1. Spirit Fanfics >
  2. See you again (Catradora AU-PT) >
  3. Esquecer o passado?

História See you again (Catradora AU-PT) - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Esquecer o passado?


Acordei na minha cama de solteiro, embrulhada nos meus lençóis da super mulher, como boa Nerd que sou. Levantei-me e fui até ao espelho em cima da cómoda de madeira envelhecida a fim de observar o meu estado que, conseguia ainda superar todas as outras noites. O meu cabelo estava todo engrenhado parecendo um ninho de ratos, peguei numa escola e penteei o cabelo com força, me magoando no processo. Depois fui até ao meu armário e olhei para as minhas roupas, todas elas eram simples e eu tinha pena de nunca ter prestado atenção à minha mãe quando ela se ofereceu para me levar no shopping. Espera… porque é que agora do nada estou preocupada com o que vestir… eu nunca liguei para isso, geralmente colocava uma t-shirt velha qualquer que provavelmente já nem era lavada há 3 usagens e umas calças desportivas largas.

No fim, acabei por escolher os meus únicos calções, que eram tipo jeans mas bastante curtos na minha perceção, para finalizar coloquei uma camisola amarela justa, que combinava com a cor do meu cabelo e decidi usar perfume, algo que já não fazia desde o casamento da prima Mara. Nunca mais me esqueço da reação de todos quando cheguei de terno branco e tacões pretos quando estavam todos à espera que usasse algum vestido ou alguma porcaria feminina assim.

"Adoraaaaaa, vais chegar tarde" ouvi a minha mãe chamar.

Desci as escadas rapidamente fazendo-a olhar para mim, que me recebeu boquiaberta desenvolvendo um sorrisinho.

"Quem é ele Adora?"

"Como assim mãe?" Constatei confusa.

"Vais me dizer que te estás a vestir assim só porque te apetece? Vamos lá querida, não vale a pena mentir. Geralmente usas aquela camisola velha branca e o casaco vermelho fedorento."

"Q.Que? Sim, agora não posso variar um pouco? Pff eu adoro mudança" menti sentido a minha cara a ficar vermelha.

"Como queiras. A comida está ali, vê se não te atrasas" recomendou-me apontando para uma sandes em cima da mesa a qual peguei e sai correndo.

 

Mal cheguei à escola vi Bow na entrada conversando com a menina de cabelos rosa e lilás, dirigi-me até eles acenando com a cabeça. Bow olhou me de cima a baixo e sorriu.

"Com que então hoje decidimos superar as expetativasss" ele me disse rindo.

"Porque é que ninguém acredita que esta pode muito bem ser a minha roupa normal, além do mais tu me conheces nem há um dia" 

"Foi suficiente para saber que a Adora nunca usaria roupa assim de vontade própria, a tua mãe te obrigou?"

"Pff não" disse me sentindo um pouco insultada mas ao mesmo tempo rindo quando reparei que a moça dos cabelos coloridos estava me olhando como se me quisesse inspecionar ou algo parecido.

"Adora, esta é a Glimmer, já a deves ter visto ontem. Ela foi muito simpática para mim e me acabou mostrando tudooo na escola!!!!!!!" exclamou entusiasmado, a menina continuava a olhar para mim fixamente, me fazendo perguntar se eu tinha algo na cara ou se estaria suja.

"Olá Adora,  já ouvi falar muito de ti" Disse com uma expressão estranha enquanto se afastava de nós.

"O que foi isso? Ela te viu e ficou praticamente branca" perguntou Bow confuso, mas eu também não tinha resposta.

-----------------------------------------------------

Bati à porta do apartamento de Glimmer, sendo recebida por uma mulher de cabelos longos cor de rosa pastel.

"Oi Catra, que bom te ver. Entra a Glimmer está na sala" cumprimentou-me Angela sem sequer me questionar do porque de estar ali.

"Glimmer" disse ao dirigir me para a sala. O compartimento tinha móveis de aspeto moderno e uma TV de 55 polegadas em cima de um móvel grande de vidro, que tinha quadros da família sorridente em cada prateleira, algo que eu em minha casa nunca tive. 

"Estava morrendo de saudades" cumprimentou-me levantando-se do enorme sofá lilás deixando um beijo nos meus lábios.

"Eu vi ela hoje Glimmer, ela voltou" disse enquanto chorava descontroladamente.

A menina dos cabelos coloridos não era burra, ela sabia muito bem o que Adora havia significado para mim, eu sempre fui aberta com ela em relação a isso. Surpreendentemente, ela sempre me apoiou muito e me oferecendo ajuda sempre que eu estava triste. 

"Está tudo bem, eu prometo, ela não te vai magoar Catra, és minha agora, lembra-te sempre disso" Glimmer me surpreendeu com um abraço apertado, separando-nos passado uns segundos. Olhei para ela com os meus olhos molhados e reparei que ela tinha os punhos cerrados, na cara dela via-se um misto de ira, preocupação e tristeza?

"Vamos ver Aventure time?" perguntei-lhe apontando para a tv mostrando-lhe que não queria falar sobre o assunto. Na verdade, a reação de Glimmer me preocupou, eu nunca a havia visto chorar.

------------------------------------------------------

"AGGGGHHH eu não quero ficar na equipa deles" ouvi Catra dizer apontando para mim e Bow.

"Que pena né, eu que decido aqui mocinha" ordenou uma mulher morena, alta e musculada com cabelos apanhados.  "NÃO SEJAM FRACOS, QUERO VOS VER A TRANSPIRAR" disse ordenando nós os três a fazer uma sequência de exercícios composta por 20 flexões, 50 abdominais, 20 voltas ao campo e ainda agachamentos, a equipa em que todos os membros acabassem primeiro ganharia.

Suspirei vendo que a professora estava decidida na questão da Catra ficar na nossa equipa, mas isso não me faria desistir de ganhar, eu era incrivelmente competitiva.

"Então é assim, se começarmos pelos exercícios mais fáceis conseguimos aguentar até ao final" disse propondo uma estratégia.

"Pff.. Como se isso não fosse óbvio princesa" Constatou Catra de maneira irónica olhando para as unhas como sempre fazia. Observei a sua escolha de traje desportivo, um top justo de manga fina e uns calções cinzentos justos que realçavam as suas formas, fazendo-me soltar um suspiro.

"Vê lá se não te apaixonas princesa" Sorriu com aquela cara irritante e ao mesmo tempo incrivelmente atraente, ugh eu so queria lhe poder arrancar aquele sorriso da cara, de uma maneira ou de outra. Isso era algo que eu não entendia na Catra, ela estava tão magoada ontem no corredor e no entanto hoje consegue flirtar comigo ao mesmo tempo, ainda que ironicamente não me parecia algo natural.

Eu suspirei ignorando-a e começamos a fazer os exercícios. Resultou que eu Bow e ela eramos uma excelente equipa. Eu acabei as flexões surpreendentemente rápido, Bow os abdominais e Catra era a pessoa mais rápida que eu alguma vez havia visto, terminou as voltas ao campo primeiro que a turma inteira. A nossa pequena vitória despertou o interesse da professora, que nos elogiou e se gabou por saber que nos juntar seria uma boa decisão.


Notas Finais


Obrigada pelo Carinho que todxs me têm dado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...