1. Spirit Fanfics >
  2. Segredos da Coroa >
  3. Capítulo dois

História Segredos da Coroa - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiiee , gente
Mais um capítulo e espero que gostem e não esqueçam de comentar !

Capítulo 2 - Capítulo dois


Fanfic / Fanfiction Segredos da Coroa - Capítulo 2 - Capítulo dois

Sophie bufa e balança a cabeça, bebendo mais um copo de vinho, recebendo olhares de sua irmã, Susan .

_ Uma dama não deve beber assim , irmã .

_ Eu não sou uma dama !- grita ela e se inclina no balcão , tentando pegar a garrafa de vinho mas Susan a impede .

_ Chega, vamos para casa .

Depois de pagar a conta e arrastar a irmã para fora da taverna, Susan pisa no pé da irmã , quando a mesma começa a soltar palavrões .

_ Você é horrível bêbada - diz Susan .

Sophie revira os olhos e cambaleia um pouco para trás , quase caindo, mas sua irmã a segura .

_ Quero mais vinho !- grita Sophie e ergue as mãos - me tragam mais rum !

Susan solta um suspiro e percebe que algumas pessoas que passavam , olhavam estranho .

_ Aí senhor , que vergonha .

Sophie se solta da irmã e começa a correr, quase caindo, mas consegue se equilibrar e é então que se choca contra um homem encapuzado .

Ela se afasta um pouco , semi cerrando os olhos , olhando- o de cima a baixo e então abre um meio sorriso .

_ Quem é você ? Nunca te vi por aqui .

O homem a olha, erguendo uma sobrancelha e solta um suspiro.

_ Deve estar bêbada - diz ele lentamente.

_ não estou, não 

_ Se está dizendo ...

Sophie franze a testa .

_ Nunca te vi aqui. Por acaso veio agora para essa vila ?

O homem hesitar um pouco e não responde. 

_ Ok, então , mas ...- antes que Sophie completasse o que iria dizer, ela se inclina para frente e vomita nos sapatos do homem .

 

 

 

A garota corria a toda velocidade, enquanto seu cabelo curto ruivo balançava . Ela para e agacha- se atrás de uma rocha, pegando uma lâmina curta e espia para ver se alguém vinha .

Vendo que não tinha ninguém , ela se levanta e volta a correr . É então que ela ouve passos atrás dela e acelera o passo e virando- se por um segundo, para lançar uma lâmina em direção do perseguidor .

Não se certificou se tinha acertado o alvo e continuou correndo, sentindo - se ficar cansada e sua respiração ficar ofegante .

Ela acaba pisando em falso, caindo de cara no chão, sentindo o tornozelo latejar de dor , se levanta rapidamente e tenta voltar a correr, mas não consegue e volta a cair novamente e então sente mãos a erguerem do chão, com força o suficiente para machucar .

Um forte tão é desferido em seu rosto, a fazendo cambalear .

_ Kayla Seamark, está presa em nome do rei Bernard - diz o soldado que a segurava .

 

 

Quando ela acordou, soltou um resmungo e olhou ao redor . Estava tudo girando, então nem tentou se levantar .

Soltou um palavrão, que se sua mãe estivesse viva, morreria de novo, e se perguntou o que diabos havia acontecido ontem a noite .

Antes que podesse pensar mais sobre o assunto, a porta de seu quarto se abre e sua irmã , Susan entra e a lança um olhar sombrio .

_ Você é uma mulher louca ! Me fez passar a maior vergonha !- grita Susan , andava de um lado para o outro - ainda por cima, vomitou nós sapatos daquele homem ! Maluca ! E ainda tive que pagar aquele enorme conta na taverna  e ficou gritando feito louca pela rua .

_ Nossa- diz Sophie , se levantando da cama e vestindo um robe branco - tem certeza que eu fiz isso ?

Susan levantou uma sobrancelha .

_ Você é inacreditável!

Dito isso, Susan saiu de seu quarto e logo em seguida , uma criada entrou , trazendo consigo uma carta .

_ Para a senhorita .

Ela pega a carta e assim que a criada sai do quarto , a abre, lendo rapidamente o que estava escrito , já temia de quem era aquela carta e tentou alcamar seu coração.

 

Cara Sophie ,

Como não gosto de enrolação, vou ser bem direta.

Tenho uma nova missão para você , estarei lhe esperando no mesmo lugar na quinta, meia noite .

 

De sua rainha,

 

Victoria .

 

Depois de colocar fogo na carta e tomar um longo banho, Sophie vestiu um vestido verde claro e prendeu o cabelo ruivo em um coque .

Talvez ela devesse ir atrás daquele homem e pedir desculpas, mas aquilo daria muito trabalho .

Balançando a cabeça, decidiu que iria dar um passeio perto da taverna e se por acaso encontrasse ele, iria lhe pedir desculpas .

 

 

O palácio estava silencioso, o que era um pouco estranho, já que normalmente a rainha estaria gritando com o rei .

Iria aproveitar a curta paz e depois iria procurar a rainha, sua mãe .

Seus planos foram por água abaixo quando viu sua mãe, caminhando em sua direção , com seus cachos dourados e vestido vermelho e uma coroa de diamante em sua cabeça .

_ Leon, é melhor você me dar uma ótima explicação para ter chegado tarde ontem - diz Victoria e cruzou os braços- tive que ouvir o ogro do seu pai tagarelando no meu ouvido .

Leon revirou os olhos .

_ Não revire os olhos , garoto, faço ele virar do avesso .

_ Sim, senhora .

_ Agora vá direto para a sala de reunião, estão lhe esperando lá .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...