1. Spirit Fanfics >
  2. Segredos de Hogwarts >
  3. " Traição "

História Segredos de Hogwarts - Capítulo 35


Escrita por:


Capítulo 35 - " Traição "


                   PV Gina Weasley

Fiquei encarando Hermione por um tempo mínimo, acho que ela percebeu pois estranhou minha atitude:

_ O que foi ? Perguntou ela sem entender.

_ Nada. Então o que acha de amanhã irmos junto com a Luna e a Pansy na dedos de mel ? Pergunto novamente.

_ Excelente ideia. Concorda Hermione com um sorriso.

Em seguida fomos caminhando pelos corredores. Ela dizia algo enquanto andávamos, mas estava tão inertida em meus pensamentos que sua voz soava como sussurros.

Não sei porque me incomoda tanto a aproximação dela com o Draco. Devo estar ficando maluca.


                   PV Harry Potter

Estava tão cansado das aulas que acabei pegando no sono. Acordei com barulhos na porta do dormitório. Ao abrir a porta me deparo com Zabini:

_ O que faz aqui ? Pergunto surpreso.

_O que você tomou pra dormir tanto desse jeito em Potter ? estou te chamando a horas. Vim em nome da Granger. Ela está.... Começa ele porem o interrompo.

_ O que houve com a Hermione ? Pergunto.

_ Será que eu posso falar. Pois bem, Draco e eu estamos andando pelo corredor quando a vimos. Draco foi cumprimenta-la e quando se aproximoi ela desmaiou. Ele a levou para a enfermaria. Explica o Sonserino.

_ Minha nossa. Digo caminhando o mais rápido possível em direção a enfermaria.

No meio do caminho fui barrado por uma loira de olhos azuis, ela parecia furiosa:

_ Potter, precisamos conversar.

_ Agora não posso. Respondo tentando seguir meu caminho.

_ Vou ser breve. Vem comigo. Insiste a Sonserina puxando meu braço e me afastando do corredor.

_ Fala logo Daphine. Peço insistente.

_ Quero que se afaste da minha irmã, não a procure. Caso ela tente uma aproximação ignore-a. Nossos pais não gostam de você, portanto não vejo como seja lá o que vocês tem dar certo. Está avisado. Adverte ela me deixando plantado.

Ignorei a situação indo em direção a enfermaria. Ao chegar lá, Hermione já tinha recebido alta. Essa não, minha melhor amiga estava mal e nem estive ao lado dela para tranquilizá-la. Sei que aconteceu algo estranho entre nós, mas creio que foi por causa da bebida. Em as consciência eu nunca tocaria em Hermione daquela forma. Até hoje me arrependo.


                PV Pansy Parkinson

Estava sentada no jardim na companhia de Theo e Blas, ambos com seus assuntos pervertidos de sempre, revirava os olhos a cada baboseira que escutava. Até que Draco chegou:

_ Então, a Mi esta melhor ? Perguntei assim que ele se aproximou.

_ Acho que sim, a deixei com a Gina. Explicou o loiro dando de ombros.

_ Suas pretendentes. Zomba Blas fazendo Theo rir.

_ Não seja ridículo, sabe perfeitamente que não tô interessado na Granger. Comunica o loiro.

_ Mas na Weasley sim. Continua Blas zombando.

_ E por que não ? Ela é bonita, inteligente. Confessa meu amigo sendo vaiado por Nott e Zabini.

_ Então acho melhor se apressar, antes que outro a conquiste primeiro. Aconselha Theo.

_ Vocês acham que alguém nessa escola está a altura de competir comigo ? Vou mostrar a vocês dois imbecis o porque de meu apelido ser o Príncipe da Sonserina. Pronto Draco estava decidido a conquistar a Gina, só espero que não a magoe.

Todos os meus pensamentos sessaram quando eu a vi. Blair estava parada de longe me encarando com aquele sorriso. Tentei disfarçar limpando a garganta:

_ O que foi Pan ? Perguntou Theo estranhando minha atitude.

_ Ham... nada, só uma irritação na garganta. Acho que vou tomar uma poção. Tchau pra vocês. Dito isso sai correndo para os arredores do castelo onde não havia ninguém.

Não demorou para que alguém me encontrasse, eu queria que ela me seguisse, e assim o fez. Blair se aproximou me pegando pela cintura. Logo estávamos nos beijando intensamente. Ao encerrarmos o beijo trocamos um selinho, adoro a forma como ela é carinhosa:

_ Pensei que não se livraria deles nunca. Diz ela sorrindo.

_ Desculpe linda, mas não é tão fácil. Nós praticamente crescemos juntos. Já o Draco o conheço desde que éramos bem pequenos. Explico a ela.

_ E por acaso já aconteceu algo entre vocês ? Pergunta enciumada.

Não consegui conter, estava rindo da situação. Durante alguns anos surgiram com boatos de que Draco e eu nos pegávamos as escondidas, ele nunca negou afim de alimentar sua reputação de Principe da Sonserina, já eu nunca desmenti por medo de saberem sobre minha preferencia sexual. Meus pais sempre foram muito rígidos, jamais aceitariam meu namoro com outra garota, até tentei esquecer ficando com alguns garotos, mas não adiantou. Se não conto a ninguém, não é por vergonha, mas sim por medo do que meus pais serão capazes de fazer:

_ Tá tudo bem docinho ? Pergunta ele me tirando dos meus devaneios.

_ Está sim. Confirmo para tranquiliza-la.

_ Estava aqui pensando em como foi difícil darmos inicio a essa relação. Diz ela.

_ Confesso que nunca imaginei estar assim, com você. Tentei lutar contra meus sentimentos, por isso que eu a evitava, mas não adiantou. Confesso a ela.

_ Hoje posso dizer que sou a garota mais sortuda do mundo por ter você ao meu lado. Te adoro Pan. Diz Blair em um tom romântico que fez meu coração palpitar.

_ Também te adoro. Digo puxando-a para mais um beijo.

Blair e eu estamos juntas desde o ano novo, até agora ninguém descobriu, e para o nosso próprio bem espero que continue assim.


                 PV Ronald Weasley

Após a alta da Hermione caminhei em direção ao comunal dos monitores. Para minha surpresa Lilá vinha em minha direção:

_ Oi Ron. Cumprimenta ela com um sorriso.

_ Oi. Cumprimento seco.

_ Nossa. Essa é a maneira de tratar sua ex que te amou tanto. Começa ela.

Respirei fundo pensando bem no que dizer. Não entendo porque ela continua insistindo em conversar comigo:

_ Nós terminamos a muito tempo, antes mesmo de começar a guerra. Não quero ser chato, mas preciso ver a Hermione. Comunico tentando me livrar dela.

_ Eu tentei o máximo te fazer feliz, mas não adiantou. É ela que você ama. Diz Lilá começando a chorar.

Confesso que senti um pouco de pena, nunca foi minha intenção magoa-la. Eu sempre amei Hermione, já o que eu sentia por ela não passava de atração:

_ Não chora vai, um dia ira encontrar alguém que te ame como você merece. Me aproximo a fim de consola-la.

Esse foi meu erro. No mesmo instante Lilá me puxou pelo pescoço e me beijou. Tentei me afastar, mas ela se agarrou tão forte em mim que estava difícil:

_ Rony ? Ouvi a voz de Hermione atrás de nós. Ao me virar era ela.

_ Mi, eu posso explicar. Digo.

_ Eu só..... Começa ela, antes de sair correndo.

_ Viu só o que você fez ? pergunto a Lilá que mantinha um sorriso descarado no rosto.

Nem sei porque ainda tenho dó dessa garota. Corri atrás de Hermione feito um louco. Só havia um lugar onde ela poderia ir.

 

                PV Hermione Granger

Queria me desculpar com Rony por estar tão fria e distante, mas nem eu mesma sei o que esta acontecendo comigo. Ao encontra-lo tive uma surpresa terrível. Ele estava aos beijos com Lilá Brown. Na hora fiquei em choque, mas estranhamente não senti ciúmes como de costume. Ao notar minha presença Ronald tentou se explicar mas o deixei com ela. Eu sabia que não poderia me refugiar na biblioteca seria o primeiro lugar aonde iria me procurar. Decidi me afastar do castelo indo em direção ao lago negro.

Sentei-me em uma rocha perto do lago, decidi ficar olhando a bela paisagem até sentir a presença de alguém. Temi ser Rony me virando rapidamente pronta para brigar com ele:

_ Malfoy? Digo surpresa.

_ Granger. Pelo visto tivemos a mesma ideia de vir aqui. Diz ele se aproximando.

_ Parece que sim. Concordo voltando minha atenção ao lago.

_ Está tudo bem ? Pergunto porque vi seu namoradinho desesperado atrás de você. Explica ele.

O encarei nos olhos, fiquei alguns instantes observando seu rosto:

_ Granger ? Chama ele estranhando minha atitude.

_ Desculpa, estava aqui pensando em algumas coisas. Confesso abaixando a cabeça.

_ Quer conversar ? Pergunta ele me deixando surpresa.

_ Acho que não, prefiro só ficar aqui olhando o lago.

_ Se quiser ficar sozinha, vou embora. Sugere ele pronto para ir.

_ Nãooooo. Quer dizer, pode ficar se você quiser.

Ficamos um bom tempo parados observando o lago. Me atrevi a encara-lo, me assustei ao ver que Malfoy me observava atentamente. Não sabia o que dizer nem como agir. Aqueles olhos acinzentados me hipnotizaram.

A medida que Malfoy se aproximava meu corpo ficava tenso, mas também não conseguia me mover, algo não deixava. Seu rosto estava bem próximo do meu, estávamos quase nos beijando quando....

_ Até que enfim te...... Hermione ? Draco ? Nos viramos no mesmo instante nos deparando com Gina. Ela parecia confusa e triste.

_Gina eu.... Começo porem ela me interrompe.

_ Você é a criatura mais falsa que eu já conheci. E você Draco, posso ver claramente o quanto gosta de mim. Debate ela em um tom de decepção.

_ Gina, não é o que parece. Malfoy tenta explicar.

_ Chega! Não é a primeira vez que os vejo juntos. No fundo eu sabia, mas tentava negar a mim mesma o que estava diante dos meus olhos. Vocês são dois hipócritas e mentirosos, realmente se merecem. Gritou ela aos berros antes de sair com fúria.

_ Vou atrás dela. Fique aqui. Peço a ele.

 

                   PV Gina Weasley

Sempre achei que das quatro fosse a mais esperta. Mas vejo que me enganei. Melhor, eles dois estão te enganando, a você e seu irmão. Sabe de quem estou falando. Se não acredita, procure investigar por si mesma.

Tenho certeza de que Hogwarts vibraria com o possível romance do casal mais improvável.

Não sou sua inimiga, precisa avaliar bem suas amizades. A traição pode partir da pessoa que mais confia. Fique atenta.

                                         De: Uma amiga

 

Era o que dizia a carta anônima que havia acabado de receber. Que coisa estranha. Resolvi ignorar essa carta absurda e ir atrás de Hermione para ver o que havia sido decidido em relação a visita a dedos de mel.

Fui a biblioteca, ao dormitório, ao pátio, até mesmo a cabana do Hagrid mas nada. Foi quando me lembrei que Hermione as vezes ia ao lago negro colocar seus pensamentos em ordem, como ela havia dito uma vez. Sem mais demoras corri para lá.

Ao chegar, me deparo com uma grande decepção. Agora sim entendi o que aquela carta estava querendo dizer:

_Gina eu.... Começou minha amiga tentando se explicar.

Você é a criatura mais falsa que eu já conheci. E você Draco, posso ver claramente o quanto gosta de mim. Respondo deixando a magoa falar mais alto.

_ Gina, não é o que parece. Draco tenta explicar.

_ Chega! Não é a primeira vez que os vejo juntos. No fundo eu sabia, mas tentava negar a mim mesma o que estava diante dos meus olhos. Vocês são dois hipócritas e mentirosos, realmente se merecem. Desabafo aos berros.

Estava me sentindo traída e usada. Hermione era minha melhor amiga, a quem eu contava tudo, inclusive revelei a ela meus sentimentos em relação ao Sonserino. Tamanha fora a decepção em vê-los prestes a se beijar. Quanto a Draco. Ele simplesmente alimentou minhas ilusões, agia como se realmente estivesse afim de mim. Merlin, como sou burra. Tentei negar a mim mesma, a forma como ele olha pra ela. As reações dela quando eu falava a respeito dos meus sentimentos por Draco. Agora tudo faz sentido.

Sai dali o mais rápido possível. Estava me sentindo um lixo. Esperava ser apunhalada por qualquer um. Mas Hermione ? Ela ainda teve a capacidade de trair meu irmão. Cínica, vadia, manipuladora. É isso que ela é. 

 


Notas Finais


Uau
Por essa vocês não esperavam não é ?
Pansy finalmente conseguiu ficar com a Blair.
Pobre Gina.
O que acharam ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...