Hist√≥ria Secrets Life ūüĒí - Cap√≠tulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Atena, Calipso, Charles "Charlie" Beckendorf, Cronos, Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Percy Jackson, Personagens Originais, Piper McLean, Silena Beauregard, Thalia Grace, Will Solace
Tags Franzel, Jasper, Percabeth, Percy Jackson, Solangelo, Thaluke
Visualiza√ß√Ķes 163
Palavras 1.320
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
G√™neros: Ação, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olaaa, voltei com um capitulo bonos, bem vocês votaram e o escolhido foi o PERCY, espero que gostem.
Podem começar a votação para o capitulo 30

Capítulo 20 - Minha loirinha!


Fanfic / Fanfiction Secrets Life 🔒 - Cap√≠tulo 20 - Minha loirinha!

PERCY ON

Meu nome e Perseu Jackson, mas me chame de Percy. Minha vida sempre foi boa a não ser por uma parte, nunca tive muito contado com meu pai, a dia que ele aparece, mas pouco tempo depois some sem explicações, parece ate que guarda segredos, devido a isso sou muito ligado a minha mãe.

Na escola eu sou o popular, e tenho a fama de pegador, mas o que posso fazer ne! Sou capitão do time de natação e além de vamos entrar em um consenso, sou bem bonito.

Esse ano começou com a entrada de dois novos integrantes ao meu grupo de amigos, Jason que se mostra um amigo bem leal, além de ser legal para um caramba e a mais importante entre as novidades desse ano e Annabeth Chase, ou Anny, minha loirinha, sabidinha, e diversos apelidos que ainda irei acrescentar a essa lista, bem tenho que confessar que ela e bem bonita, esses cabelos loiro lindos, seus olhos acinzentados e o jeito dela me tira do serio.

Apresentações feitas, vamos voltar ao dia de hoje nesse momento estou caminhando pelos corredores da escola indo para o refeitório, entro e vejo as meninas em uma mesa, e quando entro minha loirinha olha com um olhar flamejante para mim, e dou um sorriso irônico para ela, que bufa e volta ao assunto com as meninas. Me sento na mesa com os garotos e logo eles vem as marcas: do marca do soco e do tapa e não deixam passar a despercebidas.

Luke: Quem te socou Percy?

Leo: Nos vamos quebrar a cara desse garoto.

Ri da situação que a marca tinha causado, todos os garotos que estavam com caras de soldados que iam para guerra olharam para mim com cara de interrogação quando já estava dando gargalhado, me lembrando do que havia acontecido mais cedo.

Will: Você ta bem Percy?

Percy: To! Não foi um garoto e vamos dizer fui eu que provoquei!

Charles: Pera vocês esta me dizendo que foi uma garota?

Percy: Sim

Nico: O que você fez agora?

Percy: Podemos dizer que ela e bem esquentadinha e eu a provoquei do jeito que ela menos gosta!

Olha um novo apelido para minha loirinha. Eu ria de cada cara que eles faziam, a cada pergunta respondida.

Jason: Quem é a tal garota?

Leo: Nos a conhecemos?

Percy: Sim!

Comecei a rir da curiosidade dos meninos e das caras de interrogação mais perfeitas que vi na vida os meninos olhavam para o teto pensando quem seria a tal garota, mas eu não vou me atrever a contar o que estava acontecendo entre mim e ela, na verdade nem eu sabia o que era direito. Eu olhei para Anny, Luke percebeu meu olhar para ela.

Luke: Cara foi a Anny?

Eu dei  riso de lado para logo depois assenti com a cabeça e todos me olharam com cara de meio impressionados e depois de espanto.

Leo: ANNABETH EU TE IDOLATRO!!!

Que ótimos amigos tenho, a garota me bate, deixa marca e eles falam que idolatram ela! Ele gritou e ela olhou para ele com uma cara de interrogação, para depois dar de ombros e ignora-lo.

Charles: Ta ai uma garota que não se brinca!

Will: O que você fez para Anny, Perseu?

Percy: Nossa eu sou um santo!

Fiz uma cara de anjinho, juntei as mãos como se tivesse resando, e a única coisa que consegui foi uma negação com a cabeças dos meninos e depois risos.

Nico: Só se for, no tártaro. (Risos)

Leo: Fala logo Perseu, não sei por que gosta tanto de irritar essa garota.

Percy: Porque e divertido!

Will: Não, de duas uma, ou você gosta de irritar ela porque ela te irrita também ou porque, você gosta dela. Eu aposto na segunda.

Percy: Que vigem e essa Will? Eu não gosto da esquentadinha!

Will: VOU FINGIR QUE ACREDITO, nunca ouviu Garroto Errado da Manu Gavassi querido?

Percy: Não, que que isso tem haver?

Wil: Seu sorriso e seu jeitinho, de tentar me irritar.

Ele cantou e foi minha vez de ficar com cara de interrogação.

Will: Você a irrita porque gosta dela e como se fosse à versão ao contrario da musica, pode ser esquisito, mas por mais que negue sabe que tem um pouco de verdade nisso, mas também sei que não vai admitir isso, devido estar confuso, com esse turbilhão de sentimentos.

Odeio o Will, sempre adivinhando o que sinto e o que penso. Ele se declarou gey, a pouco tempo e desse tempo para cá, ele virou um psicólogo, e por mais que eu negue algo parece que ele vê que estou mentindo através de uma bola de cristal e sabe o que estou sentindo, e por esse motivo ele me faz admitir o que não quero. Pouco tempo depois o sinal bateu e convidei Jason para ir para minha casa, devido Luke, estar indo para a dele, ver a irmã e Anny o proibiu dele, impedir Luke de ver ... Thalia (acho que e esse o nome). Chegamos em casa e logo minha mãe surgiu que nem um fantasma atrás de mim, dei um pulo e Jason riu.

Percy: Dona Sally, você quer me matar de infarto!

Sally: Desculpa-me, filho, você esta bem?

Percy: Eu vou ficar depois que meu coração, voltar para o peito já que ele veio na boca.

Percebi ela encarando Jason com cara de interrogação, e logo ela olhou para mim com olho arregalado, esperando que eu apresentasse os dois.

Percy: Que foi? Me deu um susto, agora espera.

Assim que recuperei o folego apresentei os dois e como sempre ela ofereceu seus doces. Logo subi com Jason para o quarto. Nos conversamos um pouco de assuntos variados e chegamos na parte da irmã dele.

Percy: Por que não a apresentou antes?

Jason: Não somos muito próximos

Percy: Mesmo assim sente um ciúme enorme dela, quando soube que Luke a veria quase o prendeu com correntes dentro da escola.

Jason: Ela e minha irmã mais nova cara, eu amo ela por mais que não somos muito próximos, temos o mesmo sangue, e não quero vê-la se machucar por causa de um garoto.

Percy: Entendi

Jason: Mas falando na minha irmã, ela e muito amiga da Anny, e o que o Will falou e verdade?

Percy: Cara, queria dizer que não, mas eu gosto de ver a Anny irritada sim, sei lá, eu gosto de vê-la assim, pois ela me da atenção quando a irrito e se para ganhar a atenção dela eu precise a fazer pensar que sou um panaca, babaca garanhão e isso que vou fazer também não a culpo ela de pensar assim, afinal tenho minha fama, realmente concordo com Will, to confuso com tudo isso, ela foi a única garota que beijo mais de uma vez, e não ligo para minha regra, que ela diz ser tosca de não ficar com uma garota mais de uma vez.

Jason: O que você acha da beleza e jeito dela?

Percy: Ela realmente e linda, seus cabelos, loiro com seus olhos acinzentados, são únicos, o jeito dela e outra coisa que e única, parece frágil, mas impressiona a todos com força e garra, e inteligente, dócil e grossa ao mesmo tempo e, além disso, ela tem um coração único pelo pouco que a conheço sei disso.

Jason: Cara, dou todo meu apoio se quiserem ficar jutos, mas a Anny não e pessoa que se brinque.

Quando ele falou aquilo senti certo, ar sombrio, como se ela tivesse feito coisas horríveis no passado. Mas logo o clima mudou com minha mãe nos chamando para comer, não sei como ainda não virei uma bola. Logo já era noite, e ele foi embora fiquei pensando, na minha loirinha e nas coisas que falei realmente ela me causou um sentimento que desconhecia, e cada palavra que falei era realmente verdade, logo dormi pensado nela.

ELA ERA MINHA LOIRINHA!


Notas Finais


Obrigada por lerem
Desculpa qualquer erro
Ate a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...