Hist√≥ria Secrets Life ūüĒí - Cap√≠tulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Atena, Calipso, Charles "Charlie" Beckendorf, Cronos, Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Percy Jackson, Personagens Originais, Piper McLean, Silena Beauregard, Thalia Grace, Will Solace
Tags Franzel, Jasper, Percabeth, Percy Jackson, Solangelo, Thaluke
Visualiza√ß√Ķes 147
Palavras 1.433
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
G√™neros: Ação, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olaaaaaa,voltei com um cap narrado pela Anny, espero que gostem

Capítulo 21 - Odeio!!!


Fanfic / Fanfiction Secrets Life 🔒 - Cap√≠tulo 21 - Odeio!!!

ANNABETH ON

Minha vontade dar outro soco na cara do Perseu e enorme, o cara de pau, ainda, entra no refeitório sorrindo irônico para mim, minha vontade era de levantar, naquela hora mesmo e soca a cara dele para deixar o outro dele inchado e roxo.

Anny: QUE MERDA!!!

Piper: Que foi Anny?

Anny: Uma merda, com olhos verdes- agua e deve ser filho igual do capeta.

Calipso: Esse cria divina, tem nome?

Anny: Tem só se for cria amaldiçoada.

Hazel: Poderia falar o nome dessa maldição?

Anny: Perseu Jackson, o capeta em pessoa, a pessoa que mais odeio, o cabeça de algas, filho do tártaro, entre vários outros nomes que não me lembro agora.

Elas olharam para ele e ele estava sentando-se à mesa dos meninos, logo elas viram o olho meio arroxeado e uma marca de dedos na cara. Logo fizeram igual em desenhos ou series, olharam para mim, para ele, para mim, para ele, comos olhos arregalados, e só pararam quando eu me prontifiquei.

Anny: QUE FOI???!!!

Piper: Você fez aquilo?

Ela apontou com a boca aberta, logo bati no seu dedo, para que ninguém percebesse da escola que tinha sido eu, e logo assenti com a cabeça.

Calipso: Que isso menina?

Anny: ELE TAVA ME IRRITANDO!!

Fiz igual uma menina de cinco anos, quando ela bate em algum amiguinho e os pais dao uma bronca nela, com direito a biquinho e tudo.

Silena: Isso não te da os direitos de bater nos coleguinhas, Anny

Anny: Ele mereceu!!!

Hazel: O que ele fez dessa vez?

Anny: Nada!!

Não queria que elas ficassem sabendo, que o Percy me beijou, e tentou outra ves, mas como eu sou muito sortuda, para melhorar a minha situação Leo gritou.

Leo: ANNABETH EU TE IDOLATRO!!!

Silena: Tem algo, sim! E você vai me contar! Se não sua vida vai virar o tártaro, Ouviu?

Ela disse levantando uma sobrancelha e apontando o dedo na minha cara . Sei que a Sil, não e uma espia, mas se fosse causaria medo ate nos piores vilões, às vezes ela me causa calafrios. Especialmente quando escondo algo dela.

 Anny: Calma, calma, eu conto nada de serem histéricas!

Piper: Sabe que isso e improvável, ne?

Anny: Sei

Fiz uma cara triste e biquinho, mas claro que elas queriam saber logo e não tiveram clemencia de mim.

Calipso: FALA LOGO!

Anny: Quando eu persegui o Percy, nos estamos no ginásio, quando o alcancei, dei uma rasteira nele e ele caiu ai dei um soco nele, pronto?

Silena: Não! Falta o tapa!

Anny: Taaaa, na hora que dei o soco nele, já ia embora e ele me puxou e me beijou, ele tentou de novo, mas dei um tapa nele, PRONTO, NÃO FALTA MAIS NADA, E NÃO GRITEM MUITO ALTO POR FAVOR, FINJAM PELO MENOS UM POUCO QUE SÃO NORMAIS.

Elas tamparam a boca e começaram a dar risinhos baixos, mas dava para ver que elas ainda iam explodir, só não sabia a hora que isso ia acontecer. Por incrível que pareça a Sil foi que passo essa crise mais rápido.

Silena: Eu...

Ela já ia terminar a frase, mas eu tampei a boca dela ela olhou para minha mão e termino a frase.

Silena: Shippo?

Anny: Eu não odeio aquele menino

Annabeth, por quê? Por quê? Me explica qual o seu problema? Assim que falei isso elas começaram a encher meu saco.

Calipso: Annabeth você odeia, ele, porque gosta dele.

Annabeth: Oi? Não mesmo?

Piper: E igual a filosofa Manu gavassi fala.

Anny: Meninas, seus níveis de loucura já não são normais, mas isso ultrapassa os limites, DE QUE PORRA ESTÃO FALANDO?

Hazel: Odeio? Manu gavassi, nunca ouviu?

Anny: Não

Silena: Ela descreve sua vida

Piper: Há mais e agora que você vai ficar sabendo e sua musica amiga.

E pronto começaram a cantoria, MEUS DEUSES, ME LEVEM, ME LEMBRE PORQUE ELAS SÃO MINHAS AMIGAS, LIGUEM PARA HOSPICIO AGORA PARA A AMBULANCIA, ESTOU CONVIVENDO COM LOUCAS.

 “Eu odeio o seu sorriso, e seu jeito de falar

Eu odeio quando você me olha, e eu dou risada sem pensar

Eu odeio quando você me chama para conversar

Eu odeio quando você vem, e odeio mais ainda te esperar

Eu não sei o que fazer

Não tem ninguém aqui pra me impedir de te escrever

Outra canção pra me fazer entender

Que eu te odeio tanto porque gosto de você

Eu nunca acreditei que era mesmo pra valer

Eu nunca admiti que me importava com você

Agora tanto faz não quero mais me esconder

Estou falando na sua frente que eu te odeio

Por gostar tanto assim de você

Eu odeio dar conselhos que você nem vai usar

Eu odeio quando você fala dela e eu finjo não ligar

Eu odeio ver você com alguém que não tem nada a ver

Eu odeio ela ser tão sem graça

E você nem perceber

Eu não sei o que fazer

Não tem ninguém aqui pra me impedir de te escrever

Outra canção pra me fazer entender

Que eu te odeio tanto por que gosto de você

Eu nunca acreditei que era mesmo pra valer

Eu nunca admiti que me importava com você

Agora tanto faz não quero mais me esconder

Estou falando na sua frente que eu te odeio

Por gostar tanto assim de você

Você vai acordar um dia e perceber

Que mesmo eu sendo, um pouco estranha do meu jeito

Eu tentei te convencer

Que hoje eu acredito que é mesmo pra valer

Confesso, eu admito que me importo com você

Agora tanto faz não quero mais me esconder

Estou falando na sua frente que eu te odeio

Por gostar tanto assim de você.”

Na saída elas ainda cantavam essa bendita musica, logo lembrei que Luke ia para minha casa o para ver Lia. Fui correndo para perto dos meninos e as vacas que chamo de amigas vieram, para trás, já tava torcendo para que alguém engasgasse ou perdesse a voz.

Anny: Vamos agora!!!

Leo: Que coro e esse ai atrás de você?

Anny: Essas são as vacas que chamo de amigas, que precisam ser internadas urgentemente em um hospício! Explicado vamos?

Jason: Ta, tchau galera!

Anny: Vamos Luke?

Jason: O Luke vai?

Anny: Sim, ele vai ver a Lia

Jason: Pera o que?

Anny: Se você começar com esse ciúmes imbencil eu juro que você não pisa lá em casa, e faça me o favor a Lia e bem grandinha e sabe se cuidar e você sabe disso muito bem, ainda mais, o Luke e seu amigo, ele não vai fazer nada, só vai para ver se ela ta bem.

Jason: Eu não vou então

Anny: Jason para de ser criança.

Jason: Voce mesma falou que e para eu não sentir ciúmes se eu for eu vou então, eu vou para casa do Percy. Podem ir.

Anny: Ok, então.

Fui andando com Luke ate minha casa quando cheguei, e Lia estava de calça preta uma camisa de rock cinza que tinha um decote no peito.

Anny: Chegueiiiii!!!!!

Lia logo viu o Luke, mas por estar desmaiada não lembrava de nada, logo mordeu a maça que estava na mão dela e me encarou como se esperasse que apresentasse os dois.

Anny: Lia esse e o Luke, ele que te trouxe aqui para casa, quando desmaiou.

Luke: Oi

Thalia: Oi, obrigada!

Luke: Que isso, fiz minha obrigação.

Thalia: Quer algo?

Luke: Não, brigado!

Eles começaram a conversar de assuntos aleatórios, pois não se conheciam direito, logo Luke foi embora e fiquei sozinha com ela, já que Jason estava na casa de Percy.

Anny: O que achou dele?

Thalia: É bem bonito

Anny: Se seu irmão souber disso mata Luke enforcado e te prende dentro do quarto. ( risos)

Thalia: Ele que ache que vai me prender em algum lugar, santa aqui o você! Nunca beijou!

Eu engasguei com o café que tomava, e Lia olhou para mim desconfiada.

Thalia: Esta me escondendo algo ANNABETH CHASE?

Anny: Não!

Thalia: Você beijou o Perseu ou Percy, sei lá, não lembro o nome dele direito?

Cuspi todo o café que estava na minha boca, esse e a pior parte de ter trabalhado com Lia, ela sempre sabe quando estou mentindo, e tem uma ótima “memoria” ( só para coisas inúteis e missões).

Thalia: AI MEU DEUS ANNABETH NÃO E MAIS BVL, TINHA QUE INVENTAR UM FERIADO PARA ISSO, E UMA DATA HISTÓRICA.

E o resto da noite se passou assim eu explicando para Lia como que foi o beijo meu e do Percy e tudo que aconteceu depois. ODEIO TER UMA AMIGA QUE ME CONHECE DE MAIS!!


Notas Finais


Obrigada por lerem
Desculpa qualquer erro
Ate a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...