História See You On Summer. - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5sos, Ashton Irwin, Calum Hood, Férias, Luke Hemmings, Michael Clifford, Romance, Vacation
Visualizações 65
Palavras 699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


não sei se vocês perceberam, mas o nome dos capítulos é sempre relacionado com alguma música. geralmente eu ouço elas quando tô escrevendo o cap ou faço os caps inspirados na letra da música. skdjsajdh só to deixando isso registrado pq talvez vocês se interessem em procurar as músicas e no caso são musicas que eu gosto demaissss szsz então é isso, vejo vcs ali embaixo

Capítulo 12 - I must be dreaming


E pronto, era oficial: Luke Hemmings tinha o poder de me despertar diversas sensações de uma vez só. E naquele momento eu não sabia se sentia raiva ou ficava feliz pelo o que havia acabado de acontecer. Ver Luke olhando em meus olhos e dizendo que sou linda logo depois de me roubar um beijo era uma cena que eu jamais imaginaria viver antes. E o pior de tudo isso é que me pareceu tão... Sincero? Eu ainda demoraria bastante tempo pra entender o que havia acontecido. 

— E-e-eu não sei nem o que dizer, Luke. 

— Tudo bem. Como você mesma disse... A gente só se dá bem em silêncio. - riu. — Vem, levanta. Vamos pra casa. - Se llevantou pegando em minha mão e me puxando. 

Luke me abraçou e fomos ao caminho de casa sem trocar uma palavra. Eu podia ver de relance Luke sorrindo enquanto fitava o chão, como quem estivesse feliz pelo o que tinha acabado de acontecer... E eu não posso negar, parte de mim também estava. Sem me soltar, Luke abriu a porta de casa e por um momento eu morri de medo de alguém estar acordado. Seria um pouco complicado explicar o que estava acontecendo pra todo mundo, afinal de contas, nem eu mesma sabia. Felizmente, todos dormindo. Me desprendi de Luke e fui a caminho das escadas, quando percebi que ele vinha logo atrás de mim. Parei no caminho e me virei pra ele, sem entender. 

— Hoje é o seu dia de dormir no quarto debaixo, Luke. 

— Ontem também era o seu dia. - Sorriu. — E adivinha só aonde você dormiu? Isso mesmo.. No MEU quarto. 

— Argh, tudo bem. Mas você dorme no chão. 

— Isso é injusto, Kimberly! - Luke reclamou e eu ignorei, subindo as escadas. 

Entrei no quarto e fui direto ao espelho checar meu estado e eu estava um tanto quanto... À milanesa? Sim, essa era a definição. Tinha areia por toda parte do meu corpo e cabelo. Luke Hemmings ainda me paga por essa.

— Errr, olha o que você fez, Luke! - Disse enquanto batia meus cabelos tentando me livrar da areia e Luke gargalhou.

— Nossa, Kimberly. Me desculpa. - riu. — Na próxima vez você vai por cima, ok? - Ele maliciou me puxando pela cintura e mordendo minha bochecha com um pouco de força, recebendo um tapa no ombro.

— Você é ridículo! - Ri.

— Essa foi bem pensada, pode falar.

— Não achei.

— Eu achei. E não seria uma má idéia ter você por cima de mim. - Disse se deitando em minha cama.

— Cala a boca, Hemmings!  - Bufei. — Eu vou tomar um banho, ok? 

 

Entrei pro banheiro e fechei a porta, tomando um banho rápido pra tentar me livrar de toda areia que habitava meu corpo. Coloquei meus pijamas e saí, encontrando Luke olhando fixamente pra janela. Observando a minha paisagem, no caso. Peguei algumas almofadas na cômoda e me deitei ao seu lado, colocando as almofadas entre nós. 

— O que você tá fazendo, Kimberly?

— Apenas garantindo minha privacidade. - Luke gargalhou. 

— Você é maluca.

— Não, eu não sou. - Me virei, ficando de costas pra Luke. 

— Imagina se fosse.

— Acho melhor ficar quieto se não quiser dormir no chão.

— Tudo bem. Eu só achei que ia dormir abraçado hoje... - Ele disse em tom quase inaudível e eu ignorei. — Pode pelo menos virar pra cá, Kimberly? 

Eu me virei ainda em silêncio e Luke se aproximou ficando por cima das almofadas, levando uma de suas mãos em meu rosto, passando a ponta de seus dedos pela minha bochecha. Ele mantinha em sua expressão um sorriso bobo, como o de uma criança que acabara de ganhar um pirulito de presente (sim, essa foi a única coisa que eu consegui achar pra descrever aquele momento). E eu não pude deixar de sorrir também. Naquela hora somente o silêncio falava por nós dois. Luke abriu um sorriso largo, voltando a deitar na cama e pegando minha mão, depositando um beijo na mesma em seguida. 

— Dorme bem, Kim. 

— Você também, Luke. Boa noite. - Suspirei ao terminar a frase e fechei os olhos, pegando no sono em seguida. E assim dormimos. De mãos dadas. Eu só poderia estar sonhando. 


Notas Finais


AAAAAAA BICHO MAS ESSE LUKE EH MUITO FOFINHO eu não dou conta gente socorro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...