1. Spirit Fanfics >
  2. Secrets behind the soul >
  3. Maybe a presentation

História Secrets behind the soul - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Bem, é a minha primeira fic, então não me matem se tiver algo errado ou coisas do tipo kkkk enfim, boa leitura 💖

Capítulo 1 - Maybe a presentation


Fanfic / Fanfiction Secrets behind the soul - Capítulo 1 - Maybe a presentation

Ok, eu estava em um lugar escuro. Estava realmente um breu, mas isso não estava me assustando. O que me assustava era o fato de não conseguir ouvir nada além da minha respiração. De repente, uma luz branca surge e começa a me iluminar. Olho para baixo e percebo que estou com um vestido em diferentes tons de rosa, era igual ao meu vestido da minha festa de 15 anos... Onde eu tive as piores lembranças da minha vida...

              FLASHBACK ON

Amy - Viktor, você está me machucando (Ele estava segurando meu pulso com força, e já com certeza já deveria estar ficando roxo, e eu já estava começando a me desesperar)

Viktor - Vamos, minha linda, a noite agora será apenas nossa (Ele falava de um modo embolado, e dava para sentir o cheiro de álcool de um jeito bem nítido.)

Amy - D-do quê você está falando? (Eu estava com o coração batendo a mil por hora, parecia que ia pular do meu peito)

Viktor - Do quê eu estou falando? (Ele se virou impaciente) Estou falando da minha vontade de te foder tanto que você não vai conseguir se levantar. Estou falando da munha vontade de te sentir apertada, de te ouvir gemer, é disso que eu estou falando, e é isso que eu vou fazer.

Suas palavras saiam num tom tão gélido que me faziam ter calafrios. Quando ele falou isso, eu comecei a gritar, mas ele tampou a minha boca com uma de suas má. Eu esperneei, e tentei chutá-lo, mas porra, ele era mais forte do que eu, mas continuei esperneando. Uma hora ele se estressou e me jogou nas suas costas, passando a andar mais rápido. De longe eu via o local da festa, onde com certeza eu não teria boas lembranças.

Viktor me levou numa espécie de matagal, com folhas grandes que eram praticamente do meu tamanho, mas eu não estava prestando atenção, eu estava apavorada demais para pensar em coisas fúteis, e esse definitivamente não era um bom momento para se pensar nisso. Ele me jogou no chão com certa brutalidade, e me colocou no meio de suas pernas, me impedindo de te dar vários chutes. Ele prendeu meus pulsos acima da minha cabeça, me impossibilitado de me mexer. Meu rosto estava molhado em lágrimas, e eu só sentia pânico.

Amy - Viktor... Por favor, n-não faça isso...(Eu disse praticamente implorando, enquanto eu soluçava desesperadamente)

Ele me ignorou completamente, e então pude sentir seus lábios sobre o meu pescoço, me fazendo chorar ainda mais. De repente ele parou, e me olhou de cima a baixo naquele chão sujo de terra batida. Eu só sentia nojo de mim mesma. Viktor começou a passar a mão pelas minhas pernas, e isso fazia meu estômago revirar. Como se para piorar a situação, ele rasgou o meu vestido, juntamente com a minha calcinha. Ele começou a tirar a roupa e foi se aproximando lentamente de mim...

               FLASHBACK OFF

??? - AMY ACORDA!!!

Amy - Huh?

??? - Se arrume logo para a aula, garota, acha que eu sou sua empregada ou algo do tipo??

Isso era algo que se repetia sempre. Eu ficava acordada até tarde da noite, refletindo sobre a minha vida de merda, pensando no que poderia fazer para ter evitado aquela merda toda, pensando em ser outra pessoa que tivesse uma família que tivesse amor. Minha mãe nunca foi muito amorosa comigo, mas eu não ligava muito, a tristeza não deixava eu ter tempo de pensar nisso. Meu pai eu se comportava de maneira estranha comigo. Pensava se deveria contar para eles o ocorrido, mas já fazia dois anos, e eu nunca mais vi o Viktor depois daquele dia. Nós éramos tão amigos, e eu confesso que eu gostava dele, mas nunca falei nada, por medo de ser rejeitada. Enfim, vamos parar de lembrar desse passado horrível. Eu estava indo para uma nova escola. Fui até a minha suíte e tomei um banho rápido, vesti meu uniforme(Link na descrição), e fui para a cozinha. Assim que cheguei lá, tomei logo uma das pílulas que meu psiquiatra havia me receitado. Eram remédios para depressão, mas não pareciam fazer efeito, eu continuava sentindo um vazio e uma tristeza sem fim...

Rachel - Bom dia também, Amy (Ela falou sem tirar os olhos do celular. Me perguntava que diferença faria em dar bom dia ou não, se ela nem estava prestando atenção em mim, mas não me dei o trabalho de falar nada, apenas sentei na mesa, tentando comer as minhas torradas com o suco que estava ali)

August - NÓS NÃO TE ENSINAMOS A SER MAL EDUCADA DESSE JEITO!! O QUE VOCÊ TEM NESSA SUA CABEÇA? (Ele disse depois de dar um murro forte na mesa, assustando a minha mãe e eu) VOCÊ MERECE APRENDER A COMO SE COMPORTAR DE UM MODO EXEMPLAR!! (Então ele me pegou pelo braço e me levou até o meu quarto)

August - Olha, não é como se eu gostasse de você, mas olha... O seu corpinho é de deixar qualquer um duro... (Ele disse me olhando de cima a baixo. Oh, não, de novo não...)

Rachel - AMY ANDA LOGO!! (Eu a ouvi praticamente berrando lá da cozinha)

August - Que pena que sua mãe nos atrapalhou, mas sabe de uma novidade? (Ele disse segurando meu queixo com força) Ela vai viajar a trabalho, e só vai voltar na sexta, vamos ter essa casa toda só para a gente, não é legal? (Ele disse num tom alegre, como se realmente fosse algo bom, e então ele deu um beijo no meu pescoço, fazendo meus olhos encherem de lágrimas)

August - Nos vemos mais tarde, minha linda (Ele me deu um selinho, e meu estômago se revirou)

Desci rapidamente as escadas, e fui direto para a escola. Vi a entrada dela, e ela era realmente MUITO grande

Amy - Espero que aqui não seja tão ruim quanto lá em casa...


Notas Finais


https://pin.it/6Vp7m0E - Link do vestido da Amy

https://pin.it/1KgBuMM - Link da Amy

https://pin.it/7c9h6gX - Link do uniforme da Amy

Bemm se tiver algum erro me avisem, pq eu posso ajeitar logo logo, pq eu escrevi esse capítulo de madrugada e terminei agora de manhã. Talvez saia capítulo novo no fim de semana, pq tô de quarentena, mas tô atolada em dever de casa kkkk, enfim, um beijo suas lindas 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...