1. Spirit Fanfics >
  2. Seduzida Pelo Professor ( Johnny Depp and Taylor Swift) >
  3. Your Little Bitch

História Seduzida Pelo Professor ( Johnny Depp and Taylor Swift) - Capítulo 6


Escrita por: MirandaSparrow

Notas do Autor


Nesse capítulo vocês vão conhecer um pouco a história da Lucrécia e sua verdadeira personalidade.

Capítulo 6 - Your Little Bitch


Fanfic / Fanfiction Seduzida Pelo Professor ( Johnny Depp and Taylor Swift) - Capítulo 6 - Your Little Bitch

- Então... nos vemos de noite. - A loira diz em meio a um sorriso seguido de uma mordida nada discreta no lábio inferior.

Porém, o fato de estarem no meio do corredor do colégio, não é motivo para que Harry ignorasse essa provocação e esperasse até um momento em que tivessem mais privacidade.

Sem aviso prévio, ele segura com firmeza a cintura fina de Taylor que nem ao menos tem chances de protestar a atitude descabida do jovem, e em questão de segundos, ele devora os lábios avermelhados pelo gloss de cereja, atraindo olhares dos alunos e em seguida do próprio diretor que sairá de sua sala acompanhado de Johnny Depp.

- Srta. Efron! Sr. Styles! Não admitimos esse tipo de comportamento dentro do colégio! - A voz do diretor ecoa pelo corredor

Harry desvia o olhar até o diretor com um sorriso desafiador estampado nos lábios que se encontram minimamente inchados após o beijo. Mas, enquanto os alunos riam e falavam entre si sobre o casal, Johnny fecha uma das mãos, apertando o punho, ele não consegue encarar Taylor agora. Porém, volta e meia os olhos azuis dela se direcionam até o professor, como se tudo não passasse de um pequeno show para que ele testemunhasse.


Taylor Efron 

 Devo estar louca, eu sei. Mas, foi ele quem flertou comigo, quem diz frases de duplo sentido que me deixam sem reação. Queria ver o que ele iria sentir, se fosse o inverso. Afinal, percebi que ele não desviou o olhar desde quando Harry me agarrou... Uma provocaçãozinha não vai fazer mal, pra que ele aprenda que não deve mandar mensagens explícitas às alunas dele. Ninguém mandou me deixar molhada do jeito que ele deixou com aquela maldita frase.

"Esse imundo aqui, te faria gozar de um jeito que o seu namorado nunca conseguiu." Essas palavras ainda ecoam na minha mente como se ele estivesse sussurrando no meu subconsciente. Deveria esquecer essa conversa, mas não consigo.

Enquanto a língua quente de Harry entrelaçava com a minha, fechei os olhos, mas não é o Harry quem eu vejo e imagino que está segurando a minha cintura agora enquanto me pressiona contra os armários.

Mas, quando Harry se afasta e direciono o olhar até meu professor, o vejo desviar o olhar visivelmente incomodado. Cansei de bancar a inocente, Johnny.

O capitão do time de futebol deposita um breve selinho nos lábios de Taylor antes de se afastar pelo corredor e logo outros integrantes do time de futebol o seguem, todos indo para o treino.

Porém, o semblante do diretor ainda não é nada bom, o que faz Taylor fingir estar arrumando algo em seu armário.

- Esses jovens... - O diretor começa a falar ao passar pelo mesmo corredor, porém, quando Johnny passa por Taylor ao lado do diretor, a jovem finge deixar cair uns papéis no chão para propositadamente ter de se abaixar bem na frente de Johnny, a saia extremamente curta que está usando, ao abaixar, revela a calcinha preta de renda que está usando e mesmo que o movimento tenha sinto feito em questão de segundos, o professor conseguiu ver absolutamente tudo.

Mas, ao invés de seguir o caminho junto ao diretor, Johnny se abaixa para ajudar Taylor a pegar os papéis que ela deixou cair de propósito, pegando-a de surpresa.

Johnny aproximou-se e falou pausadamente, causando arrepios na garota. – Se continuar…me provocando…não serei…tão bonzinho com você. - 

- Você não tem coragem de fazer nada comigo, Johnny. – A loira diz num tom desafiador, falando pausadamente o nome dele enquanto desvia o olhar indiscretamente até os lábios do professor.

- Você é quem não tem coragem de me provocar, quando estamos sozinhos, Taylor. –

- É o que veremos… - É só o que Taylor diz ao se levantar com os papéis nas mãos, Johnny faz o mesmo, entregando os papéis a ela. – Obrigada. – A garota diz em meio a um sorriso tímido agora, fingindo não conhecer o homem a sua frente, ela se afasta, mas Johnny não consegue evitar em seguí-la com o olhar.

- Sr.Depp? Podemos ir? Tenho de lhe mostrar a sala dos professores e lhe apresentar aos outros. – O diretor diz já no final do corredor.

- É claro. Desculpe-me. –


Johnny Depp

Johnny estava tão imerso com a cena que foi obrigado a testemunhar, de Harry devorando os lábios de Taylor como ela fosse um copo de água e o moleque estivesse morrendo de sede, que quando passou próximo a garota e a viu se abaixar e literalmente empinar a bunda na sua frente, ele imediatamente sentiu-se perder o chão sob seus pés, a raiva deu lugar a incredulidade e em seguida veio a excitação. Ele não acreditava naquilo, mas seus olhos não o enganavam, viu perfeitamente bem que a garota fez isso de propósito exatamente no momento em que ele estava frente a frente com ela.

Ela quer acabar com a minha sanidade! Não acredito que foi capaz de fazer isso aqui e agora… Taylor, o que você está fazendo comigo?! Não acredito que essa é a mesma garota que disse que iríamos ser apenas “bons amigos”, ela está jogando comigo, só pode ser. Mas, ela esqueceu quem é que tem mais experiência aqui.

Que porra, minha vontade era coloca-la sobre o meu ombro e levá-la até uma dessas salas e rasgar essa sua saia e aí sim, obriga-la a ficar com a bunda bem empinada na minha frente enquanto estivesse em cima de uma dessas carteiras de estudante. Ela merecia levar tapas até que a marca da minha mão não saísse nunca mais da sua pele.

Mas, ao contrário do que ela pensa, vou fazê-la implorar por mim… Implorar por perdão por ter me provocado desse jeito, por ter me deixado duro em meio a porra do colégio onde acabei de conseguir um emprego, isso é totalmente inaceitável. Felizmente tenho a minha pasta para segurar em frente e tentar disfarçar um pouco até que esse tesão passe.

Mas, que merda! É claro que não vai passar tão fácil, não quando fico lembrando repetidamente dela se abaixando na minha frente.


Lucrécia Montessinos

Porém, enquanto os outros alunos nem ao menos repararam na cena entre a garota mais popular do colégio e o mais novo professor, Lucrécia testemunhou a cena de certa distância.

- Sua vadiazinha mentirosa. - A morena diz aos sussurros ao perceber facilmente o joguinho de Taylor após ver o que ela fez ao se abaixar bem na frente do professor. Ela sabe que se Harry ou Zac soubesse disso, arruinaria a vida de Taylor e provavelmente também a vida de Johnny.

Lucrécia foi quem tirou Taylor da obscuridade, quando a loira era invisível pelos corredores do colégio, pois assim como Harry Styles, a morena também vem de família de classe alta da cidade, o que fez Taylor se destacar quando Lucrécia quis ser sua amiga… Mas, o que a morena não poderia prever, é que o capitão do time de futebol se interessaria pela “mosca morta da Taylor”, como Lucrécia costumava chamá-la quando Taylor entrou no colégio. Agora ela não é mais a garota mais popular do colégio, somente é ofuscada pela sombra de Taylor Efron. 

Parece que não é tão inocente assim, não é mesmo mosca morta? Ela nunca mereceu o Harry e até hoje não entendo o que ele viu nela. Parece uma pobre coitada, órfã e sem nenhum atrativo além de ser loira. Tão clichê, meu Deus. Esses homens se contentam com qualquer coisa mesmo. Mas, não posso dizer nada, afinal, ela só deve estar provocando o professor apenas, se eu disser algo, ela vai se afastar dele com medo de que Harry ou o irmão percebam e flagrem os dois. O único jeito pra que acreditem nisso, é conseguir uma prova, uma foto, um vídeo, algo incontestável. 

E aí sim… Aquele professorzinho vai estar na minha mão, assim como a mosca morta.

Controlar Harry Styles nunca foi uma opção viável para Lucrécia, pois ela nunca conseguiu atraí-lo ou fazê-lo terminar com a Taylor, o capitão do time de futebol pode ter fama de garoto mal e rebelde, mas é realmente apaixonado pela Taylor, mesmo que seja arrogante e não saiba lidar muito bem com os sentimentos

Mas, Johnny Depp não é um moleque rebelde... E Taylor Efron não foi a única jovem que reparou o quão atraente é o professor de história. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...