História Segredos De Uma Vida - Fanfic Jikook - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Jikook, Jikook Kookmin, Jikook Lemon, Jikook Vhope Namjin, Mensão Jikook, Tragedia
Visualizações 575
Palavras 271
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola denovo.
Minha semana de provas acabou então postarei videos mais frequentemente.
Amo vcs pandas lindos(as) do meu coração.

Capítulo 6 - Segredos de uma vida- Abraço


Fanfic / Fanfiction Segredos De Uma Vida - Fanfic Jikook - Capítulo 6 - Segredos de uma vida- Abraço

Quebra De Tempo

A aula se passou, e não houve um segundo que Jeon não me encarou.

Isso estava me encômodando pra caramba, então pedi liçensa para ir no banheiro e assim que o professor assentiu, saí quase correndo daquela sala.

Não vou mentir, a sensação de encômodo não foi embora quando saí da sala.

Estava quase saindo do banheiro, mas antes que eu saísse, alguem me empurrou de volta pra dentro.

Olhei para a pessoa assustado e então vi que era Jeon.

Ele se aproximou e o jeito que ele andava, como se eu fosse uma presa, me lembrava quando meu pai fazia esse mesmo ato.

Simplismente me encolhi num canto da parede.

Minha mente decidiu me pregar uma peça e eu começei a ver meu pai à minha frente.

Lágrimas se formaram em meus olhos enquanto estendia minhas mãos na sua direção, numa tentativa de o afastar, estava tão apavorado que simplismente ignorei o fato de ele estar me encarando como se eu fosse um E.T.

Mas eu não enxengava ele, e sim meu pai. 

Comecei a falar pra ele não me machucar e outras palavras desconexas de defesa para o mesmo.

Eu realmente estava apavorado.

*Jeon Junkook On*

Eu saí da sala atrás de Park, ele estava saindo do banheiro, então simplismente o empurrei de volta, logo caminhando em sua direção fazendo transparecer que eu estava bravo.

Mas me surpreendi ao ver Park se encolher num canto da parede e começar a chorar, sussurrando palavras tão baixo que eu quase não conseguia escutar, mas eu ouvi um "Não me machuque appa, por favor" enquanto soluçava.

E nessa hora uma vontade de conforta-lo me consumiu e eu o abracei.

Como se o mundo dependesse disso.

Continua...


Notas Finais


Confesso que acho que estou indo um pouco rápido, mas espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...