História Segredo das sombras - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Oieeee, desculpa a demora para postar....

Capítulo 2 - O Príncipe destronado


Fanfic / Fanfiction Segredo das sombras - Capítulo 2 - O Príncipe destronado

Hoje contarei um pouco da história de Luke.


Luke havia nascido em "berço de ouro", na realidade sua mãe, a ex-rainha, havia engravidado misteriosamente, ninguém sabia quem era o real pai do garoto, o rei claramente irritado destronou a rainha e seu o bebê, e após isso mandou executar sua ex esposa por "prostituição", a rainha possuía dois amigos fora da cidade, então entregou seu filho a eles e como últimas palavras disse.


"Este é meu filho, ele estará destinado a coisas grandes, a profecia deve ser comprida... me perdoe os envolver nisto"



Após isso ela saiu sem explicar nada a seus amigos, assim eles criaram o bebê, a rainha desapareceu, há quem diga que ela se refugiou na zona abissal, ou que ela foi capturada e morta, dizem até que ela fugiu para a terra firme para viver com um humano, o mesmo que poderia ser o pai de Luke.


10 anos depois


Luke já possuía 10 aninhos de idade, o mesmo desconhecia-se, possuía asas como as de borboleta, suas escamas brancas e bem claras quase brilhantes, e suas outras características que pareciam ser únicas nele. Todos os discriminavam por isso, não aceitavam não ter alguém igual a ele entre os mesmos, só os seus tios (amigos de sua mãe)  que o aceitavam e cuidavam dele, mas fora isso não tinha amigos, nao sabia quem eram seus pais, ele gostava de nadar e coletar conchinhas, levava elas até uma gruta ( a mesma do capítulo anterior ), na gruta ele havia feito seu paraíso, fez um quarto belo na gruta, o mesmo podia virar humano, mesmo que não soubesse que para  os tritão e sereias isso era impossível, só o pequeno luke podia fazer isso.


8 anos depois


Luke estava nadando por uma tempestade repentina, não havia entendido o motivo,a pouco estava ensolarado e o céu limpo, ele viu o barco indo ao redemoinho, ele viu as pessoas se jogando na água e se afogando, ele viu um belo garoto de mãos negras (ocean) e foi até ele, Luke o segurou e o levou até sua gruta, já que humanos eram proibidos em Atlântida, o garoto observava as feições de ocean, o mesmo beijou o desacordado e quando sentiu ele reagir em retribuição, se assustou e pulou na piscina da gruta, e nadou se escondendo mas ainda o observando, o jovem tritao viu o mago acordar e olhar em volta confuso.



Notas Finais


Esse foi o capítulo, fiquei séculos sem postar.... desculpe mas tenho uma boa explicação: preguiça . 


Desculpem os erros, créditos a minha amiga linda Kay por revisar o capítulo.


Não vou fazer sinopse pq não quero atiçar vcs .... não muito. 


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...