1. Spirit Fanfics >
  2. Secret's of an Alpha >
  3. 02. I do not know where he is...

História Secret's of an Alpha - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!!

Capítulo 2 - 02. I do not know where he is...


Fanfic / Fanfiction Secret's of an Alpha - Capítulo 2 - 02. I do not know where he is...

 

 02.  I do not know where he is...  

  

 - Ei, Stiles... - O chamo enquanto passava a página do bestiário.. Viro meu olhar em sua direção e o vejo sair do quarto, enquanto secava o cabelo - Como era o Nogitsune, quando você o viu? 

Ele me encarou levemente incomodado, logo o cheiro de ansiedade invade minhas narinas, levo uma mão ao meu nariz. 

- Ele tinha o rosto e mãos completamente enfaixados.. Mas logo depois ele tomou a minha forma.. - Ele murmurou enquanto andava pelo quarto. Me sento a cama, observo o bestiário em meu colo. A imagem desenhada sobre o Nogitsune, uma raposa negra que se alimenta da dor e do caos - Myriah? 

Volto meu olhar para ele, sorrio.  

 - Sim? - Pergunto observando-o se abaixando a minha frente e colocando suas mãos sobre meus joelhos, após ter retirado o bestiário de meu colo. 

- Você não andou dormindo, acertei? - Perguntou enquanto acariciava minha mão direita. 

Assenti, encosto minha cabeça na dele.. Suspiro, acaricio seus cabelos. O cheiro de lavanda do shampoo entrou em minhas narinas, isso me acalmou. 

 - Ando tendo algumas visões, com o dia que minha família foi morta.. - Afasto meu rosto do cabelo dele, o observo e sorrio - Você me lembra a minha mãe.. 

- Porque? - Stiles sorri, deixando suas quase inexistentes covinhas a mostra. 

 - Por causa de seus olhos.. - Sorrio e cutuco o nariz dele - Eles têm a mesma gentileza que os da minha mãe...  

Vejo ele arregalar de leve os olhos e ficar com as bochechas levemente vermelhas, dou uma leve risada. 

- Você... - Ele desviou o olhar, mas logo depois voltou o olhar pra mim - Melhor irmos logo para o aeroporto.. 

Bagunço seus cabelos, ele se afasta de mim e logo posso me levantar. 

 - Okay, vamos lá.. - Me espreguiço, sentindo os ossos de minha coluna estalarem. 

- Devo colocar o bestiário, na sua bolsa? - Stiles me perguntou enquanto segurava o bestiário com ambas as mãos, assenti e logo o mesmo foi colocar na bolsa.  

Fui tratar de colocar algumas peças de frio na minha mala, estava tudo normal.. Até eu ouvir o barulho de motor. 

Um motor muito conhecido por mim, era a viatura de Noah.. E ele não está sozinho, a outro carro. 

Andei rapidamente até Stiles, que me olhou confuso. 

- O que houve? - Perguntou já começando a emanar ansiedade por cada poro de seu corpo. Vou até o criado-mudo e retiro um relicário, vou até ele e coloco no pescoço do mesmo. 

 - Seu pai está aqui.. - Murmuro na orelha dele - E têm dois lobisomens com ele, um Alpha e um ômega.. 

Stiles arregalou os olhos. 

 - Não tire o colar, ele irá esconder seu cheiro - Seguro os ombros dele e logo o puxo para um abraço - Eu volto logo, não faça nenhum barulho.. Okay? 

- Okay.. - Stiles murmura. 

Eu o afasto, vou até a porta e a abro, me viro olho para ele, sorrio.. Logo depois saio e fecho a porta atrás de mim. 

Permito meu cheiro se expandir para qualquer canto da casa, para assim encobrir o cheiro de Stiles. Desço as escadas e cruzo a sala, indo de encontro a porta de entrada, suspiro e abro a mesma, dando de cara com Noah e outro dois homens, um deles era Scott. 

 - Noah e Scott? - Pergunto passando meus olhos entre os dois e meu olhar para no terceiro homem, ele tem a expressão séria - E um ômega? 

Percebo os três arregalarem os olhos. 

Acho que falei demais.... 

- Você é uma.. - Scott começou a se pronunciar, mas o interrompo. 

 - Lobisomem? - Pergunto sarcástica - Sim, eu sou uma de nascença.. Mas vejo que você é um Alpha. 

Sorrio, mas me controlo para não mostrar meus olhos. 

 - Mas não um Alpha qualquer.. - Me afasto da porta e vou até Scott, ando em volta dele o analisando, logo arregalo meus olhos - Wow, um Alpha genuíno.. A última vez que vi eu tinha apenas nove anos. 

Franzo minhas sobrancelhas ao me lembrar, por reflexo minha mão vai até o colar em meu pescoço.. Balanço a cabeça para afastar aquela lembrança que dói tanto em minha alma lupina. 

- O que você é..? - Vejo o homem desconhecido por mim perguntar, aqueles olhos verdes me analisando seriamente - Você não é uma beta e muito menos uma ômega..  

Terei de ficar de olho nele, pode ser uma ameaça.. 

- Não é necessário você saber.. - Respondo rudemente, cruzo meus braços e meu olhar cai em Noah - Porque vieram ao meu território? 

- Myriah.. É sobre o Stiles - Começou Noah, descruzo meus braços e arregalo meus olhos. 

 - O que têm ele? - Pergunto começando a ficar nervosa, logo arregalo meus olhos, Noah fica em silêncio, ando até ele e seguro a gola de sua farda policial - Noah, me diz que ele está bem!! 

Sinto meus olhos lacrimejarem.. 

O solto após sentir a mão de Scott em meu ombro direito, respiro fundo tentando me controlar. 

 - Eu tive uma visão dele vindo até mim.. - Digo após secar minhas lágrimas inutilmente - Eu percebi a demora dele, então fui ao seu encontro.. 

Me direcionei aos degraus da varanda e me sentei, minhas mãos tremiam. 

 - Mas a única coisa que encontrei foi o jipe.. Não tinha mais o cheiro dele ou de outra pessoa, a chuva havia apagado tudo - Murmuro enquanto esfregava uma mão na outra. 

Agradeço que tenha chovido a quatro dias atrás quando Stiles chegou.. 

- E onde está o jipe? - Perguntou o homem que eu ainda não sabia o nome. 

 - Na minha garagem, eu ia ligar para Noah vir buscar - Desviei meu olhar para Noah - Eu deixei lá para ver se havia algo que eu pudesse usar para farejar.. Mas só tinha uma blusa suja, que não deu nenhum resultado. 

- Como assim, você teve uma visão? - Scott finalmente se pronunciou após o meu pequeno drama. 

Paro e penso. 

Como caralhos vou explicar isso sem dar a resposta do que eu sou?! 

 - Como posso explicar isso.. - Murmuro esfregando as mãos - Minha mãe era uma híbrida entre bruxa e lobisomem.. Ela conseguia usar sua magia sem afetar o seu lobo interior, o que a fazia a Alpha genuína mais forte e amável que conheci até hoje.. Ela tinha visões, as vezes contavam coisas que aconteceriam, ou que já aconteceram.  

Uma lembrança de minha mãe veio a minha mente, sorri ao lembrar de seus longos e volumosos cabelos castanhos, seus olhos de mesma cor, mais que mesmo quando ficava séria, eles demonstravam gentileza. Como sempre brigava comigo quando eu me transformava em minha forma de lobo e enchia a casa de lama. 

Solto uma pequena risada, mas logo meu riso morre ao me lembrar de como ela morreu. 

Ela me protegeu, até o momento que Cláudia Stilinski nos achou.. A melhor amiga de minha mãe prometeu que me cuidaria como se eu fosse filha dela. Mas logo Cláudia ficou doente e eu tive de ir pro Japão após Ikuso me encontrar. Lembro de eu me despedir de Cláudia, ela havia me dado um beijo na cabeça, pediu para eu cuidar de Noah e Stiles. 

Limpo as lágrimas que novamente caíram.. 

- Myriah.. - Noah colocou a mão em meu ombro, o olhei e sorri, logo abanei a mão dizendo para esquecer. 

 - Eu só me lembrei de minha mãe e da tia Cláudia.. - Respondo o olhando, mas ao perceber o que disse fiquei triste ao perceber sua expressão, me levantei e o abracei - Eu sinto falta delas.. 

- Eu também querida.. Eu também.. - Noah murmurou logo após deixar um beijo em minha cabeça. 

Me afasto do mesmo e logo um barulho é ouvido por mim, olho em direção da casa, Scott e o outro homem também olham para minha casa. 

 - Okay.. Vocês vieram aqui por outro motivo.. - Desvio o assunto anterior que iria se formar. 

- Ah claro.. Derek, a gravação - Noah pediu ao homem, que pude descobrir que seu nome é Derek, o mesmo veio até mim e me estendeu o celular dando logo play a uma gravação.  

"Nandesuka, nande​suka.. Daremoga sore o motte imasuga, dare mo ushinau koto wa arimasen?" 

Arregalo meus olhos ao entender o conteúdo da gravação. 

- Consegue entender o que é dito? - O tal Derek perguntou seriamente. 

 - É claro que eu entendo japonês, eu passei oito anos no Japão - Observo ele, mas logo o conteúdo da gravação me deixa nervosa - Quem é a pessoa que falou isso? 

- Stiles.. - Os três se pronunciaram ao mesmo tempo. 

 - Okay.. Se trata de uma charada, que é usada entre as Kitsunes.. Mas é mais usada entre as Nogitsunes - Respondo séria - Significa: O que é, o que é.. Todo mundo tem, mas ninguém perde.. 

- E qual é a resposta? - Scott perguntou ansioso. 

 - Facíl.. A própria sombra.. - Respondo e arregalo meus olhos - Stiles foi possuído por uma raposa, não? 

- Como você sabe? - Derek perguntou semicerrando os olhos em minha direção. 

 - Stiles me conta coisas que ele não conta a mais ninguém.. - Respondo rudemente - Tipo quando ele ficou um mês sem tomar Aderall... 

- ELE FICOU O QUE?! - Noah gritou, desvio meu olhar pra ele e logo fico quieta. 

Eu esqueci que ele estava aqui... 

 - Olha, o papo tá bom.. Mas eu tenho de entrar e terminar de arrumar minhas malas - Tenho um voo para pegar ainda hoje.. 

Cruzo os braços, os três me olham estranho.. 

- Vai para onde, Myriah? - Scott perguntou semicerrando os olhos para mim. 

 - Itália.. - Menti, olho para o céu.. Respiro fundo, o cheiro de terra molhada invade minhas narinas. 

Vai ter uma tempestade...  

Agora que eu parei para farejar o ar que percebi, o cheiro de Derek.. Ele cheira a terra molhada e pinheiro.  

Combinação incomum.. 

Noah, veio em minha direção e me abraçou, sorri. 

- Caso eu descobrir algo do Stiles eu te aviso, Okay? - Noah murmurou após desfazer o abraço, assenti - Tenha cuidado.. 

 - Obrigada por me relembrar, Noah - Respondo sarcasticamente, vejo ele revirar os olhos. 

- Bom, melhor irmos.. - Noah sugeriu, logo depois virou as costas para mim, logo ele, Scott e o tal do Derek voltaram para seus respectivos carros. 

Noah e Scott na viatura, Derek em seu camaro.. Acenei para eles, esperei eles irem embora pela estrada, para voltar novamente para dentro de casa. 

 - Eles já foram! - Exclamei para Stiles que logo apareceu na escada, sua expressão foi o suficiente para ele não precisar fazer a pergunta - Eles vieram falar sobre você..  

- Eu sei.. Eu meio que fiz um teatrinho antes de vir para cá - Stiles explicou dando um sorriso nervoso, arregalo meus olhos. 

 - Me diz que você não falou em japonês.. PRINCIPALMENTE UMA CHARADA DO NOGITSUNE!! - Gritei vendo o sorriso dele morrer e uma expressão de medo surgir, desfaço minha seriedade e passo as mãos em meu rosto em frustração, sentindo o mesmo na forma lupina - Desculpa por gritar...  

Sinto meu rosto voltar ao normal, suspiro e subo até ficar ao lado dele. Aperto de leve seu ombro com minha mão esquerda e termino de subir indo para o quarto. 

- Melhor terminarmos de nos arrumar, afinal temos um voo para pegar.. - Ouço ele falar, assenti antes de fechar a porta. 

  

Puxava minha mala, enquanto sentia o olhar de Stiles nas minhas costas.. 

Parei ao sentir um cheiro conhecido por mim, o que resultou em Stiles bater nas minhas costas e soltar um palavrão baixo. 

- O que houve, My? - Stiles perguntou, olho em volta e logo percebo o dono do cheiro.. Era Derek. 

 - Puta que pariu... - Murmuro enquanto arregalo meus olhos, me viro rapidamente para Stiles e levanto o capuz do moletom dele para esconder seu rosto - Derek, está aqui. 

Vejo ele arregalar os olhos e começar a vasculhar o local.. Vejo que ele ainda está com o colar, sorrio. 

"Voo 257012 com destino a Dubai - plataforma 23" 

 - É o nosso voo.. - Respondo virando para Stiles que assenti, começo a andar rapidamente em direção a plataforma. 

- Porque Dubai? Não iriamos para o Japão? - Stiles murmurou tentando seguir meus passos. 

 - Temos de parar antes em Dubai, para depois pegarmos um voo pro Japão.. - Respondo e seguro a mão dele para acompanhar meus passos - Vão ser 30 longas horas.. Agradeça que iremos de primeira classe. 

  

estávamos dentro do avião, deixei Stiles ir na janela enquanto eu fiquei no corredor.. Mandei uma mensagem para Ikuso avisando que já estávamos no avião, logo depois coloquei o celular no modo avião e vi Stiles fazer o mesmo com o novo celular que havia comprado para ele. 

 - Está com medo? - Perguntei ao ver ele balançando a perna esquerda. 

- Nãoo.. Nem um pouco... - Stiles respondeu olhando para mim com seu famoso sorriso sarcástico. 

Reviro os olhos, logo o avião começa a andar em direção a pista e só sinto Stiles agarrando meu braço com força. 

  

 

 - Stiles, não quero te assustar.. Mas têm uma Banshee aqui dentro... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...