História Sedução - imagine Jungkook - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Amor, Bts, Colegial, Drama, Hentai, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Rapmonster, Romance, Sobrenatural, Suga, Yoongi
Visualizações 214
Palavras 2.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu to achando que eu tenho fetiche por fanfic do Jungkook porque eu ja comecei a ter ideias para mais uma fic....Ninguém me segura. Eu querendo ter ideias para fazer uma com um outro membro do Bts, mais todas elas me lembram esse moreno dlç ..... Aaaa que raiva kkk

BOA LEITURA>>>>

Capítulo 10 - Será mentira?


Será mentira?

(s/n) on

Como proceder diante de uma situação dessas? O que devo fazer? Eu deveria estar com raiva dele por fazer todo esse teatrinho de ''greve de fome'' só para mim ceder aos seus caprichos, mais no momento eu não estou conseguindo sentir nada além de medo. 

- Por que não está comendo?_ quebro o silêncio tentando me recompor 

Jungkook - A culpa é sua_ percebo que sua voz está mais grave e rouca do que normalmente. Fato que me fez segurar um suspiro por ouvir o som sair tão convidativo 

- Como assim minha culpa?_ ele não pode me culpar por tamanha estupidez 

Jungkook - Se você me ajudasse eu não precisaria fazer tudo isso_ vejo ele passar lentamente a língua por seu lábio inferior 

Tento ao máximo não prestar atenção em suas provocações, mais é quase impossível desviar o olhar de sua boca rosada. Enfim, ele quer ajuda com o que? Não posso tirar o cio dele e colocar em mim, nem se pudesse iria fazer, ele merece tudo isso por ficar fazendo joguinhos comigo como se eu fosse algum tipo de entretenimento.

- E de que ajuda você se refere?_ apesar de eu suspeitar já de seus interesses 

Jungkook - Ah (s/n), você sabe muito bem..._ ele diz em tom malicioso enquanto me encara intensamente 

Reviro os olhos por minhas suspeitas estarem infelizmente (ou felizmente) certas. Decido sair da frente da porta e me dirigir até ao lado da cama, onde tinham algumas frutas da qual provavelmente Jungkook estava se negando a comer. Espero que ele deixe de ser teimoso, porque eu não vou ficar aqui perdendo tempo.

- Já disse que com isso eu não irei lhe ajudar_ faço uma expressão confiante e decidida para ver se ele desiste de tal ideia 

Jungkook - Por que não? Hum?_ o mesmo força as correntes tentando se aproximar de mim, porém suas tentativas são falhas 

- Não sou uma garotinha da qual você pode usar e depois jogar fora. Se acha que vai conseguir algo de mim pode ir tirando o cavalinho da chuva_ pego uma bacia de uvas que estavam intactas e me aproximo da cama 

Vejo a respiração do moreno se tornar mais pesada com minha aproximação, ele mordia os lábios involuntariamente enquanto fitava cada canto do meu corpo. Eu me sentia extremamente incomodada com seus olhares nada castos, mais tentava controlar as reações que eles causavam em meu corpo. 

Jungkook - Não seja má (s/n), quer que eu implore?_ ele não estava falando sério estava?

- Eu quero que você coma!_ não posso me deixar levar por suas palavras 

não liga pras coisas que ele falar, lembre-se que é tudo mentira...A fala de Briana bilha em minha mente como um aviso 

Jungkook - Eu quero comer....mais não a fruta_ bufo controlando minha sanidade e me sento ao pé da cama, fazendo Jungkook tentar avançar em mim 

Se as correntes tivessem consciência eu as agradeceria por manter o maníaco longe de mim, porque por mais que eu saiba que era o Jungkook, não parecia ser ele quem comandava seus atos e falas. 

- Para de tentar me alcançar e abra a boca_ digo arrancando uma das uvas do cacho 

Jungkook - Você não faz ideia de quais são meus pensamentos agora... Ah (s/n), eu quero tanto você_ ele inspira o ar e depois o solta pesadamente 

Sua fala causa uma fisgada em meu baixo ventre e eu cruzo as pernas evitando demonstrar fraqueza com tais palavras. Não que tenha dado certo, até porque ele deve ter percebido a minha cara ruborizada. 

- Só c-come Jngkook...Por favor_ levo minha mão até a sua boca, encostando de leve a uva em seus lábios 

Jungkook - Eu como uma, se me deixar te cheirar_ que tipo de pedido é esse? 

- Me cheirar?_ peço confusa 

Jungkook - Eu quero sentir o cheiro do seu corpo. De longe não é tão forte_ por isso eu digo que Jungkook é um maníaco. 

Quem que pede para cheirar a outra pessoa? Eu não sinto cheiro nenhum em mim mesma, como ele pode sentir algo? Mesmo eu tendo esquecido de passar o perfume hoje, acho que não será um problema já que não é nada absurdo. 

- Tudo bem, mais primeiro a uva_ novamente eu a pressiono em seus lábios, vendo o maior abrir a boca e comer a fruta 

Ele a mastiga enquanto seus olhos continuam focados nos meus, eu não queria sustentar olhar algum, porém parecia existir uma força da qual me impedisse de desviar. Ele termina e logo abre um pequeno sorriso lateral. 

Jungkook - Vem cá_ sua voz sai em tom de ordem e eu me aproximo meio hesitante 

Ele não faz movimentos bruscos, o que me incentiva a colocar meu corpo próximo ao dele. Levo um pequeno susto quando ele afunda o rosto em meu pescoço e desliza o nariz por minha pele, fazendo a mesma se arrepiar. Ouço ele soltar um baixo gemido enquanto inspirava o local, quando o mesmo decide me dar um beijo naquela área eu me afasto rapidamente, vendo ele rir nasalado.

- Pronto, agora outra_ coço a garganta e arranco outra uva a levo em sua direção 

Jungkook - Só se me der um beijo_ vejo sua expressão perversa 

Esse patife está se aproveitando diante da situação, se eu não tivesse aqui para ajuda-lo, com certeza iria implantar minha mão em sua cara. Eu tentava não olhar muito para seu corpo, mais sabia que o moreno estava totalmente duro, foi a primeira coisa que eu percebi quando entrei no quarto.

- Você ja está pedindo demais!_ digo começando a me irritar 

Jungkook - Não precisa ser um beijo, pode usar essa boquinha pra fazer outra coisa_ ele força as amarras para se aproximar mais de mim 

Tomate deve estar com inveja da minha cor. Não é possível ele falar uma coisa dessas tão normalmente, é como se ele dissesse um ''Tudo bom?'' pra qualquer um. Cheguei a me assustar com tamanha ousadia do pirralho, eu podia muito bem o deixar passando fome e sair por aquela porta tacando o foda-se pra geral. Mais como eu sou uma ótima pessoa, eu não faço o que meus pensamentos mandam.

- Tá!_ digo rudemente com meu sangue começando a borbulhar - Eu dou a merda do beijo_ concordo com seu termo 

Jungkook - Você fica muito linda irritada. Não é a toa que eu adoro te provocar_ ele morde o lábio inferior fitando minha boca 

Calma (s/n), respira. É tudo mentira, ele não está falando nada com nada, não se preocupe. Lembre-se que ele vai falar de tudo pra você se entregar. Eu não posso perder o foco, alimenta-lo e dar o fora. 

- Cale a boca e coma! Depois te dou a porcaria do beijo_ vejo ele sorrir com minha fala e comer mais uma uva 

Ele termina de mastigar e com meu rosto um pouco vermelho eu me aproximo do mesmo. Colo meus lábios nos dele, sentindo sua boca macia e quente se fechar na minha. Quando ele tenta aprofundar as coisas eu me afasto, sua boca vai na direção da minha novamente mais eu fico longe o suficiente para ele não me alcançar 

Jungkook - Aish (s/n)_ ele reclama 

- Você não especificou o beijo_ respondo malandra vendo o mesmo lamber os próprios lábios como se buscasse resquícios dos meus 

Jungkook - Eu tomo o copo de água se me deixar comandar dessa vez_ ele deve ta adorando tudo isso 

O que eu estou fazendo da minha vida? 

- Por que não simplesmente escolhe uma ômega no cio e deixa de palhaçada hum?_ pergunto

Jungkook - Não quero a porra de uma ômega, muito menos beta. Eu quero você, meu lobo quer você_ ele exclama parecendo meio frustrado com ele mesmo

É mentira (s/n). Tudo mentira, não se deixe abater por uma confissão de merda. Você não pode perder as rédeas da situação, fique tranquila. Seria melhor mesmo se minha calcinha não estivesse humedecendo 

- Qual é Jungkook. Não vem com esse papinho de ''só você'' não!_ por mais que eu soubesse da calúnia, é irritante saber que ele está mentindo descaradamente para mim 

Jungkook - Porra garota, você acha que tô mentindo? Ah como eu quero me soltar pra te dar uma lição_ ele profere visivelmente irritado 

Sinto minha calcinha se molhar involuntariamente. Como se forças satânicas fossem enviadas do além só para me foder, o fato de eu estar de pernas cruzadas disfarça o acontecido. Mas eu acho que não tem como ele perceber, afinal não aparece nada né? Por que ele foi falar de me dar uma lição? Eu não deveria ter uma mente poluída dessas, mesmo ele tendo se referido a isso também

- Para de dizer besteiras Jungkook, você não pode colaborar?_ questiono me levantando e indo buscar o copo d'água 

Depois de pegar o copo dirijo meu olhar para o mesmo, que estava encarado fixamente a parte da frente da minha calça de moletom, enquanto suas narinas estavam dilatadas. Sinto ele ofegar sofrido e se contorcer na cama tentando quebrar as amarras.

Jungkook - Eu sinto seu cheiro (s/n).  Você ta tão excitada, tão molhada...._ ele se remexe forçando as amarras e eu gelo quando as mesmas fazem um barulho estranho 

...... 

Yoongi on 

Não sei se foi a melhor ideia a deixar sozinha com o Jungkook lá dentro. Mesmo eu o ameaçando para não falar suas putarias na frente da mesma, eu duvido que ele tenha me escutado ou prestado a atenção no que eu disse. 

Hoseok - Fica calmo hyung, ela ta bem_ tenta me reconfortar 

- E se ele tentar algo Hope? Ela é tão frágil e pequena_ meu instinto mandava a proteger a qualquer custo 

Hoseok - Você gosta dela?_ ele pergunta com um mínimo sorriso da qual não passou despercebido 

- Lógico que não! Só sinto vontade de a proteger_ eu acho 

Hoseok - Sei..._ ele semicerra os olhos em desconfiança e eu reviro os meus - Mas e aí você contou pra senhora Clark sobre a situação do Kook?_ ele pede com a famosa curiosidade causada pelo fogo no cu 

- Não, ela mandaria o mesmo para a sala X e aí provavelmente nunca mais nos veríamos_ sala X era um lugar onde a diretora mandava os lobos com comportamento desigual aos dos outros. Só em pensar naquele lugar eu ja me arrepio, afinal, quem vai pra lá é os que não são considerados normais da sociedade. 

Hoseok - Tem razão, melhor não arriscar_ ele pensa logo concordando com minha fala 

- Ah...Será que é melhor eu ir ver o que está acontecendo lá?_ sugiro passando minhas mãos pelo rosto 

Hoseok - É sério Suga, não se preocupe. O Jungkook não a machucaria_ ele me lembra o fato do garoto reagir estranhamente quando se trata da (s/n) 

- Eu realmente não sei, não duvido de nada_ meus instintos mandavam eu ir ver se a garota estava bem

Mesmo eu acreditando que Jungkook não iria machucar a mesma, eu ainda tenho minhas dúvidas pelo simples fato dele estar no cio. Aquele garoto faz as coisas imprudentemente sem nem considerar as consequências. Olho para Hoseok e o mesmo parecia estar em outro mundo, provavelmente pensando na tal Briana. Me surpreende ele ter achado alguém da qual ele realmente goste. 

- Não dá, vou dar uma checada!_ desisto de esperar e me levanto da mesa do refeitório 

Meus instintos estavam me alertando de que algo estava errado. E eu não sou idiota para deixar essa possibilidade de lado, Jungkook não é muito confiável. 

Hoseok - Quanta paranoia. Só cuida pra não chegar muito perto da garota, sabe que Jungkook vai querer te matar quando tudo isso acabar_ ele avisa 

- Estou morrendo de medo_ digo sarcástico com um mini sorriso e vou em direção a saída 

Chego no corredor do dormitório e escuto os barulhos da corrente da qual eu mesmo o coloquei. Só que elas estavam fazendo ruídos estranhos, como se estivessem se partindo 

- Puta merda_ digo abrindo a porta com um pouco de pressa com o coração ja acelerado 

....... 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


hihi
E aí? Turo bom?

Boatos de que Jungkook tem ciuminho do Yoongi .....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...