História Segredos ao Acaso - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 17
Palavras 2.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem... 🌚

Capítulo 7 - Sensações Novas


Sheen Luster


Acordo bem tarde por não ter muita coisa para fazer.

O dia se prosseguiu normalmente, nada novo. Perfeitamente como eu gostava, apenas com Nico e eu levando a mesma rotina dos finais de semana.

(...)

Eram exatas 18:30. Eu estava lendo. A casa se encontrava em perfeito silêncio e Nico estava dormindo sobre minhas coxas. Até que ouço a maldita campainha tocar... Aish, que som infernal! Por isso que odeio visitas, prefiro ficar sem conhecer ninguém, assim não me visitam...

Levanto e vou atender.

Me deparo com uma Hayle saltitante e um Damon estranhamente sorridente.

Faço uma expressão confusa, mas dou passagem a eles.

— Oi Sheen! Você vai, não é? — ela se senta no sofá, animada. — Que pergunta, é óbvio que sim...

— Pelo visto... — murmuro

Ela olha para o livro sobre o sofá e o pega. Em seus olhos há um pequeno brilho, como se ela estivesse pegando um tesouro cuidadosamente. Percebo que ela ama livros, assim como eu.

— Uau! Esse livro é muito bom. Um dos meus preferidos. — ela sorri, dócil.

— Que bom que você tem gosto por leitura. Acho que temos isso em comum. — tento usar toda a minha simpatia possível.

Damon, que até então estava calado, interferiu em nossa conversa.

— OK garotas, vamos parar de falar de  livros e vamos ao que realmente interessa. — ele se levantou e se dirigiu até a porta. — Vou deixar vocês se arrumarem. Te esperarei na festa, Sheen.

Ele piscou para mim e fechou a porta.

Não acredito nisso. A Hayle ficará aqui. Não que eu não goste dela, ela é adorável, porém não gosto de companhias. E, pelo jeito, ela vai querer que eu me arrume junto a ela e isso não dará certo.... Contudo, eu não a acho alguém invasiva, então vou aproveitar a oportunidade e conhecê-la melhor.

Saio dos meus pensamentos com Hayle chamando por mim.

— Sheen, vá logo se arrumar. Eu te espero aqui enquanto isso.

— Ta, mas posso chamar alguém para nos acompanhar? — pergunto, enquanto me dirigo a cozinha.

— Claro! Quem você quiser, mas achei que não conhecia ninguém. — ela franze suas sobrancelhas, confusa.

Era verdade, mas Katherine era uma quase amiga e eu gosto dela, da sua personalidade em si. Não vejo problemas em convidá-la.

— É... Mas ela é minha colega de trabalho e eu queria que ela fosse, pode?

— Com certeza. — diz, sorrindo. — vai ser um prazer conhecê-la. Agora anda logo e vai se arrumar. Quero você bem bonita para o meu irmão. — ela me lança um olhar malicioso.

Essa adolescência atual está perdida.

— Ah, com certeza. — afirmo em total ironia.

Subo as escadas e vou direto para o banheiro. Tomo um banho rápido. Fazia um bom tempo que não saía para uma "festa". Optei por uma calça rasgada nos joelhos preta colada, uma blusa branca de mangas compridas que caíam em meus ombros, um tênis igualmente preto com um estilo mais esporte. Nas mãos coloquei uma espécie de luvas pretas, como as de motoqueiros. Passei uma maquiagem bem básica  e, como sempre, meus cabelos negros estavam soltos. Desci as escadas já mandando mensagem para Katherine praticamente a obrigando a ir comigo.

Hayle me olha e coloca as mãos em suas bochechas gordinhas e cheinhas e balança de uma lado para o outro de uma forma fofa.

— E não é que ela levou a sério mesmo o meu pedido. — diz ela sorrindo e me olhando de maneiras nada inocentes.

Eu não pude deixar de sorrir... Que ridículo!

— Vamos apenas esperar a Katherine, ela já está vindo e então podemos ir...— me sentei no sofá ao seu lado e liguei a TV para maior distração.

Ouço a tão linda campainha tocar.

— Vamos. — digo.

Abro a porta e vejo Katherine parada, dando um meio sorriso.

— Katherine, essa é Hayle, irmã de uma pessoa que você não conhece. Hayle, essa é Katherine, minha amiga. — Faço as tediosas apresentações e, sem demora, entramos no meu carro, logo partindo.

Katherine estava vestida com uma saia preta rodada, uma meia-calça por baixo, acompanhada de uma bota estilosa preta e uma blusa branca escrito "Pizza Is My Bae".

— Hayle, você não irá se vestir? — Katherine quebra o silêncio que se instalou no carro.

— Sim, mas apenas quando chegar na Ashley.

Prosseguimos. Era um pouco tarde. Hayle me passou o endereço e consegui chegar em uma casa grande com música alta.

Descemos do carro. Hayle foi se vestir e Katherine e eu entramos na casa.

Um grupo que eu já conhecia acena para nós duas. Dylan, o homem de cabelos dourados e olhos esmeralda do restaurante, veio ao nosso encontro e nos arrastou até onde estavam.

— Quem é essa sua amiga bonita, Sheen? — Dylan diz, com uma falsa expressão inocente. Katherine apenas ignora.

— Gente, essa é a Katherine, ela trabalha comigo. — ela acena para todos. Já estou cansada dessas apresentações... — Katherine, esses são Dylan, Shawn e Yon.

Ela cumprimenta cada um.

Eu estranho o fato de Damon ainda não ter aparecido.

— Onde estão todos os outros? — pergunto, indiferente.

— Bom, a Ashley deve estar "recebendo" os convidados, — Yon faz aspas com as mãos. — O Damon eu ainda não vi, a Hayle deve está se arrumando ainda e o Kwan ainda não chegou. — explica de forma rápida.

— Katherine, vou ali rápido. Fique aqui, por favor. — peço.

Saio caminhando e chego à entrada da casa. Estou distraída, quando sinto alguém me abraçar por trás. Me desvencilho rapidamente e me viro de frente para Damon que está sorrindo.

Ele estava muito bonito, de verdade. Seus cabelos estavam molhados, tornando-se mais enegrecidos e brilhantes, contrastando com sua pele branca. Seus olhos castanhos quase vermelhos estavam brilhantes e eufóricos. Seus lábios cheios estavam rosados e chamativos. Estava vestindo uma calça de couro preta, uma blusa branca com mangas curtas um tanto colada em seu corpo, revelando um pouco de seus músculos e havia uma jaqueta jeans com as mangas enroladas até seus cotovelos por cima da camisa. Além de que, ele estava de óculos. Reparei em cada detalhe dele... Ele realmente estava bonito, mas logicamente eu não iria dizer isso a ele.

— Já disse para não fazer essas coisas! Não somos íntimos. — digo de forma direta.

— Quer que sejamos? — ele se aproxima com uma expressão maliciosa, mas para em seguida e me olha por completo.

Revirei os olhos e cruzei os braços.

— Já terminou? — pergunto impaciente.

Ele sorri de lado. Admito, era um pouco sedutor... Só um pouquinho.

— Nossa Sweet, aprovei demais sua roupa. — ele finge um inocência inexistente.

O ignoro e apenas digo:

— Que seja, vamos entrar.

Ele vem logo atrás de mim. Entro no salão e sinto a música ainda mais alta. Avisto Ashley e ela vem correndo até mim. Ao longe é notável o cheiro de álcool vindo dela... Essa pinguça!

Ela pula em cima de mim e gargalha.

— Tu veio, demônio! — minha nossa, só pelas suas primeiras palavras já vi que sóbria é uma palavra que passa longe dela agora. — Ta mó gatona, hein! Gostei...

— Você não deveria beber tanto... — disse, sorrindo.

— Vem aqui logo. — ela me puxa para o grupo que agora se encontrava no meio do salão.

Ashley estava muito bonita, apesar de nada sóbria. Vestia uma calça preta justa, um tênis bege, uma blusa branca e um casaco marrom por cima. Seus cabelos castanhos com cachos curtos e cheios estavam soltos e seus olhos de um castanho bem escuro estavam desfocados.

Dessa vez, todos estavam reunidos e começamos a conversar.

Depois de tanta conversa, saio de lá um pouco e vou até o balcão para beber alguma coisa. Olho para o lado e vejo Shawn sentado em um banco. 

 Quando foi que ele chegou?

— E aí, Sheen? Como está? — ele começa meio que sem assunto.

— Até agora estou bem. — respondo normalmente.

Ficamos em silêncio por uns instantes.

Shawn era uma pessoa interessante. Um pouco calado, mas também um tanto atrevido assim como Dylan. Tinha cabelos castanhos um pouco enroladinhos e seus olhos eram de um azul bem claro e tristes.

— Fiquei sabendo que você não tem ninguém por aqui.

— Sim, é verdade. Eu sou brasileira, mas vim morar para cá com 18 anos, ou seja, assim que fiquei maior de idade. Mas e você? É daqui?

— Eu não sei muito bem onde nasci. Sou meio que adotado e não sei quem são meus pais. Mas desde que me entendo por gente, pertenço a Los Angeles.

Curioso... Muito curioso. Não falarei nada, apenas ouvirei sua história interessante.

— Te entendo. Deve ter sido difícil. — beberiquei meu refri e novamente o silêncio veio.

Ouço nos chamarem. Nos levantamos e vamos até lá.

Avisto Katherine conversando e igualmente bebendo com Ashley. Essas duas se deram bem.... Tenho certeza! Duas perfeitas loucas...

Hayle vem ao meu encontro e sussurra:

— Você sabe por que o Damon está com aquela cara de bunda dele...?

Realmente não sei o motivo. E é bem notável sua cara mau humorada.

— Não sei, não. De repente ele ficou assim... Acho que vou lá falar com ele. — saio de lá e vou em direção ao Damon.

— Ei, o que foi? — perguntei mais por curiosidade do que por importância.

— Nada... — ele diz, ríspido.

— Tudo bem, então. — Vou me afastando dele, mas o mesmo me pega pela cintura e me puxa novamente para o seu lado.

— Você não vai. Pode ficar aqui. Você é minha hoje. — disse autoritário.

— Fala sério...! — saí de lá andando rápido.

Escuto ele murmurar algo, mas não entendo bem. Vou em direção a Yon e Hayle. Mas, no caminho, esbarro em alguém. Era a Assistente Bochechas. O que ela faz aqui?

Minha pergunta é prontamente respondida quando vejo Hayle a abraçando forte. Que coisa estranha... Pensei que não encontraria ninguém conhecido.

Hayle estava em um estilo gótico fofinho. Seu vestido era totalmente preto, colado em seus seios e tinha uma saia bem mais rodada. Por baixo do vestido, usava uma meia-calça e calçava uma botinha pequena e igualmente preta. Seus cabelos ondulados e curtos estavam tão saltitantes quanto ela e seus olhos grandes e castanhos se encontravam animados como a mesma.

Depois que o abraço terminou, Rachel veio falar comigo.

— Não esperava vê-la aqui. — diz ela um tanto surpresa.

— Digo o mesmo. Pelo que vi, você e Hayle já se conhecem...

— Vocês trabalham juntas...? — perguntou Hayle, estupefata.

— Sim. — confirmo. — Bom crianças, se divirtam, vou ali com a Yon, bye...

Saí de lá correndo em direção a Yon.

Ela era tão fofa quanto o irmão, mas com umas pequenas diferenças. Seus olhos, apesar de serem puxados, eram grandes e tinham uma cor jabuticaba, seu cabelos pretos e lisos eram muito curtos, além de ser uma garota extremamente branca... Tão fofa!

Estava vestida com uma espécie de macaquinho preto com uma alça caída e, por baixo dele estava uma blusa bege de mangas compridas e calçava um tênis branco.

— Por que Kwan ainda não chegou...? — indago, curiosa.

— Ah, é porque ele está vindo com um amigo que chegou de viagem ontem do Canadá, acho que atrasou um pouco.

— Entendi.

Não vi mais o Damon, então resolvi ir ao balcão para terminar meu refri. Pego o copo e viro de uma vez na boca, pois estava com sede. Sinto minha garganta pegando fogo. Estava ardendo demais, meu Deus!

Começei a me sentir mal e ficar levemente tonta. Sinto braços ao meu redor, me apoiando. Não vi quem era, mas a voz o entregou.

— Você é doida!? Não presta atenção no que bebe, não!? — Seu tom era grave e alto.

— E-eu... T-ta ardendo... — não consegui formar frases, estava muito tonta.

Ele me sentou em um banco e me analisou. Pegou o copo e cheirou.

— Ai caramba, isso é muito forte... Que droga, Sheen. — Ele estava levemente preocupado.

E ele não era o único. Eu também estava, afinal não sabia como me comportaria.

Minha consciência está horrível... Isso tudo é horrível... Porra!

Só espero com que eu não faça merda
...


Notas Finais


Um quase-hot no próximo, será?
Talvez... 🌚🌚🌚😌😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...