História Secrets - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Jenna Sommers, Jeremy Gilbert, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Lexi Branson, Matt Donovan, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore
Visualizações 69
Palavras 1.654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oooooi! Tudo bem? Quero agradecer a Amanda Diares que sempre está comentando nessa história e me incentivando a prossegui-la, e graças a você faço questão de atualizá-lo o mais rápido possível.
Queria agradecer aos que já acompanham mas não participam muito, mas também pedir que participem mais!
Confesso que a parte final desse capítulo e o próximo que vai vim foi o que me deixou mais divertida, resumindo me causou graça, espero que tenha o mesmo efeito em vocês! Mas sem Delongas vamos ao capítulo de hoje.

Capítulo 16 - Pleasure (Part Two)


PDV Elena

Abri meus olhos aos poucos e percebi que estava pelada, também senti braços fortes em minha cintura, e um pênis roçando entre as minhas pernas, pelo o tamanho já até sabia de quem era, me virei um pouco e vi que era real, o Damon ali era real, a maratona de sexo agitado que fizemos era real, a quantidade de orgasmos que senti, na verdade nunca senti essas sensações nem com Matt ou Stefan. Na época eramos jovens e minhas transas com o Matt eram muito sem graças, eu fazia por curiosidade não por vontade, já com Stefan era mais romantico e bem mais lenta, um pouco melhor que com Matt mas não chega aos pés da com Damon, tive em dois relacionamentos e nenhum deles me tocaram como o Damon me tocou, me beijou como ele, fez sexo oral (na verdade nenhum dos dois fizeram isso) O Matt porquê na época nem sabia que isso existia, o Stefan tinha vergonha, nem eu fazia, nem ele.

Cheguei a ver estrelas com aquela boca deliciosa em minha vulva, me excito só em pensar.

De Repente ouço uma voz me tirando nos devaneios.

- Espero que esteja pensando em mim.

- Estou pensando em várias coisas Damon, incluindo no quanto você é bom em sexo oral.

Damon deu uma risadinha e começa a beijar meu pescoço.

- Eu sei que sou bom no que faço

- Nada modesto você ein?

Damon sobe em cima de mim e começa a beijar meus seios delicadamente.

- Mas você é a unica que me deixa com vontade de chupar sua boceta o tempo todo. Parece até que tem mel nela.

- E você é o unico que fez isso.

Damon começa a rir

- O que tem de engraçado?

- Você dizer que sou o única a te chupar.

- Sim você é!

- Isso é sério?? (Ele levanta a cabeça)

- Sim!

- Isso é um absurdo! Uma deusa como você, que tem a boceta mais linda e gostosa do mundo não ser chupada dignamente.

Quando o Damon falou isso fiquei vermelha igual ao um tomate.

- Não precisa ficar envergonhada, se ninguem fez, eu faço com maior prazer.

Damon me beija intensamente chupando meus lábios e dançando a sua lingua em minha boca, era incrivel como tudo se encaixava, minha lingua na sua, minha boceta em seu enorme pênis, até agora me pergunto como ele cabe tão bem e inteiro em mim.

Nos beijamos até perder o folêgo e ele começar a distribuir beijos em meu corpo e descer deixando diversos chupões, assim que chegou entre minhas pernas ele beijou todas as duas com muito gosto e subiu sua boca até minha vulva e mais uma vez senti a sensação maravilhosa que era ter seus lábios em meu clitóris, sugando, chupando com tanta maestria, sua lingua passeando por tudo e suas sucçoes voraz como se necessitasse daquilo.

- Oh Damon.. Você... Oh Ahw.

Eu nunca conseguia falar uma frase completa e coerente com Damon nas minhas pernas e quanto mais eu tentava mas forte ele chupava, ele sabia as áreas mais sensiveis da minha boceta e ele fazia questão de fazer sucções fortes lá, me fazendo me debater de tanto prazer, de repente ele para e começa a soprar em minha vulva.

- Damon Por favor...

- Damon o quê Leninha? (Fala dando um risinho safado)

- Me chupa logo caralho

- Olha a boca suja Leninha..

Ele fala e damos risadas, quando estava pronta pra reclamar ele volta a sugar toda minha vulva na boca de uma vez como se quisesse engoli-la e isso me fez gemer muito

- Ohw Ohw Isso... Acho que vou

- Goza pra mim baby (Diz ele)

E volta a trabalhar em minha vulva e assim gozo deliciosamente em sua boca.

- Você é maravilhosa sabia?

- Pode ser! Agora anda logo que eu quero você dentro de mim.

E assim Damon faz, veste a camisinha em seu pau duro e começa a estocar fundo, que me faz gemer. Ele continua com as estocadas lentas e profundas me fazendo pedir por mais, balanço meus quadris em sinal de quero mais e ele muda seu ritmo.

Entre tantas estocadas gostosas nós dois gozamos mais uma vez.

(..) (..) (..)

- Já é a quinta vez que transamos precisamos de um banho.

- Ou podemos fazer mais outra.

- Damon!! Quer me matar? Você tem fogo demais! (Reeprendo)

- Falou a Santinha! Não posso fazer nada se você é extremamente gostosa.

- Vamos pro Banho Damon!

- Só se for nós dois!!

- Acho que não vai dar certo Damon, nós vamos acabar transando .

- E qual problema?

- Já estou ficando sem energia

- Vamos tomar banho então

- Tudo Bem!

Eu e Damon entramos no banho e começamos a nos lavar, Damon pegou o sabonete e passou por todo meu corpo e quando chegou em meu clitóris ficou me provocando.

- Damon não vale você disse que era só um banho.

- Disse e Daì?

- Você está me provocando, me excitando com essa sua mão aí embaixo.

- Como? Assim? (E ele passa sua mão, e continua a me masturbar)

- Si..im (falo entre gemidos baixos)

De repente ele para e solto minha respiração em frustação.

- Damon??

- O que foi? Você não disse que eu estava te provocando? Então! Parei.

- Seu irri...

Damon me interrompe com um beijo gostoso e intenso, ele abre mais o chuveiro e a agua em nossas cabeças com mais força deixando o beijo mais molhado e gostoso. Quando nos falta ar ele pede

- Vire - se

No começo não entendo bem mas faço o que ele pede, quando mal espero seu pau está estocado em minha boceta e sua mão em minha vagina, enquanto a outra está apoiada na parede.

Logo ele começa a estocar me masturbando ao mesmo tempo, até que ele para de me masturbar e estoca mais rápido mais forte, me fazendo gemer

- Ahw Ahw Ahw oh..

Tudo que consigo fazer é gemer, gemer e gemer enquanto ele me dar altas estocadas e segura firme em meus seios

- Seus gemidos me enlouquecem sabia? (Fala ele diminuindo o ritmo e distribuindo beijos em meu pescoço)

Ele começa a estocar lento e fundo me deixando louca, e me masturbando novamente, ele morde meu lóbulo e os gemidos se intensificam mais.

- Oh Elena como você é gostosa! (Fala dando outra estocada funda) logo, ele volta a seu ritmo aumentando e estocando sem parar, são tantas estocadas que gozo

- Oh Oh Damon

Mas ele não para e continua com suas estocadas intensificadas ms fazendo gozar pela segunda vez. Quando me contraio novamente ele me masturba, esfregando meu clitóres e me fazendo gozar de novo pela terceira vez.

- Acho que vou gozar

Assim ele tira seu pau de dentro de mim e começa a se masturbar, mas não deixo ele terminar.

- Deixe Comigo!

Assim pego seu pênis e faço movimentos pra cima e pra baixo rápidos e ele solta um gemido e goza em minha mão, vejo seu esperma saindo e minha boca saliva em por ela naquele pau, mas não tenho experiência com isso então só acaricio sua glande até todo seu liquido sair.

Ele me beija e nos lavamos novamente, estou um pouco mole devido aos orgasmos e ele me segura, enquanto nos beijamos.

(...) (...) (...) (...)

Assim que saimos do banho nos arrumamos e ele me mostra suas roupas.

- Você quase acabou com as minhas roupas.

- Sorry, você estava demorando demais para tomar uma atitude (Falei dando um risinho de lado)

- Quer dizer que a culpa é minha agora senhorita Gilbert?

Ele chega perto de mim e me joga na cama e me dá um ataque de cócegas me fazendo muitas risadas

- Ah Para Damon! Para (Falo entre cócegas)

Assim ele para o ataque e nos levantamos.

- Que horas são Damon?

Ele olha em seu celular e me fala

- 08:30 da noite

Assim que escuto o horário me assusto.

- Oh céus!! Nós ficamos aqui a tarde toda??

- Quase isso!!

- Droga Damon! Eu precisava voltar para faculdade.

- Não se preocupa amanhã eu te levo.

- Não não posso, tenho aula amanhã cedo se eu for de manhã vou me atrasar.

- Será perigoso Lena você ir uma hora dessas amanhã te levo.

- Acho melhor não!

- Por que?

- Damon Chegamos aqui 4:00 são 8:30 passamos quatro horas e meia transando.

- Tecnicamente foram 3h você cochilou uma hora.

- Não importa Damon! Nós parecemos dois coelhos quando estamos sozinhos no mesmo quarto, é melhor eu ir pra minha casa.

- Tá Tudo Bem! Mas nós não comemos, topa jantar comigo?

- Tudo bem!

Nós fomos a um pequeno restaurante próximo ao hotel, pedimos os nossos pratos e jantamos

- Sabia que banheiro de restaurante me parecem um ótimo lugar pra fazer Sexo? (Damon diz)

- Chega Damon! Chega de sexo por hoje, você tem uma brasa entre suas pernas?

- Sim! E tô louco pra você apagar. (Falou dando seu tipico riso de lado).

- Até parece que isso vai acontecer, Você acabou de me provar hoje que tem fogo eterno. (Falei com sarcasmo)

- Mas sabe a ideia do banheiro é legal.

- Olha Damon adoraria fazer mais sexo com você mas eu estou sem energia, na verdade eu nunca pensei que ia dizer isso, mas me cansei de tanto gozar hoje.

(...) (...) (...)

- E então quando iremos nos encontrar de novo?

- Eu não sei Dam estou fazendo um estágio supervisionado estou sem tempo de ir e vir de Mistic Falls.

- Tudo Bem! Vou aguardar o nosso proximo encontro.

E assim nos despedimos eu e Damon nos beijamos, de inicio um beijo calmo e gostoso mas depois que as coisas começaram a esquentar nos separamos e eu fui pra minha casa.

(...) (...) (...) (...)

Quando cheguei em casa encontrei as luzes apagadas de inicio pensei não ter ninguem em casa mas comecei a escutar gemidos

- Isso Jer! Uhum que gostoso

Não acredito a Bonnie está realmente transando e ainda em minha casa.

- Oh Oh..

Enquanto tateava o interruptor bati em um dos móveis

- Quem tá aì? (Falou Jeremy)

Eu insistentemente tentei achar o interruptor mas tava dificil naquele escuro e quando consegui alguem acertou algo em minha cabeça.

A unica coisa que ouvi antes de apagar foram os cochichos de Jer e Bon

- Oh meu deus é a Lena Jer!


Notas Finais


Essa Parte da Bonnie e o Jeremy adorei confesso!!
Espero que vocês tenham gostado também! Já sabe né? Deixem seus comentários e até a próxima!!
P.S Agradeceria se vocês me ajudassem com a divulgação da Fanfic, que outras pessoas também tenham a oportunidade de conhecê-la assim como vocês, portanto DIVULGUEM! Irá me ajudar muito!! Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...