1. Spirit Fanfics >
  2. Seda das Cortinas - Shubaru >
  3. Capítulo Único

História Seda das Cortinas - Shubaru - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Estava com isso na cabeça faziam três dias, agora eu sossego o facho.
Senti como se reentrasse na fandom de DL.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Seda das Cortinas - Shubaru - Capítulo 1 - Capítulo Único

O brilho forte que atravessava a seda das belas cortinas emanava calma e iluminavam o vitoriano quarto.

Não havia como fechar os olhos se sentindo tão desconfortavelmente bem ao abraço apertado do irmão mais velho, que entrara em seu quarto com a desculpa de ser, surpreendentemente, o lugar mais silencioso, na medida do possível, na casa dos sanguessugas.

Todos estavam tão eufóricos com a, já muito antiga, chegada da humana que a rotina habitual se esvaiu, novamente, tirando totalmente a atenção do preguiçoso vampiro para seu irmãozinho, que fazia questão de esperar o sono inexistente todos os dias em sua cama, desde que o caixão era muito apertado para os dois, não como se fosse um problema, ele se sentia mais seguro ainda na descrita situação.

Os braços que pareciam poder abraçar o mundo o rodeavam, com o tecido desnecessário o envolvendo, na visão do vampiro de cabelos platinados, Subaru. Ele clamava que aquela fosse outras das noites barulhentas de sempre, sua mão até tremia ao recordá-las, mesmo que fossem raras, o sentimento sempre estava cravado na pele pálida. 

Já Shuu...ele não sabia, talvez fosse só um passatempo se envolver com o coraçãozinho extremamente carente do irmão. Mesmo assim, aquilo não importava, já era suficiente sentir os cabelos loiros mango-tintados roçando suas bochechas durante o beijo, bom, era suficiente, à algumas horas atrás.

Todas as vezes que o vampiro mais velho desejava sua presença ele queria algo mais, sem exceção, então, para Subaru, o fato dele ter resolvido ficar, especialmente com ele, em seu quarto, que obviamente passava longe de ser um dos lugares mais quietos do quase-palacete vitoriano, era...inesperado. Aquele pensamento rebatia em sua mente, se tornando mais um dos fatores da sua constante insônia.

De modo brusco ele foi puxado ainda mais perto do outro vampiro, sentindo sua respiração fazer cócegas no pescoço descoberto, ele ansiava mais de seu toque, ele necessitava mais.

Então, sem mais nem menos, se virou, dando de cara com as orbes lilases-azuladas, quase o fazendo perder mais sua coragem do que já havia. Se chegasse alguns centímetros mais perto seria capaz de sentir os cílios dourados, que contrastam com a pele de porcelana perfeita, que nunca poderia ser comparada com a dele, cheia de arranhões e hematomas, não se importava com os mesmos quando feitos por Shuu, mas os outros, ó, desprezíveis, dizia ele. Ao abrir a boca para finalmente se pronunciar, ouve primeiro a voz rouca, mais melódicas do que quaisquer música do piano impecável  que a alguns cômodos se encontrava. 

‘’Eu te amo’’ Disse o loiro, envolvendo sutilmente com os dedos longos e esguios as mãos lesionadas de Subaru, como uma conchinha, e logo deixando beijos borboleta no mesmo lugar, e depois, encarando o rosto estupefato do irmãozinho. Se aproximou mais, levantando a franja com só uma mão, mantendo a outra no mesmo lugar, e dando um selinho na testa do platinado, com o rosto agora molhado em lágrimas, deixando a persona arrogante.

Depois de poucos minutos de choro, agarrou os dois lados da cabeça de Shuu, olhou firme em seus olhos, e então proclamou com a voz rachada.

‘’Eu...acho que te amo’’ Um sorriso se formou amplamente na feição do platinado, que perdia a visão lentamente.

O brilho que atravessava a seda das cortinas se tornava negro, sumindo aos poucos, assim como a insônia que o atormentou durante os meses, tudo sempre passava, misticamente, com um único suspiro do vampiro que roubara seu coração. Shuu Sakamaki. E que até hoje o faz sentir emoções que ele nunca ouvira falar, nem nos livros mais românticos que já lera, ele era mesmo especial.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...