1. Spirit Fanfics >
  2. Seduzida >
  3. Complicações

História Seduzida - Capítulo 19


Escrita por:


Capítulo 19 - Complicações


Hinata On

Me remeixo na cama pela vigésima vez e resolvo enfim se levantar e beber um pouco de água. Quando cheguei da faculdade, eu tinha certeza de que ia cair no sono assim que deitasse na cama. Mas, estou aqui. Acordada. Insônia de merda.

Abro a geladeira e pego uma garrafa d'água. Despejo o líquido no copo e acabo me assuntando com a sombra de alguém na cozinha junto a mim.

— Quem é você ?! — Pergunto.

Ela rir. Provavelmente está bêbada.

— E quem é você ? — Rebateu.

Suspiro pesado. Sasuke, claro. 

Não interessa. — Respondo rude.

Mas é muita cara de pau. Ontem mesmo ele tava falando que não ia mais beber e que não ia trazer nenhuma garota pra casa e Kushina acreditou nele. Depois que Naruto foi viajar por causa do Lacrosse, tenho que aturar as coisas que Sasuke faz. 

No entanto, hoje, não. Acordei com o pé esquerdo. Aliás, eu nem dormi. 

Subo as escadas e entro no seu quarto e o vejo deitado na cama.

— Sasuke! — Grito, apenas para ele escutar.

— Caí fora Hinata. — Responde grosso.

— Não ouviu o que sua mãe disse ? Sem álcool, sem drogas e sem nenhuma vagabunda! 

Céus. Xinguei alguém. 

Sasuke se levanta e me arrasta para fora do quarto. Entro novamente não acreditando da tamanha ousadia dele.

— Sasuke! Porquê você está agindo assim ? Quem é aquela garota lá embaixo ? Você não se importa com os sentimentos da Sakura ? Porquê mentir pra sua mãe ? 

Ele rir sarcástico. — Você já notou, que de todos nós aqui, você é a única que parece mais incomodada pelo fato de eu estar com alguém.

Corei. — D- do que você está falando ? N- não estou incomodada coisa nenhuma. Só... só não acho certo mentir.

Ele se aproxima. — Jura ? Então... contou ao meu irmão que você perdeu sua virgindade comi... — Rapidamente, eu tampo sua boca com minhas mãos e ele acaba se desequilibrando com meu impulso em sí. — E outra vez, tento esquecer você, mas você não ajuda, caralho.

— O qu.... — Sasuke beija meus lábios e surpresa, acabo ficando imóvel. Quando a consciência volta, eu o empurro e ele me beija outra vez. Tentei lutar contra seu corpo, mas seus braços são fortes demais e no fim, acabo retribuindo ao seu beijo. 

Sasuke desliza suas mãos para meu short e o puxa para fora. Eu só tive noção do que estava acontecendo mesmo quando ele entrou com seu membro dentro do mim e eu já gemia de prazer. Tampei minha boca com as mãos e num instante, eu havia gozado. Sasuke me beija outra vez.

— Desculpa. — Ele diz. 

Pego minha roupa e saio sem dizer uma palavra. 

O que foi que acabou de acontecer ? Eu transei com o Sasuke. De novo! 

Mas eu não o amo. 

O que deu em mim ? Como pude ? Eu sou horrível. 

Deito na cama e começo a chorar por horas. No fim, acabo adormecendo e sou acordada com Kushina batendo na porta.

— Querida, venha comer ou vai se atrasar.

Respondo com um " certo " e procuro reestabelecer meus pensamentos. Mas, não deu muito certo. Porque eu só pensava o quanto eu fui uma filha da puta com Naruto e que eu sentia alguma coisa pelo Sasuke, mas não sabia o quê e sinceramente, eu estou morrendo de medo de descobrir. 

Enxugo as lágrimas que insistiam sair e vou para cozinha sorridente.

— Bom dia, família. — Comprimento sorridente.

— Ora, parece que alguém acordou de bom humor. — Meu pai fala. — E que cara é essa ?

— Que cara ? — Pergunto.

— Essa cara.

— Essa é a minha cara, pai.

— Então, essa cara.

Reviro os olhos e todos da mesa dão risada.

— Querida, tem algum problema de você ir com o Sasuke hoje ? Vou acompanhar Minato no médico.

Porquê me odeias, pai ?

— D- de modo algum. — Forcei um sorriso. — Tá tudo bem, Sr. Minato ?

— Apenas minha visão que está um pouco embasada.

— Puxa, deve ser sério.

— Não, não.

— Então... qual o motivo ?

— Minha mulher. — Kushina lhe dá um cascudo e ele beija sua mão em resposta.

Dou uma risadinha e vejo Sasuke me chamar para irmos.

— Olha... — O corto. 

— Não fala nada, tá bom ? Isso vai me deixar mais péssima do que já estou.

— Qual é ? Foi só sexo, Hinata! 

O olho pasma. — Não foi só sexo, Sasuke! Meu deus! Eu traí o seu irmão. De novo, caralho!

— A culpa não foi sua. 

— O que está dizendo ?

— Foi eu que te beijei a força.

— É, mas eu tive várias oportunidades pra te afastar e eu não fiz nada para impedir isso.

Ele revira os olhos. — Me deixa apenas levar a culpa, tá bom ?

— Não.

— Porquê, não ?!

— P- porque... porque eu também queria. A- agora vamos.

[...]

Quando chegamos na faculdade, Sasuke ainda tentou conversar comigo e eu cortei. Resolvi me afastar. E foi assim desde então. Não trocamos uma palavra.

Naruto finalmente voltou e eu estava mais feliz do que nunca, mas por algum motivo, eu ainda me sentia triste mesmo estando com ele. E eu, não deveria estar assim. Não mesmo.

— O que foi ? — Naruto me cutuca.

— O quê ?

— Você tá estranha.

— Hum ?

— Sei lá. — Ele riu. — Aconteceu alguma coisa ?

— N- não.

— Tem certeza ?

— Tenho! Fica tranquilo. É só...  as provas que estão se aproximando e eu tô nervosa.

Ele riu. — Entendi.

— Amor.

— Oi.

— Vamos prometer não mentir um para o outro e não nos machucar.

— Porque isso ?

— Só apenas.

— Tá tudo bem mesmo ?

— Está sim. Então, promete.

— Prometo. — Ele beija meus lábios e retribuo da mesma forma. 

— Ei. — Sasuke fala. — Mãe tá te chamando. 

— Ok. — Naruto se levanta rápido e saí.

Eu e Sasuke trocamos olhares. Sinceramente, eu nunca olhei tão profundamente os seus olhos como hoje. 

— Posso falar com você ? — Pergunto automaticamente.

— Não. — Responde ríspido e saí.

Engulo em seco. Eu não posso deixar isso. Cedo ou tarde o Naruto vai estranhar nossa relação e eu não quero isso. Vou atrás dele e entro no banheiro antes que ele feche.

— Ficou doida ?! — Quase gritou.

— Não podemos mais se evitar.

— Resposta errada. Agora, saí.

— Sasuke, por favor. 

— Por favor ? — Ele riu. — Você me ignorou por 3 semanas inteiras. Eu te pedia desculpas todos os dias. Quer saber ? Foda-se. Vai se foder Hinata. Eu não dou mais a mínima pra você. Agora, eu só quero que você saía da minha gente. Quero que saía da minha vista e não dirija a palavra a mim. Porque, eu estou tentando te esquecer e você sempre de alguma forma, vem até mim e isso me acaba por dentro porque eu não posso ter a única pessoa no mundo com quem me importo. 

— Desculpa.

— Some.

Enxugo as lágrimas rápido e volto para meu quarto. Naruto chega sem reação e eu apenas o abraço. 



Notas Finais


Alguém Sasuhina ?? Ou Naruhina ??
Aiaiaiaiaiaiaiiaiaiiaia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...