História Seduction Misterious - Min Yoongi (Long-Fic) - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Tags Bangtanboys, Imagine, Suga, Sugarlandz, Você
Visualizações 585
Palavras 1.771
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi mozamoreeees 😍
Como vão vocês? Espero que gostem...

Desculpem os erros 😱
Espero que gostem 😉

Obrigada pelo carinho de todos 💕

Boa Leitura 📖

Capítulo 29 - Capítulo 29 Penúltimo


Fanfic / Fanfiction Seduction Misterious - Min Yoongi (Long-Fic) - Capítulo 29 - Capítulo 29 Penúltimo

[....]

Estava com 8 meses de gravidez e Suga tinha tirado uns dias de folga pra ficar comigo. Eu estava morando em sua casa há 2 meses. Como não poderia ficar subindo e descendo escadas, ele mandou reativar o elevador de sua casa que não usava há muito tempo.

Jungkook e os meninos estão andando direto com Yoongi. Eles sabem que Jay está andando por aí e agora vive mandando ameaças pra gente. Suga pensa que não percebo, mas desde o dia que recebi uma carta anônima com ameaças, ele vem tentando se segurar pra não ir atrás dele. Ainda não foi por minha causa e de tanto que o fiz prometer.

Um dia desses enquanto dormia, eu mexia em seu closet ajeitando suas roupas e tinha encontrado uma caixa preta muito discreta. A curiosidade foi tanta, que acabei mexendo e vi o que tinha dentro.

Uma arma calibre 33...

Lógico que fiquei aflita, porém não tiro sua razão de querer me proteger. Ele e os meninos estão muito atentos e colocaram seguranças por toda parte.

 

[.......]

Estava sem nada pra fazer e fui até o escritório, onde com certeza o Yoongi estaria. Cheguei, me encostei na porta e ele estava conversando com alguém pelo telefone.

- Tudo bem então Jimin, mas tarde conversaremos! - Disse assim que me viu. - Mandarei sim. - Sorriu e desligou o celular.

- Oi! - Digo sorrindo.

 Ele se levantou sorrindo e veio até a mim.

- Oi meu amor, como vão minhas duas pessoas mais importante do mundo? - Disse me dando um beijo e passando a mão em minha barriga.

- Estamos bem! - Digo acariciando seu rosto e ele sorriu bobo me olhando.

Entrei no escritório e ele fechou a porta e foi até sua mesa. Me sentei na poltrona o mais confortável possível e fiquei o observando.

- O que está fazendo meu bem! - Pergunto curiosa.

- Estou assinando umas papeladas e enviarei daqui a pouco pro Jin! - Disse atento aos papeis e bufei.

- Amor, vamos sair pra jantar? - Digo manhosa e ele me olhou.

- Princesa, você sabe que não podemos arriscar! - Disse preocupado.

- Yoongi, não podemos nos privar das coisas, por causa daquele maluco! - Digo chateada.

- S/N, Você não entende. Aquele desgraçado a qualquer pode querer fazer algo contra você pra me atingir! - Diz com tom de raiva.

- Mas....

- S/N POR FAVOR, NÃO! - Grita e eu me assusto.

Ele viu que fiquei assustada e tratou de vir até a mim nervoso.

- Desculpa meu amor. - Suspirou. -  Eu só não quero que aconteça nada com vocês! - Me abraçou cuidadosamente.

Eu relaxei e o abraçei também.

- Amor, eu sei que está nervoso por causa de tudo isso. Mas eu estou ficando louca de ficar só em casa. - Estava triste e ele me abraçava ainda mais.

Depois depois de uns minutos abraçado comigo, Suga deu um suspiro pesado e finalmente...

- Tudo bem! - Indagou e sorrir. - Mas será em um restaurante aqui perto e...- Fez um sinal de alerta. - Vai ser um jantar bem discreto. - Terminou e eu assentir.

- Hoje a noite? - Olhei sapeca.

- Sim! - Desistiu de teimar e me deu um beijo.

- Awnt... Obrigada amor! - O encho de beijos também e ele sorriu ladino.

- Tudo bem, agora vá descansar! - Diz dando um tapinha no meu bumbum devagar e sorri.

- Sinto falta das nossas noites! - Digo manhosa e ele me fitou de cima a baixo.

- É, confesso que também ando te desejando demais esses dias! - Entregou-se e então lhe provoco.

- Bem que poderíamos tentar uma noite diferente hoje né? - Digo mordendo a boca e ele sorriu.

- Você anda muito fogosa pra uma grávida de 8 meses! - Indagou e sorrimos.

- Eu estou grávida e não morta, Suga! - Digo e ele fez uma cara impressionada.

- É melhor não me provocar! - Diz se sentando de novo na cadeira e sorrir.

- Eu gosto quando banca o difícil. - Digo e ele mordeu a boca me fitando de longe - Você fica mais sexy, sabia? - Digo e ele assentiu em negação sorrindo.

- Você não existe S/N! - sorrimos e sair do escritório.

 

[.....]

Estava me arrumando e Yoongi estava no andar de baixo conversando com os meninos. Eles estavam em reunião e do nada ouço alguns barulhos de tiros e me assustei.

- O que foi isso? - Digo nervosa.

- S/N!!! - Ouço Yoongi gritar e entrou no quarto desesperado.

- O que foi meu amor? - Digo preocupada e ele pegou em meu rosto me beijando nervoso.

- Yoongi.....

- Vocês estão bem, princesa? - Pergunta ainda super preocupado a assenti.

- Estou sim meu amor, o que foi? - Pego em seu rosto.

- Quero que fique sempre do meu lado! - Diz pegando em minha mão e fomos até o elevador indo pra sala, onde os meninos estavam.

Estranhei pois eles estavam com armas na mão e pareciam olhar por todos os lados.

- Meu amor por favor, me diz o que está acontecendo aqui. - Pergunto mais nervosa ainda.

- Jay e uns comparsas tentaram invadir nossa casa! - Disse com uma arma na mão e outra segurava a minha mão.

- Ele está aqui? - Estava com medo.

- Não, ele fugiu...- Disse furioso. - Mas eu vou acabar com esse filho da puta! - Disse baixo e eu me assustei.

- Yoongi por favor, não quero que se machuque. - Vamos chamar a polícia! - Estava me tremendo e me sentindo mal.

- Calma meu amor, vai ficar tudo bem! - Disse tentando me acalmar.

- Yoongi, tá tudo mais tranqüilo lá fora! - Hoseok diz colocando a arma na cintura e me assustei ainda mais.

- Vou ter que dar um jeito de manter essa casa mais segura. Esse desgraçado quase conseguiu entrar aqui, botando minha mulher e meu filho em perigo! - Yoongi estava furioso.

- Calma Yoongi, esse safado não conseguiu entrar e....

- E o quê Jimin? Huh? Minha mulher e meu filho estavam em perigo. - Ficou fora de controle e eu não sabia o que dizer.

Os meninos estavam furiosos também e eu ficava calada, porém lágrimas começaram a rolar dos meus olhos e abaixei a cabeça.

- Esse cara vai morrer e vai ser pelas minhas mãos e...

- YOONGI!!! - Jeon grita e ele se calou olhando pro mais novo.

- O que foi Jeon! - Diz sem paciência e olhei ele apontando pra mim.

- Sua mulher não pode ficar nervosa, se acalma cara! - Repreendeu o mais velho, que quando me olhou e veio em minha direção e pegou na minha mão.

- Desculpa princesa. Não chora! - Sussurrou e seus amigos não querendo ser incômodo, saíram nos deixando á sós.

- Yoongi eu estou com muito medo. Não quero que aconteça nada com você! - Digo passando a mão em seu rosto.

- Tudo bem - Sussurra. - Eu vou ficar aqui com você, ok? - Sentou do meu lado e me abraçou, como se estivesse me protegendo.

- Vamos pro quarto, quero que fique comigo! - Digo manhosa e ele assentiu.

- Vamos! - Se levantou segurando minha mão e fomos pro elevador.

Ficamos deitados conversando e ele me deixou mais calma. Ele não saiu um minuto se quer de perto e de tanto me afagar, eu cai no sono.

S/N OFF

YOONGI ON

- Taehyung! - O chamo e o mesmo estava olhando o computador que estava conectado a todas as câmeras da casa.

- Fala aí cara! - Se levantou.

- Chama o pessoal, porque quero falar com todos vocês! - Digo indo pro escritório e ele assentiu.

[....]

 

- Você ficou maluco Yoongi? - Namjoon disse incrédulo e ele negou.

- Não Namjoon, esse cara colocou minha familia em perigo, e eu não vou deixar ele se safar assim! - Digo determinado a ir atrás do Jay e eles ficaram me olhando preocupado.

- Hyung, por favor pensa na S/N. Deixa isso pra polícia e com a gente, fica aqui cuidando dela! - Jeon disse preocupado e confesso que isso me incomodou.

Jeon sempre cuidava de mim e até parecia ser mais velho que eu. Ele nunca mudou esse jeito protetor dele, sempre coloca as pessoas acima dele e isso eu quero mudar. Até mesmo para protegê-lo também.

- Desculpe Jeon, mas eu não vou mudar minha decisão! - Digo sem olhá-lo e ele resmungou.

Fiquei olhando direto pro computador e através da câmera do quarto, olhava minha esposa que estava dormindo calmamente.

 Os meninos continuavam tentando me fazer mudar de idéia.

- Seu filho precisa de você Yoongi e...

O meu celular vibra em cima da mesa e logo todos se calaram.

- Quem é? - Jin pergunta e Taehyung colocou a mão na cabeça temendo o pior.

- É um número privado! - Digo olhando pra tela do celular.

- Não atende, deve ser algum trote assim como outros. - Hoseok diz.

- Talvez não! - Minha curiosidade foi maior e eu atendi. - Alô?

- Olá Yoongi!

Era o Jay e nessa hora meu sangue ferveu.

- Você é um homem morto, seu filho da puta! - Digo deixando os meninos assustados.

- É ele? - Jimin pergunta.

- Se eu morrer, eu pelo menos levo um de vocês comigo! - Debochou.

- Não antes de eu te matar! - O ameaço e ele sorriu mais ainda.

- Ah é! - Desligou a chamada e estranhei.

Novamente meu celular vibrou e dessa vez era uma chamada de vídeo. Eu fiquei nervoso, mas não entendi do porque daquele nervosismo, se todos estavam aqui comigo.

Resolvi atender e não acreditei em quem eu via na tela do celular. Eu gelei e olhei pro Jeon, sentindo uma dor enorme no peito.

- Eu posso até morrer mas levarei essa gostosinha comigo! - Disse a filmando.

Eu fiquei intácto e os meninos resolveram ver o porquê de eu estar daquele jeito. Quando viram, também ficaram quietos e olhavam pro Jeon com pena.

- Jeon me desculpa! - Digo e ele me olhou confuso.

- Porque o que foi que ....- Se aproximou e quando olhou a imagem, simplismente ficou louco.

- SAM!!! - Ele gritou e os meninos tentavam acalmar ele, porém também estavam abalados. - Seu desgraçado eu vou te matar, o que você fez com ela?

Sam estava sentada em uma cadeira, toda amarrada, ensanguentada e chorava muito.

Continua...


Notas Finais


Gostaram Amorecas? 😏
Obrigada por lerem 😘

MEU + NOVO BEBÊ 🌹 👇

》WANT YOU AGAIN - (ROMANCE)
KIM TAEHYUNG《
https://spiritfanfics.com/historia/want-you-again--imagine-kim-taehyung-10814770

Indiquem o Imagine para as amigas também, ajudem a Unnie panfletando. 😍💕

Sigam meu perfil pra não perderem novidades: @sugarlandz 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...