a meu tórax, e logo estendo os meus braços  para abraça-la enquanto sorria fazendo fecha meus olhos.

Jisso: Como foi o dia, meu leite condensado? --- ela lança a pergunta e eu só  respiro e sopro pela a boca, mostrando a mesma meu cansaço, ela ligeiramente me solta e sobe mas pra cima de meu corpo e deita sua cabeça em meu pescoço e leva seus braços para minha cabeça o levanta e os cruza e eu deito a cabeça novamente dessa vez em seus braços. --- O Hoseok deu trabalho de novo, né? --- eu assinto com a cabeça. --- Você sabe que isso é  pro bem dele né? --- Assinto novamente --- Então vale a pena ué! --- ela levanta a cabeça e me olha, com falsa raiva, e eu abro os olhos novamente viro minha cabeça pra ela e ela não me tirava os olhos castanhos

Namjoom: O único jeito pra ele vai ser trancando ele, sério espero meus conselhos terem o ajudado, muitas famílias estão morrendo depois daquela cerca, mas principalmente ele tentou me atacar quando estava na cerca alegando que eu era um humano, quando virei para trás eu olhei a milésimos de meu pescoço, juro que eu havia me congelado total --- me arrepio após pensar no acontecido --- Mas isso já  passou, você  veio cedo, não? 

Jisso: Não tive aulas de bruxária hoje, a única aula foi de métodos de morder e correr rápido, mais já  sei disso tudo --- ela faz biquinho 

Namjoom: A mas quem mandou uma bruxa se casar com um vampiro? --- retiro uma risada de seu rosto e sorri também.

Jisso: Você tá muito cansado? --- Nego com a cabeça --- Tá bom então. --- ela sobe as pernas as sentando em minha cintura e retira seus braços de trás da minha cabeça, e me surpreende ao me beijar afoitamente e euforicamente,  meus braços que estavam em suas costas, descem e começam a dar leves apertadas em sua bunda, a mesma arfa entre o beijo, e parou o beijo pela a falta de ar --- É que hoje eu tô elétrica....--- retorna ao beijo com mais vontade e eu sinto minha nuca ser maltratada e arfo também, depois levanto-a comigo e seguro suas coxas seguindo para meu quarto mas como estava concentrado no beijo a empurro contra a parede do lado da porta, e aproveito para roçar nossas intimidades necessitadas a fazendo gemer e dou um sorriso e a levo pro quarto fechando a porta em seguida.

Depois de beijos totalmente enloquecedores a derrubo na cama e ouvimos as pernas da cama racharem e sorrimos e me retorno sorrindo porém  retirando suas botas, ela dá um sorrisinho malicioso, e vou para cima da mesma, puxo seu queixo que me encontrava com a respiração falhada. Posiciono minhas mãos para de baixo da blusa em procura de seus seios, quando ela ia arfando ouço um grito, não um gemido de Jisso mas um grito por seu nome.

J-JISSO! PRECISAMOS DE VOCÊ !

Quando ouvimos isso, nos preucupamos, e rapidamente corremos para fora e estávamos de roupa, apenas ela estava sem as botas e vimos sua mãe e sua melhor amiga lá fora.

Jisso: Mãe, Lia?--- ela as olha com a interrogação na cara. 

Lia: Jisso! Sua mãe é a bruxa mais forte daqui e eu e você também!...--- após ouvir isso minha respiração acelera não  sei o porque---....E mesmo que---sua voz quebra e vejo a mesma derramar lágrimas--- Podemos nos orgulhar disso ouvimos dizer que...que...que a Ivy está viva....--- sinto um calafrio percorrer por todo meu corpo ao ouvir aquele nome--- E está vindo pra cá....ela recuperará todas suas forças se vir pra cá ou pisar na terra da floresta --- vejo Jisso estremecer e dar um pulo pra trás de susto --- É para isso não  acontecer teremos que fechar a cerca com um selo das três almas das bruxas mais poderosas do reino --- sinto minhas bochechas úmidas e caio de joelhos no chão por não  ter forças por ouvir aquilo --- E somos nós as escolhidas.--- Jisso vai ao meu encontro e me abraça com toda suas restantes forças e começa a chorar e eu a abraço e ela começa  a falar.

Jisso: Me perdoa Nam, me perdoa nam, eu te amo muito Kim namjoom, eu te amo muito muito. --- me sinto mais fragilizado.

Namjoom: Não posso deixar você  ir Jisso, você  vai morrer! Você é o amor da minha vida, você  vai perder todas suas forças e ainda vai ter  uma morte demorada e dolorosa não  quero vela sofrer!

Jisso: Namjoom, eu preciso ir, pelo bem do reino, pelo o seu bem, você  sabe que Ivy irá  destruir todo o reino e os humanos. 

Namjoom: Não! Eu....Eu te amo Jisso--- falo e sinto minhas lágrimas correrem com se minhas bochechas fossem uma olimpíada, mas eu me entrego e me rendo.--- P-pode ir...---lentamente solto meus braços de suas costas e a permito sair, mas ela não  havia me soltado ainda.

Jisso: Pelo o menos quero que saiba que eu te amo, e eu quero que vá me acompanhar a calçar os sapatos e a cerca. --- isso é tortura pra mim, porém vou pelos o menos vê-la dar seu último suspiro, assinto para a mesma e nos levantamos e fomos para meu quarto e ela se sentou na cama e eu me agachei e comecei a calçar seus pés deixando lágrimas caírem na bota.--- Vamos não  lembrar disso, deixa eu assinar seu pescoço pela a última vez, tá  bom? --- eu a olho com os olhos vermelhos de sangue e ela me olha assustada, eu abro suas pernas e ela me olha com a cara de quem se ferrou eu subo em cima da mesma e caminha com os braços, estava botando tanta força que a cama ameaçava quebrar e ela realmente estava assustada, eu desço o meu pescoço e lhe olho nos olhos, os olhando pela a última vez e ela cruza as pernas em minha cintura a abaixando, e eu pego seu queixo pelo polegar e sinto sua pele fina pela última vez, lhe beijo pela a última vez--- Eu quem vou deixar.--- eu começo a me permitir sair as presas e vou no seu pescoço e o beijo e a mesma se arrepia e arfando e eu encaixo minhas presas perfurando seu pescoço e ouço gemer em meu ouvido e lhe sugo o sangue, senti-lo em minha boca me deixava mais faminto e exitado e começo a mover minha cintura estimulando estocadas, e me ouvidos eram tomados por gemidos manhosos, abafados, altos e baixos. Após  isso paro e lhe beijo ainda com a boca suja de sangue, e eu paro ao ver a mesma me olhar intensamente.

Namjoom: Eu te amo, Kim Jisso.--- falo isso quase em um sussurro.

Jisso: Eu também. 





×%×%×%×%×%×%×%×%×%×%×%×%

%                      Q.d.t.                         ×

×%×%×%×%×%×%×%×%×%×%×%×%




Depois fomos seguindo com sua mãe e Lia para a cerca e a cada passo desligava meus sentimentos.

M/j: Querida é  agora --- ela fala ao redor de uma fogueira feita em segundos por pura magia. Solta minhas mãos e eu me sento encostado na árvore. Sua mãe  começou a falar palavras, depois disso um luz começou a sair de sua mãe e depois Lia a acompanhou e o mesmo aconteceu com a mesma e logo depois Jisso e ela também começou a brilhar, elas começam a levitar pelo ar e minhas lágrimas não paravam  de cair, senti suas respirações falharem e as mesmas não  paravam de falar aquilo e por final suas almas saíram de dentro de cada e vi a de Jisso ser preta com o cinza de meus cabelos, e comecei a chorar muito pois sei que ela gostava de preto e sempre dizia amar a cor de meus cabelos. Por final elas param de falas pois haviam morrido, e vejo o selo se fe hando. Seus corpos começam  a querer cair e eu  me prontifico a correr para segura-las. Levo as para o reino e vejo todos me olhando com 3 mulheres nos braços. E o pai de Jisso pega as duas e começa a chorar os pais de Lia a pegam como se tivessem sido derrotados eu não  demonstrava nem um setimento e vou seguindo para casa e ouço o pai de Jisso me chamar.

Yeron: Kim Namjoom!--- paro de caminhar e o ouço--- Quero que guarde minha filha com você, mesmo sendo difícil, a preserve por favor! --- eu me viro pego Jisso morta em meus braços e a levo comigo e olho pro seu pai que me olhava agradecido e levo-a para minha casa.




Flash back.




Namjoom: JISSO! --- acordo em meu quarto com Yoongi e Hoseok que se assustaram ao me ouvir gritar. Só me sento na cama e começo a chorar.

Yoongi: O Namjoom não  chora....--- fala me abraçando  junto a Hoseok.

Hoseok: Se quiser ver Jisso ela ainda está  intacta no quarto de Yeji. --- eu o olho e limpo as lágrimas e me dou partida a abraça lo  e depois yoongi.

Namjoom: Amo vocês! --- me viro a hoseok--- Hoseok você  tem certeza?

Hoseok: Desculpa, mas é....sei que faz mais ou menos 200 anos, mas ela continua intacta, e a cerca fOi aberta por uma criança  chamada Chang Lize e tem apenas 2 anos, então  tipo já  dá pra ver que ele foi quebrado.

Namjoom: Tudo bem, vou na cerca amanhã, calma aí que porra é  essa? Uma criança  entrou aqui? Você  sabe quais são os ricos, né  hos...........MEU PAI!!!! A CRIANÇA  MORREU?--- ele me olha com desprezo

Hoseok: Primeiro: ela não MORREU! segundamente: Você  dormiu por FUKING TRÊS  DIAS S-E-G-U-I-D-O-S! SEGUIDOS! Então  não  há  nada de você  reclamar!!!!

Namjoom: Nossa! Passei do seu recorde, em yoongi?

Yoongi: Vai se lascar!


Ouvimos a porta de meu quarto abrir depois de um tempo, a luz revelou quem estava  ali. Após  nós três  olhamos aquela figura nos ficamos de queicho caído....



???: Namjoom? Nam?











Notas Finais


Então.....né?
Comentem suas teorias hum♡
Só vou postar o outro se tiver um comentário..... hehe amo vocês ♡
Se tiver um comentário ou um favorito até 00:30, posto o outro amanhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...