1. Spirit Fanfics >
  2. See you in Hell (Kaisoo) >
  3. Um pedaço do passado de Kai

História See you in Hell (Kaisoo) - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


⚠️ Desculpem por não ter postados os dois capítulos esses dois dias.

Vou compensar vocês!

Vou postar três caps hj (07:30 / 10:00 / 15:00)

E vai sair um amanhã ! ⚠️

Capítulo 9 - Um pedaço do passado de Kai


Fanfic / Fanfiction See you in Hell (Kaisoo) - Capítulo 9 - Um pedaço do passado de Kai

Na manhã seguinte...na casa de Kai.

~•Kyungsoo•~

Tive outro pesadelo de madrugada...acordei bem assustado.

Mas quando olhei para o lado Kai estava muito bem acordado, o mesmo estava desenhando em meio aquela escuridão toda do quarto...como ele consegue?!

Quando ele notou que eu estava acordado, o mesmo me acalmou e me fez dormir novamente.

Ao acordar agora de manhã reparo que o mesmo não está mais ao meu lado e seu caderno de desenhos estava ao lado da cama...mas ele era trancado com um pequeno cadeado....o que havia nele ? Por que estava trancado ?

Tantas perguntas sem respostas...

- Kai?! - Me levanto da cama, o procurando pela casa.

Mas nada do garoto...onde será que ele foi?

Tento procurar uma pista ou algo do tipo...mas a única coisa que eu achei foi uma chave.

- Eu não deveria...deveria sim !

Saio testando em diversas portas, até que consigo destrancar uma.

Era tipo um escritório, bem arrumadinho e com alguns papéis na mesa.

Me aproximei para ver do que se tratavam...oh não...

Após a morte dos pais ele...o mesmo foi levado a um orfanato...

Coitadinho...

Revirando mais os papéis, vi que o mesmo tinha passado por diversas famílias adotivas, mas as mesmas os devolviam para o orfanato.

E...que horror !

Havia um papel de despejo do orfanato...

- Como ele tem dinheiro para se manter aqui...?

- Com a herança que meus pais deixaram pra mim. - Ouvia a voz de Kai atrás de mim.

Dou um pulo, levando um enorme susto.

- K-Kai ! D-desculpe...eu não deveria... -O mesmo vem até mim e me abraça.

- Tudo bem...eu te contaria alguma hora. - Ele dizia com uma voz triste.

- Kai...amor, eu não sabia... - O abraço fortemente.

- Eu tive uma infância bem difícil...os pais sempre me devolviam ao orfanato.

- Mas por que te devolviam ? - digo acariciando os cabelos do mesmo.

- Eu tinha diversos problemas psicológicos...e eles tinham... - Ele diz tremendo.

- "Tinham"...?

- Tinham medo de mim... - sinto as lágrimas do mesmo caindo em minhas costas.

- Medo ? Kai... não ligue pra isso, agora você está aqui. É um homem forte, bonito, responsável e muito gentil. - Digo o olhando nos olhos e o enchendo de selinhos.

- Obrigado...e Desculpe por isso. - ele diz se referindo as lágrimas.

- Ei, tudo bem...isso não demostra fraqueza, mas sim que você é um pessoa forte que descide lidar de modo diferente.

Ele abre aquele lindo sorriso.

- E Kai...onde você estava ? Eu não te achei em lugar nenhum. - Digo arrumando os cabelos o maior.

- Eu fui ao mercado, desculpe por não ter te avisado. aposto que você entrou em desespero - Ele ri.

- Eu não ! - Rio.

Nós saímos do quarto e Kai o tranca novamente.

- KyunKyun, eu não sabia que era curioso assim... é melhor tomar cuidado. - Ele diz rindo e beijando meu pescoço.

- Awn~ Kai ! Para amor ! - gemi baixinho.

Ele sorri pra mim e nós descemos para a sala, passamos a manhã assistindo séries.

E quando a hora do almoço estava se aproximando, eu e Kai começamos a prepara-lo juntos.

Fizemos uma pequena bagunça na cozinha mais foi divertido !

Criamos um misto de comidas coreanas, japonesas e Tailandesas.

Levamos tudo a mesa e nos sentamos, começando a comer.

- Kai, como eram seus pais ? - Digo sorrindo.

Ele paralisa, fechando os olhos e respirando fundo.

- Eles... não eram muito bonzinhos, nunca se preocuparam com minha saúde mental e muitas vezes física.

- Eles te castigavam ? - digo surpreso.

- Castigavam ? Isso era pouco... dês que meu irmãozinho nasceu eles simplesmente me esqueceram...apenas dando atenção ao pequeno Jung...eles me culpavam por tudo que estáava dando de errado.... - Ele dizia chorando e trêmulo.

- Kai...meu amor...E-Eu Desculpe por perguntar. - Digo arrependido.

- ...Eles...eles me batiam muito e me davam castigos terríveis...eu não gostava deles, não mais. - O mesmo me respondia de cabeça baixa.

- Amor, você falou bastante sobre "problemas psicológicos", quais seriam ? - Digo, me aproximando do maior e acariciando seus cabelos.

-...O psiquiatra me disse que eu tinha, dupla personalidade...e indícios de esquizofrenia. - Ele dizia escondendo o rosto.

Eu me calei, pensando o que teria acontecido com as famílias que o devolveram no passado...

Uma criança assim não é fácil, mas devolver a criança...

Pera ele disse dupla personalidade ?...nunca reparei, vou começar a prestar mais a atenção.

E esquizofrenia...coitado.

- Kai...tem certeza que tem essas coisas ?...nunca te vi tendo nada disso.

- Tenho... Fora que eu tinha crises de pânico e raiva, mas com passar dos anos tudo passou. Tomei muitos remédios e meio que tomo alguns até hoje. - Ele me olha.

- M-mesmo ?... - Digo preocupado.

- Não está com medo...está ? Você vai se afastar de mim ? - Ele diz com lágrimas nos olhos.

Eu o abraço forte, acariciando seus cabelos.

- Claro que não amor ! Agora que sei disso tudo...vou tomar conta de você direitinho e não vou sair do seu lado.

- Você é a primeira pessoa que me diz isso... obrigado amor, você realmente é um anjo.

Ele me abraça de volta, sorrindo todo feliz.

Coitadinho...

- Bebê ? - Kai dizia me olhando.

- Fala amor ? - Sorria para o mesmo.

- Agora podemos comer?...estou cheio de fome ! - Ele sorri de canto.

- Ahh ! D-desculpe, claro ! Vamos comer. - Rio baixinho.

Eu tenho tantas perguntas para ele...tantas...

Mas é melhor não sobrecarregar ele... não sei o que poderia acontecer.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, comentem o que acharam e até o próximo capítulo, Babys~ 🍼❤️

Vkook - (NOVO!)

https://www.spiritfanfiction.com/historia/my-little-foxy-vkook-18484228

⚠️EM BREVE MAIS FICS⚠️

I Luv you! ❤️

(Capítulo não revisado)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...