História Segunda chance. - Capítulo 20


Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inuyasha, Kagome
Visualizações 113
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Que nasça das cinzas.


Fanfic / Fanfiction Segunda chance. - Capítulo 20 - Que nasça das cinzas.

Sesshoumaru on

Estava me arrumando quando Kagura chegou desesperada.

_O que foi?

Kagura:A cantora está com dor de garganta e ninguém aqui sabe cantar.

(Rin!)

_Me da um minuto.

Ia sair mas...

Kagura:Aonde pensa que vai?; Ninguém pode ver sua roupa.

Pequei um ropão e o coloquei o mais rápido que pude,procurei Rin em toda parte a achar no jardim,a puxei tampando sua boca a fazendo ficar desesperada.

_Calma sou eu!

A virei para mim.

Rin: Você tá ficando doído?!...

Tampei novamente sua boca.

_Não grita preciso de você.

A puxei em direção ao camarim mas ela não conseguiu me acompanhar então parei.

Rin:Eu não consigo correr com essa roupa!

E foi aí que a olhei por inteira sentindo minhas pupilas se dilatarem.

_Minha nossa.

Rin:O que foi?

A puxei para mim.

_Você e a coisa mais linda que eu já vi.

Fasso carinho em sua bochecha com ela corada.

Rin: Sesshoumaru...

Ouvi os berros de Kagura pequei Rin no colo e a levei para o camarim.

Rin:O que tanto quer?

A coloquei no chão pegando o microfone.

_Lembra que disse que seu sonho e cantar para uma plateia?

Rin:Lembro, e o que que?...

Me virei para ela.

_Eis a sua chance.

Lhe entreguei o microfone.

Rin: Sesshoumaru eu não posso,eu não vou conseguir e muita gente e eu nunca fiz aula...

A beijei até o fim do ar.

_Você vai conseguir,eu sei que vai,confio em você...

Rin:Mas...

_E a sua música favorita Rin,a canta melhor do que ninguém,e sua chance meu amor,mostre a todos seu talento.

Kagura:O que a Rin faz aqui?!

_Não queria uma cantora?

Kagura: Maravilha!

Rin:Mas?...

Kagura:Já deve saber a música então vai lá!

Kagura A arrastou até por trás das cortinas e a empurrou para o palco.

(Vai meu amor,eu sei que vai conseguir.)

Sesshoumaru off

Rin on

Estava chocada e completamente assustada,não tinha como eu voltar atrás já que todos há olhavam para mim e alguns fotógrafos já tiravam fotos,a trilha sonora começou e minhas pernas ficarão bambas minha boca secou e entrei em desespero,segurei fime o microfone com minhas mãos suadas e trêmulas.

(Agora não tem mais volta.)

Rin:[A música da noite] A noite aguça Acentua as sensações A escuridão emociona E desperta a imaginação Silenciosamente os sentidos Abandonam as defesas Lentamente, gentilmente A noite revela seu esplendor Pegue-o, sinta-o Trêmula e suave Desvie seu rosto Da luz ostensiva do dia Afaste seus pensamentos Da luz fria e insensível E ouça a Música da noite Feche seus olhos E renda-se aos seus Sonhos mais sombrios Purifique seus pensamentos Da vida Que você conheceu antes! Feche seus olhos Deixe seu espírito Começar a elevar E você viverá Como nunca Viveu antes Suavemente, primorosamente A música vai acariciá-la Ouça-a, sinta-a Possuí-la secretamente Abra sua mente Liberte suas fantasias Nesta escuridão Que você sabe que não pode combater A escuridão da Música da noite Deixe sua mente Começar uma jornada Através de um estranho mundo novo Abandone todos os pensamentos Do mundo Que você conhecia antes Deixe sua alma Levá-la onde você Deseja estar Só então Você pode ser Minha Flutuando, caindo Doce intoxicação Toque-me, confie em mim Saboreie cada sensação Deixe o sonho começar Deixe seu lado sombrio ceder Ao poder da música Que eu componho O poder da Música Da Noite Somente você Pode fazer a minha canção decolar Ajude-me a fazer A Música Da Noite.

Rin off

Kagome on

Fiquei completamente encantada com a voz da Rin e com o desfile da Kagura,assim que o desfile acabou Kagura subiu a um pequeno palco.

_O que vai vim agora?

Inuyasha: Acho que um discurso.

Inu me abraçou por trás.

Kagura:Hoje eu venho aqui para lhes revelhar algumas coisas,sim esse vai ser um discurso cheio de sentimentalismo e coisas que ninguém se importa a não ser quem viveu,apenas algumas pessoas sabem quem eu sou de verdade uma delas e meu melhor amigo,na verdade ele já passou disso é se tornou meu irmão,Seshoumaru Taisshou e não estou dizendo isso porque fizemos parceria ,falo de verdade e a quem duvida pode continuar duvidando porque não estou aqui para provar nada a ninguém; todos aqui sabem que sou conhecida como fênix,e e somente isso que sabem,não conhecem meu rosto e nem seguer minha história,pois bem eu nasci em Tóquio no Japão,minha mãe morreu assim que nasci,mas não é por isso que não sei o que é ter uma mãe,minha casa era ao lado da de Sesshoumaru,nossos país erão amigos desde a juventude e com isso nossas famílias eram unidas,creci ao lado de Sesshoumaru e depois vi Inuyasha crescer , não vou dizer com qual idade descobri aqui que muitos pais temem,descobri que não era hétero,meu pai era um homem completamente detestável e assim como muitos me expulsou de casa,eu tinha para aonde ir,tinha quem me dar abrigo mas ao invés disso eu me joguei de cabeça no mundo,fiz tudo que já tive vontade e no fim vi que eu já não podia viver como um pássaro preso na gaiola,precisava voar precisava viver,e com isso arranjei meu próprio emprego,aluguei uma casa,comprei tudo que eu queria e um dia olhando pela janela lembrei de meu sonho de infância,pequei um papel qualquer um pouco de tinta e uma pena que caiu a minha frente,não era simples como as outras tinha augo especial nela,a molhei na tinta e desenhei o primeiro vestido que assinei,na hora de assinar não coloquei meu nome de batismo apenas escrevi fênix afinal eu já avia nascido das cinzas milhares de vezes meu sonho sempre foi voar então porque não esse nome?O vestido que desenhei e o que uso agora é a pena em que eu o criei esta em algum lugar pelo mundo ,assim como meu espírito ela tem de ser livre,e não é porque eu ainda precisava dela que eu devia a manter comigo...

Ela se colocou no meu do palco.

Kagura:Hoje a noite a  fênix morre e de suas cinzas nascem...

O palco pegou fogo e Kagura apareceu nua diante de todos sorrindo agora sem a máscara.

(Que coragem!)

Kagura: Kagura.

Kagome off

Inuyasha on

O baile estava longe de acabar,fui para o jardim com minha Kagome e passamos perto de uma estátua de cúpido.

Kagome:Ele fez um ótimo trabalho,eu fiquei completamente apaixonada por você e aposto que foi com apenas uma flecha.

Kagome me abraçou beijo sua testa e a aperto contra mim.

_Esse não foi mérito do cúpido mas sim do destino.

Kagome:Como pode ter tanto certeza?

_ Sou Inuyasha Taisshou meu  amor,eu sempre sei de tudo.

Kagome: Convencido.

A peguei no colo a beijando.

_Sei que você gosta.

Aperto seu bumbum.

Kagome: Safado!

_Quero continuar isso em outro lugar.

Kagome:Aonde seria?

_Em uma cama,com um quarto a luz de velas...

Kagome:O que está esperando?

Sorri malicioso.

_________________________________

Entrei no quarto a segurando como noiva,a ssim que entramos me certifiquei que a porta estava fechada ainda a beijando assim que o ar fez falta Kagome deixou uma lágrima rolar ao ver o quarto com lençóis brancos na cama box ,as pétalas espalhadas pelo quarto iluminado por velhas os morangos com chocolate e com chantilly na comoda,a deixei no chão e Kagome rodou sorrindo no quarto.

_Gostou?

Seguro em sua cintura.

Kagome: Hai.

Nos beijamos com tesão ,fui abrindo os botões de seu vestido enquanto Kagome tirava a capa e os sapatos deixei o vestido ir ao chão , Kagome tirou meu o casaco do meu terno em seguida minha máscara retirei a dela e quando a olhei.

_Uau.

Kagome:Gostou?

Nos beijamos.

_Muito,e lindo,me excita...

Kagome:Comprei pensando em você.

_Fico feliz que pense em mim com tanto carinho.

Kagome: Carinho?Eu não estava pensando com carinho quando o comprei.

_Estava pensando como então?

Kagome:Com tesão e muita muita luxúria.

Agarrei sua cintura e a beijo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...