História Seguir em Frente ( SesshKag ) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Ayame, Inu no Taishou, Inuyasha, Kaede, Kagome Higurashi, Kikyou, Kirara, Kohaku, Kouga, Miroku, Naraku, Personagens Originais, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou, Souta Higurashi, Youkai Satori
Tags Amor, Diicastro, Hentai, Inuyasha, Kagome, Romance, Sesshkag, Sesshoumaru, Youkai
Visualizações 414
Palavras 1.075
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie, desculpa a demora.

Tava muito ocupada... Perdão mesmo.

Espero q goste! 💋

Capítulo 11 - O Poço


Fanfic / Fanfiction Seguir em Frente ( SesshKag ) - Capítulo 11 - O Poço

Uma cabeleira preta está caída, o lorde se espanta olhando e olha as mãos, “ Minhas garras… Meu… Cabelo… “ O mesmo pensa correndo para perto do seu futon e pega o espelhinho de Kagome, ele é um humano!


-Como? A que nível ela chegou com esse poder? - Ele sussurra surpreso e logo o quarto é invadido por Jaken.


-Senhor… - O esverdeado olha surpreso seu Lorde e fecha a porta rápido. - O que aconteceu?


-Kagome… - Ele fala sério e olha a janela, seu coração apertar ao ver Arurun partir com Kagome, Shippo e Rin. - Ela me purificou… - Ele sussurra.


-Senhor Sesssssshoumaru… - O esverdeado se aproxima. - Quer que eu mate a? - Sesshoumaru toma o bastão de Jaken e o espanca o máximo que pode.


-Nunca mais… - Ele pisa em Jaken. - Fale… - O chuta. - Em matar… - Se aproxima sério. - Minha femea. - Jaken assente com o rosto inchado.


-Ssssim… Senhor… Sesssssshoumaru… - Ele sussurra.


------


Kagome chega a vila de Inuyasha ainda irritada, Arurun posa na frente da casal de Sango e Miroku deixando que Kagome, Shippo e Rin desça e observa a jovem irritada, a mesma sorri calma pro animal e entra na casa do casal, alguns baixos gemidos faz a jovem recuar e ir ao encontro das crianças.


-Oi crianças. - A mesma sorri pegando seu arco e flecha do porta armas de Arurun.


-Oi tia! - As crianças abraça a mesma.


Um pressentimento e um pulo pro lado com as crianças de Sango é tudo que Kagome faz e vê uma flecha passar, o poder de purificação está muito menor que antes, Kagome olha seria a autora do disparo e pega uma flecha se preparando.


-O que você quer Kikyou? - A mesma olha a defunta séria e atira uma flecha, Kikyou desvia a olhando assustada. - Sorte?


-O que você quer aqui sua desgraçada? - Kikyou fala seria desviando de mais uma flecha.


-Nao te enteressa sua vadia! - Kagome prepara outra flecha e caminha devagar pra mesma.


Kagome dispara a flecha irritada vendo o puro desespero de Kikyou enquanto corre na direção de casa, Kagome a segue atirando seguidas flechas e para ao ver Inuyasha parar na frente de Kikyou.


-Traição é hereditária? - Kagome pergunta séria olhando o Meio Youkai confuso.


-O que está falando? - Ele se aproxima devagar.


-Senta! - Inuyasha vai ao chão e Kagome atira sua flecha no máximo de purificação


A flecha passa centímetros do cabelo de Inuyasha e deixando uma parte purificada, enquanto faz seu percurso Kikyou pula na água mas é atingida por um fio de luz que abre um buraco em seu ombro, a mesma cai perdendo suas almas enquanto Inuyasha olha desesperado, ele pula pra salvar Kikyou enquanto é observado por Kagome que respira fundo se acalmando.


-Kagome? - Sango aparece caminhando rápido na direção de Kagome. - O que aconteceu?


-Apenas coloquei Kikyou no seu devido lugar amiga. - A jovem sorri abraçando a amiga.


-Ok… - Sango leva Kagome para dentro percebendo a tristeza da amiga.


------


Semanas já se passaram desde que Kagome partiu do castelo de Sesshoumaru, a mesma sorri olhando o céu calma e sorrindo, Shippo brinca com as crianças e sorri para Rin, a mesma sorri sentada ao lado de Kagome, a jovem suspira olhando o céu e um estalo é ouvido somente pela jovem, a mesma levanta e corre pro poço e olha dentro pouco temerosa.


Do outro lado tem telhas e pessoas olhando para dentro, sua mãe e um adolescente choram como se mantivessem em uma forte oração, a mesma corre para a aldeia simplesmente feliz e sorri invadindo a casa de Miroku e Sango.


-ABRIU!!! - A jovem berra feliz sendo observada pelo casal confuso.


-O que Kagome? - Miroku levanta a olhando confuso.


-O POÇO! - Ela sorri abraçando o amigo.


-Vai embora? - Sango a olhar triste.


-Vocês vão comigo! - Ela sorri com o dedo indicador em pé enquanto o sacode de um lado a outro. - Não, vocês sozinhos perto da defunta nem a pau! - Ela ri alto.


-Mas como Kagome? - O monge se aproxima ficando ao lado da esposa.


-Lembra que levei Shippo e Rin uma vez? - Ela sorri vitoriosa e super confiante.


-Sim, mas…


-Arrumem suas coisas e vamos! - Ela sorri interrompendo Sango e sai correndo.


A feliz louca da jovem faz até alguns aldeões riem se sentindo calmos com a jovem, que passa apenas energia pura, diferente de Kikyou que por onde passa traz ódio e rancor, pois sua aura está quase maligna.

------


Algumas semanas se passaram desde que Sesshoumaru foi purificado, agora o lorde se encontra 100% Dai Youkai, o sentimento de tristeza não o deixa dormir ou se alimentar, mesmo após tudo isso ele insiste em sair, porém ninguém segura o Dai Youkai apaixonado.


O mesmo voa direto para a aldeia de Inuyasha, ao ver a aldeia no horizonte ele já começa a buscar o cheiro de Kagome, mas por algum maldito motivo o cheiro da sua fêmea não está por perto, o mesmo pousa em frente a cabana de Sango e entra sem pensar duas vezes.


-Onde elas estão? - Ele rosna saindo ao ver tudo vazio.


-Está atrás da sua fêmea? - Kikyou fala séria se aproximando devagar.


-O que você fez a minha fêmea? - Ele rosna se virando e para ao ver a mulher de barro. -Vejo que Kagome te purificou. - Ele sorri de canto totalmente orgulhoso.


-Sim, estava me recuperando e Inuyasha só piorou a situação. - A mesma se aproxima mais.


Kikyou fingi um tropeço indo direto na direção de Sesshoumaru, o mesmo se afasta rápido olhando a defunta ir ao chão sem reação por ser evitada, Sesshoumaru a encara frio e suspira.


-O que aconteceu? - O lorde fala sério sentindo um cheiro estranho.


-Inuyasha está tentando passar pelo poço, mas ele nao entende que o selo posto do outro lado é forte demais para qualquer pessoa rompe lo. - A defunta o olha como se súplica se ajuda do Lorde.


-Levante sozinha! - Ele fala sério indo  direção ao poço.


Kikyou levanta devagar observando o Lorde sério se afastar, a mesma o segue séria e para no canto, observando Sesshoumaru se aproximar do irmão mais novo que grita de ódio entrando e saindo do poço, Inuyasha para olhando Sesshoumaru e se afasta.


-O que aconteceu Inuyasha? Porque nao acho o cheiro da minha fêmea? - O Lorde suspira olhando dentro do poço.


-Kagome atravessou o poço com Rin, Shippo, Sango, Miroku e as meninas. - Inuyasha fala irritado.


O Lorde suspira subindo em uma árvore e relaxa.




Notas Finais


Gostou?
Por favor, comenta e da sua nota. ❤🙏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...